ZTOP/Zumo, 4!

Z

Todo ano que eu escrevo um post de aniversário eu penso no monte de coisas que a gente passou no período. Desta vez, a coisa vai em processo acelerado, como se os últimos nove meses tivessem sido uns quatro anos de tanta coisa que aconteceu.

Primeiro, mudamos de nome, saímos do primeiro portal, tivemos uma passagem relâmpago pelo segundo e, finalmente, acalmamos e sossegamos no Terra desde… a semana passada. A equipe de lá é o máximo, ouve a gente e sugere um monte de coisas (você, leitor, não tem nada a ver com isso, mas é muito legal trabalhar com gente bacana do outro lado da linha).

Por isso, obrigados múltiplos a todos os envolvidos (Eva, Isabel, Emily, Rafa e o ruivo Hering Ismael no editorial e Regina e toda a turma de background nas parcerias). Então, na próxima semana, vamos começar a integrar ainda mais nossas ideias.  E um extra obrigado pessoal ao Gizmodo e BR-Linux, que vivem nos dando lindos links.

Segundo, nasceu o Casa ZTOP. É nosso segundo filho, estamos felizes, emocionados e contentes com o bebê. Vai crescer forte e saudável, como o irmão mais velho.

Terceiro, isso aqui não é mais um projeto doido de três gatos pingados (que depois viraram dois) pra escrever sobre tecnologia. Virou um empreendimento e tem grandes frutos vindo por aí. Aguardem.

Obrigados múltiplos e eternos ao conseglieri Nagano, que aguenta meus surtos (e eu aguento os dele e tudo fica lindo). E, nos bastidores, à paciência da Rê (ela sabe, ela sabe).

Quarto, mas não menos importante, obrigado ao leitor, que nos entende, apoia, comenta, reclama, elogia (oba!). E ao mercado (fabricantes e suas estruturas de comunicação, assessorias, povo do marketing e até mesmo esses doidos de agências de mídias sociais), que sempre dá uma boa força editorial pra gente e garante boas histórias por aqui sempre.

É isso. Esses cupcakes aí? Já estão no meu estômago (perdeu Nagano!). Com licença, vou andar um pouco agora. E aproveite para seguir a gente no Twitter e no Facebook.

[]s e até 2012. Cinco anos merece festa, né? Ou pelo menos um grande bolo de verdade.

Henrique

 

 

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos