ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Com Zenfone 2, Asus aumenta a aposta no mercado de smartphones

Conhecida por placas-mãe e notebooks (e netbooks), a Asus fez uma aposta interessante no mercado brasileiro no ano passado: lançar dois smartphones, investindo em uma área que a companhia nunca tinha atuado no país.

O Zenfone 2, que chega às lojas esta semana, tem a meta de ser uma aposta ainda maior da fabricante de Taiwan no Brasil, com vários aparelhos para gostos e bolsos. E, pelo que apuramos, tem mais a caminho em outubro. 

O Zenfone 2 sucede os modelos Zenfone 5 / Zenfone 6. Mas se os smartphones de 2014 tinham configurações intermediárias (com o inédito fato de virem com 2 GB de RAM embarcados, o que ajuda muito no desempenho do aparelho), o Zenfone 2 dá um passo além: a Asus traz apenas o Zenfone 2 com 4GB de RAM (em configurações com armