Tudo o que você sempre quis saber sobre Zenfone 5 (e alguém teve coragem de perguntar)

T

[Atualizado em 11/maio]  Todo ano, em meio a centenas de novos smartphones lançados mundo afora, alguns modelos geram mais barulho no mercado brasileiro que outros – para ficar em alguns exemplos, o Samsung Galaxy SII Lite (2012), o Moto G (2013) e o Moto G (2014).

O novo Asus Zenfone 5 também se encaixa nessa categoria (leia o review e o hands-on), e percebemos que os leitores têm muitas dúvidas sobre esses aparelho. Assim, compilamos (e respondemos) as principais delas (dúvidas em negrito/itálico, respostas em texto normal). 

dúvidas sobre Zenfone 2? clique aqui!

Sobre o aparelho

Pode vender bem para usuários de Galaxy Y e semelhantes. Mas o aparelho é um trambolho, precisava de bordas tão gigantescas e grotescas ao redor da tela? Moto G 2014 mandou lembranças de como ter uma tela de 5” em um corpo compacto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo evento de lançamento do Zenfone, Nagano bateu um longo papo sobre a concepção do Zenfone com Daniel Alenquer (a direita), um dos diretores de design da Asus, brasileiro e chapa deste ZTOP.

E o que ele sempre diz é que o design final de um produto hi-tech não é só viagem na maionese e sim o resultado se um grande esforço de consenso entre o pessoal de design que sempre sonha com o céu e o pessoal da engenharia que trazem eles de volta pra terra e dizem o que é possível ser feito (ou não) com o orçamento disponível (entenda-se preço final).

Sob esse ponto de vista, tudo tem seu motivo, seu custo e sua justificativa.

Por exemplo, se eu colocar uma borda menor, ela terá superfície de contato suficiente para manter a tela LCD / interface de toque / Gorilla Glass no lugar?

Se eu aumentar a capacidade da bateria, o quanto eu ganho de autonomia (=bom) e na espessura (=ruim)?

A capa traseira será de policarbonato colorido ou fabricaremos a capa em um só tom e depois pintamos nas cores que quisermos?

Se eu colocar luz no teclado físico, quanto espaço eu preciso para colocar o iluminador? Isso vai alterar as dimensões do produto? Quais as mudanças que serão necessárias para implementar isso no circuito? Quanto isso vai me custar e/ou impactar no preço final do produto?

Tudo isso é aceitável ou não?

Pelo menos uma coisa ele me garantiu: Que ao contrário do concorrente com nome de fruta (que na minha opinião, abriu mão da resistência estrutural em favor de um design mais leve e fino), pelo menos o Zenfone não dobra!

Ei cara, pelo que vi, você já tem um né? É possível mover os apps pro SD? Se sim, vai a maior parte dele ou fica a maior parte dentro da memória interna? Obrigado!

Até onde sabemos, isso depende do tipo de app e seu nível de interação com os recursos do sistema operacional. Por exemplo, aplicativos como o Acrobat Reader podem ser transferidos para o SD, enquanto que outros como a Agenda não.

Zenfone_5_para_o_SD

Minha estratégia sempre foi de instalar um micro SD de alta capacidade (16~32 GB Classe 10) e manter todos os arquivos de mídia lá. Algumas apps como a câmera podem ser programados para armazenar suas imagens direto no cartão, e em outros aplicativos essa operação tem que ser feita manualmente.

Ótimo review, parabéns. Comprei um em minha última viagem, estou com ele faz duas semanas e estou gostando bastante. O único porém até o momento é o fato de não ter rádio FM, não sei se a versão a ser lançada no Brasil terá este recurso, o que para muita gente é importante.

O Zenfone nacional tem rádio FM. De fato tem até uma tela desse app no final do review. 

Zenfone_5_radio_FM

Tenho uma dúvida a respeito de smartphones dual chip. Ao utilizar somente um chip, é possível desativar a entrada do segundo chip no sistema? O consumo de energia é o mesmo? Tenho interesse em adquirir um smartphone intermediário, mas não tenho a necessidade de utilizar dois chips e quase todos os aparelhos da categoria são dual chip. Grato!

No Zenfone, se você não instalar o segundo chip, ele simplesmente ignora a existência do mesmo e se comporta como se fosse um modelo de um SIM card apenas.

O curioso é que se vc instalar dois chips, na hora de ligar ou mandar um SMS o sistema pode usar o chip pré-determinado pelo usuário ou deixar que isso em aberto, habilitando dois botões de chamada/envio, sendo um para cada chip/linha. 

Zenfone_5_calling

No caso de uso de dados/internet também é preciso informar qual chip poderá ser usado para essa função.

Mario, vc poderia me informar se a diferença de desempenho da versão 1.2 GHZ da promoção e a de 1.6 GHZ do vendido no varejo é muito grande? Dá lag ou travadinhas já que o processador embarcado é o do Zenfone 4?

Bom, para informar isso com autoridade, teríamos que ter acesso a um Zenfone de 1,2 GHz o que ainda não aconteceu (e nem sei se vai ser o caso).

Porém, uma coisa que notamos comparando alguns resultados de testes informais, é que em alguns deles o bom e velho Razr i foi até melhor que o próprio Zenfone 5 de 1,6 GHz. 

Como assim? — É que apesar do Razr i ser um chip single core (Intel Atom Z2460), a velocidade do seu núcleo x86 “Saltwell” de 2,0 GHz é maior que o de 1,6 GHz do Zenfone. Assim, em tarefas que dependem realmente de desempenho bruto, o Razr i conseguiu performar melhor.

Já em apps que já tiram melhor proveito do processamento em multitarefa, os dois núcleos do Zenfone 5 bateram o Razr i com os pés nas costas.

Fora isso, é preciso lembrar que o fone da Asus conta com o dobro de memória RAM (2 GB) o que agiliza — e muito — a troca/realização de tarefas.

Assim, meu palpite é que, nas tarefas do dia a dia como rolar telas, trocar mensagens ou consultar dados na rede, o consumidor pode não sentir sentir muita diferença entre um modelo e outro, já que as apps podem se beneficiar mais da maior quantidade de RAM do que da velocidade do processador propriamente dito.

Agora, se o aplicativo depender — e muito — de processamento (jogos em 3D, edição de vídeo, tratamento de imagem etc.) aí sim a versão de 1,6 GHz pode sim levar vantagem.

Resumindo: a diferença entre o Zenfone de 1,2 GHz para o de 1,6 GHz, pode ser o mesmo de um carro com motor 1.4 para 1.6 ou seja, o de 1.4 pode não ser um foguete na estrada, mas para o dia a dia na cidade ele pode atender plenamente.

(…) uma coisa que não entendo é porque ninguém fala sobre os 64 bits que ele roda e seus concorrentes não.

Segundo o site da Intel, os SoC Atom “Clover Trail +” usados no Zenfone 5 não são compatíveis com as extensões de 64 bits, ao contrário do novo SoC Atom “Bay Trail” e do ARMv8-A.

Para quem não sabe, o chamado “suporte para 64 bits” ou mais exatamente “suporte para extensões de endereço físico (PAE) de 64 bits” nada mais é que um recurso que permite que processadores de 32 bits acessem um espaço físico de endereço com mais de 4 gigabytes de RAM. E como os atuais dispositivos com Android saem de fábrica com 1 até 2 GB de RAM, isso é meio que desnecessário/irrelevante no atual ecossistema do Android.

De qualquer modo, desde o ano passado a Intel já portou o Android para 64 bits, mas quando perguntamos para um executivo da casa qual seria a real utilidade dessa nova versão, ele me disse que, por enquanto nada, já que a maioria das Apps do mercado ainda só rodam em 32 bits.

O que deu para entender desse papo é que a Intel já está com o SO pronto caso alguém já queria desenvolver algo em cima de 64 bits, sendo a grande aposta é nos sistemas corporativos.

Resumindo: ninguém fala muito do suporte para 64 bits porque ainda não existe muito o que mostrar, sendo mais um investimento para um futuro próximo e não para o nosso presente.

Queria saber qual o tipo de chip do zenfone 5, se é microChip ou chip comum?

O Zenfone 5 aceita até dois chips padrão Micro SIM:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Tenho uma dúvida, no Zenfone é possível conectar nos 2 slots 3G? Pois em alguns aparelhos inclusive no meu funciona o 3G somente no slot 1, caso queira utilizar o chip da outra operadora com a velocidade 3G tem que abrir e trocar os chips de slot.

Segundo o Manual do Usuário do Zenfone 5, é possível determinar qual dos dois cartões SIM será usado para serviço de dados via software. Para isso entre no Menu de Configurações, depois na opção Configuração de  cartão Dual SIM e finalmente toque no tópico Rede de serviços de Dados. Vai surgir uma janela pop-up que pergunta qual cartão (SIM1 ou SIM2) será usado com o serviço de dados. Faça sua escolha e seja feliz!

ZenFone_Data_SIM1

Gostaria de saber se eu poderia colocar um Micro Sdxc de 64GB 70mb/s. Se ao instalar este cartão o aparelho seria capaz de processar, ou seria desnecessário colocar um cartão tão veloz?

O que compromete o desempenho de um smartphone não é um cartão muito veloz e sim um cartão muito lerdo. Mas como a Asus não recomenda uma velocidade mínima de transferência, nossa recomendação é que o usuário dê preferência por cartões padrão SDHC/SDXC Classe 10 ou U1 que, segundo os fabricantes de mídia, são as mais indicadas para gravações de fotos e principalmente de vídeos:

Sandisk_velocidade_classe2

Fora isso, sempre invista num cartão de boa procedência já que o que está em jogo neste caso são seus dados, né?

Alguém pode me dizer se o zenfone 5 já vem com gps instalado? Na especificação do meu aparelho no site da asus, diz que tem gps, mas não encontro o app aqui. Meu modelo é o a501cg

Segundo a Asus o Zenfone vem equipado com dois sensores GPS: O convencional que rastreia sinais de satélite e o chamado A-GPS que utiliza sinais de telefone celular para a melhorar sua precisão.

Uma boa maneira de monitorar esse sensor é usar apps de terceiros como o GPS Test (embaixo) ou o GPS Status & Toolbox.

GPS_Test

 

Sobre o Android e o Zen UI

Nessa faixa de preço, pode virar o novo queridinho do Brasil. A maioria dos usuários não liga pra qual versão do Android o aparelho está, desde que funcione bem. Basta saber quanto será investido em distribuição e marketing, porque o produto já é bom.

Concordo contigo, mas pelo pouco tempo que estamos com o 4.4.2, o que posso dizer é que o Zenfone ficou ainda melhor, especialmente no que se refere ao gerenciamento de aplicativos.

No meu caso eu tinha um problema com o GPS Tomtom que teimava em armazenar meus mapas (EUA e Brasil) na memória interna e não cabia. Foi só instalar o 4.4.2 e reinstalar o app que os mapas foram pro MicroSD.

By the way, durante uma breve sessão de perguntas e respostas no evento de lançamento do Zenfone — como não podia deixar de ser — alguém perguntou se haveria atualização para o novo 5.0 Lollipop e a resposta da Asus é que a empresa sempre irá garantir o upgrade da atual para a próxima versão do Android — o que inclui o Lollipop para o atual Zenfone (yaay!).

Além disso, a Asus comenta só irá atualizar o SO se isso não comprometer o desempenho do aparelho, ao contrário de outros “Filhos da Fruta” (SIC) que liberam atualização pra todo mundo e depois forçam o mesmo a trocar de aparelho porque ele ficou muito lerdo.

How rude! X-D

Sabe que nunca havia pensado dessa forma sobre as atualizações da Apple? Faz bastante sentido! Em vez de se negar a atualizar o smart e deixar o consumidor irritado pois o telefone dele está razoavelmente rápido e dá a impressão de que rodaria bem a nova versão do sistema operacioanl, ela força todo mundo a atualizar, faz o telefone da galera virar uma carroça (até porque duvido que eles otimizam para rodar bem naquele hardware) e o consumidor se sente compelido a comprar um novo pois o seu está lento e a Apple é a única empresa que sempre atualiza os smarts mais velhos. 

Genial!

Sim, eu passei por isso na época em que tinha o Motorola Milestone Original que funcionava muito bem com o Android embarcado, mas que ficou lerdo pra caramba depois que foi atualizado para o 2.2 Froyo. Por sinal, uma versão que a Motorola nem ia lançar por aqui mas mudou de idéia depois da reação negativa dos seus usuários. 

Acho que foi depois desse incidente que surgiu no Brasil essa paranóia de “será que meu fone (que as vezes ainda nem comprei) receberá a próxima atualização do Android?”

Gostaria de saber se os aplicativos utilizados em android puro, como no Moto G, funciona normalmente no Zenfone? Ex de aplicativos: Whatsapp, Facebook, Instagram, Soccer Stars, entre outros.
Obrigado

As vezes fico pensando o que as pessoas entendem por “Android Puro” já que, no geral, todos os aplicativos do Google (Gmail, Chrome, Maps, Drive, Play Música, Play Filmes) funcionam em qualquer smartphone/tablet com Android 4.x. 

Screenshot_2014-09-17-23-18-09

Pela minha experiência com “Android Puro” sim, é bacana ter acesso quase que imediato às novidades mais recentes, mas acho que alguns aplicativos são propositalmente simples e despojados — para não dizer toscos — já que é a partir deles que os fabricantes começam a fazer suas modificações cujo objetivo é sempre de melhorar a experiência do usuário ou criar um produto com personalidade própria.

Acho que os exemplos mais claros são o Kindle Fire da Amazon (que nem usa serviços Google embarcados, mas sim a versão Android Open Source Platform) e o finado Nokia X (Android, mas com todos os serviços Google substituídos por serviços Microsoft). Na China existem inúmeros aparelhos Android sem Google – simplesmente pelo fato de o Google não existir oficialmente por lá. 

De fato, acho que é dai que surgiu o culto do “Android” puro, já que o consumidor assume que quanto mais mexido o Android do seu smartphone/tablet, mais ele terá que esperar pela atualização do SO (se é que ele vai ser atualizado). Isso pode acontecer? Sim, mas acho que isso já está virando meio que um exagero (para não dizer paranoia).

Calma pessoal, carpe diem, carpe diem…

No caso da Asus, as modificações no sistema não chegam a mudar a cara do Android e as mudanças que vi realmente melhoram a experiência de uso do usuário final.

Zenfone_5_lock_main_screen

Por exemplo: Quando queremos limpar a lista de apps ativas, os usuários do “Android Puro” precisam remover uma a uma como o dedo. No caso do Zenfone existe uma opção na base chamada “Limpar Tudo”.

Zenfone_5_limpar_tudo

Já no cliente de email “puro” do Android ainda não descobri uma maneira simples e prática para marcar todos as mensagens “não lidas” como como lidas. Coisa que na versão “modificada” da Asus você resolve com três ou quatro toques na tela.

Finalmente, o Zen UI implementa diversos recursos extras que só estão disponíveis no “Android Puro” por meio de aplicativos de terceiros, incluindo alguns pagos como o limpador de memória RAM e o bloqueador de chamadas/SMS. E isso sem falar na câmera PixelMaster que tira proveito de alguns comandos de aceleração de processamento específicos do Intel Atom.

De fato, se existe alguma possibilidade de um ou outro aplicativo não rodar direito no Zenfone, isso é porque ele usa uma versão específica do Android convertida para x86 (pela Intel). E quando isso acontece, o desenvolvedor normalmente corre para resolver isso. Um bom exemplo era o Chrome que não rodava no Motorola Razr i na época em que este chegou no mercado e que foi resolvido em pouco tempo.

Isso também é válido para os aplicativos populares como o WhatsApp, Facebook, Instagram, entre outros. Já que o interesse desses fabricantes é que seu software seja compatível com o maior número de plataformas possíveis — incluindo a da Intel — que por sinal está investindo uma grana (muuuito) preta para se impor nesse mercado.

Assim, o que posso dizer é que as pessoas não precisam ter medo do Zen UI porque ele não é um Windows 8 sem botão de iniciar.

Atualmente a versão do firmware é ASUS_T00J_WW_USER_1.18.40.9 e informa que está atualizado. Por acaso saberia dizer por que não atualizou como o seu ou se tem alguma “manobra”? Abraço.

Até onde sabemos, a liberação da atualização via OTA não é generalizado e sim liberado em grupos baseados no número de série do aparelho para não sobrecarregar o servidor.

Como o modelo que recebemos para testes faz parte do primeiro lote fabricado por aqui, já fomos agraciados com a atualização e nesse caso, não há muito o que fazer além de ter um pouco mais de paciência esperar na fila o que também não é nenhuma desgraça já que o 4.3 está rodando bem nesses aparelhos.

“Manobras” existem? Tecnicamente sim, mas para isso é preciso ter acesso a um arquivo de imagem do novo SO e instalá-lo manualmente no aparelho. Um procedimento que não é lá muito complicado, mas que não recomendo para usuários leigos e até alguns expertos com pouca paciência ou muito apavorados.

Pois é a tal paciência… hehehe. Informo que consegui atualizar para versão 4.4.2.

Primeiro fiz o download dos manuais e firmware no site da Asus. Depois eu atualizei o firmware para a Versão V1.18.40.10(WW) via PC, conforme descrito no manual “Software Update SOP for ZenFone 4 & 5 & 6(Eng) Versão V3.0

O procedimento de atualização ocorreu exatamente como detalhaste muito bem no post.

O próximo passo foi verificar na tela de Configurações/Sobre se estava disponível outra atualização de firmware e para minha surpresa estava disponível a Versão V2.19.40.18(WW) (KitKat 4.4.2). Após aguardar mais de uma hora para download (via WI-FI) executei a atualização e tudo ocorreu perfeitamente.

De fato, seguindo a dica acima do nosso leitor  Regis (brigadão cara!), descobrimos que a Asus possui uma página de downloads para o Zenfone 5 onde o usuário pode baixar e instalar diversas atualizações de firmware, incluindo a que contém o Android 4.4.2 KitKat.

Na página de downloads, o usuário deve clicar na opção “Firmware” e procurar pelo item  Version  V2.19.40.18(WW):

Version  V2.19.40.18(WW)

ASUS ZZenFone 5(T00F/T00J) software Image:V2.19.40.18 (Android 4.4) for WW SKU only*
Note: Please make sure update software version V1.18.40.10 first before update to software version V2.19.40.18

Improvement Item:
1.System update to Android 4.4
2.Improved Miracast compatibility
3.Added support for DLNA protocol
4.Fix Russian translation
5.Fix occasional power drained issue

Key New functions:
1. Do Not Disturb mode
2. Call Guard(applies to models sold in China and Taiwan only)
3. Full dual standby with two SIM cards(applies to dual SIM models only)
4. Filter effects for videos
5. Reply via Call-in SIM card, system will auto select the right phone
Steps of Update:
1.Check software version of your device**
2.Download device software and Update SOP (From “Manual” Item)
3.Only apply to same SKU update, Example: WW->WW, CN->CN, TW->TW, CHT->CHT.
4.Software update cannot transfer the software SKU and downgrade the software version.
5.Wrong SKU may cause update failure, please update the same SKU version only.

*How to know the device model? — Path: Settings->About-> Model number

**How to know the device software version? — Path: Settings->About-> software information->Build number

***System upgrade may cause part of data missing, please buckup your important data before system upgrading.

File Size 754,55 (MBytes) 2014.10.29  update

As instruções de como instalar esse firmware pode ser baixada aqui.

Atenção: Realize esse procedimento por sua conta e risco, já que não podemos nos responsabilizar por possíveis danos.

 

Preço e Acessórios

 

Boa tarde, quero saber como que eu faço para ligar minha tela com apenas dois toques, ou se tem um app para isso, pois tenho um zenfone e sei que o botão power fica ruim rápido, já para não usar muito. Pode me ajudar?

O que você pode fazer é instalar a capinha FlipCover original da Asus ou até outra que seja compatível com o recurso “Habilitar ViewFlipCover” do Zenfone:

Zenfone_5_cor_capa2c

Feito isso, o smatphone irá ligar toda vez que você levantar a capinha e desligar toda vez que for fechada. Fora isso, ela ativa outras funcionalidades como poder receber ligações, ver a hora/checar o tempo e até ligar a lanterna com a tampinha abaixada.

Achei legal pq veio no preço do moto g mais simples da primeira geração, mas com as especificações tipo tela, câmera, igual a do novo Moto G, pensando em comprar mais com medo devido a ser um smartphone pouco conhecido, e talez não tenha assistência técnica no meu estado, nem lojas que vendam acessórios como capas e películas, que pelo que vemos no site da Asus são bem salgadinhos os preços.

Pela minha experiência, mesmo lá fora os acessórios originais da Asus nunca foram baratos, mas sua apresentação e qualidade sempre foi muito boa.

Já a oferta de capas de terceiros vai depender da boa vontade dos lojistas e a demanda dos consumidores.

Com relação a qualidade do smartphone, o que posso afirmar é que a Asus não é nenhuma empresa de fundo de quintal que apareceu do nada para vender um OEM barbante projetado e produzido Deus sabe onde só pra arrumar encrenca com o consumidor por causa de defeito. Isso não faz bem para o nome da empresa, é contra-produtivo e prejudica o lucro.

Do momento que li sobre a promoção dos R$ 499 até agora não vi o celular desse preço… vários sites divulgaram essa venda, inclusive a fanpage dos caras no Facebook, mas vi pouquíssimas pessoas que conseguiram comprar… pelo que entendi só rolou para que fez um pré-cadastro no site

Sim, foi isso mesmo. Quando você entrava na página do produto aparecia uma janela popup (com a Sabrina Sato e tudo) anunciando essa oferta (modelo de 1,2GHz + 8GB armazenamento) e convidando os interessados a se “cadastrarem” para ter direito ao desconto.

Em compensação, tanto a FastShop quanto a Kalunga ainda estão estavam vendendo o Zenfone 5 de linha de 1.6GHz + 8GB de armazenamento pelo preço “cheio” do de 1.2 GHz, ou seja, de R$649 por R$599 (ou até menos se pago a vista), o que também não deixa de ser um bom negócio.

Você sabe dizer se a Asus vai ter uma ação promocional no Black friday?

Segundo um press release divulgado pela Asus no dia 19/nov:

“A Asus Brasil vai vender um novo lote do Zenfone 5 a preço especial no dia 25 de Novembro, somente na sua loja online (loja.asus.com.br). Trata-se da edição comemorativa aos 25 anos de fundação da empresa, que traz uma tela HD de 5 polegadas, processador Intel Atom® de 1,2GHz, 8GB de armazenamento interno e 2GB de RAM.

Apenas 1.000 unidades estarão disponíveis na Loja ASUS, que deverá ser acessada por um link especial que será divulgado entre as 10:00 e 11:00 da manhã do dia 25/11 na página da ASUS no Facebook (facebook.com/asusbr), com a oferta limitada ao estoque disponível.”

Pelo que conversamos com a assessoria da Asus, entre as 10:00 e 11:00 da manhã do dia 25/11  (terça-feira) a Asus irá divulgar o link onde o usuário já poderá comprar o aparelho com R$ 100 de desconto – R$ 499 — ou seja, é uma oferta antecipada talvez para fugir da muvuca do dia 28.

 

Sobre o autor

Os donos da casa

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos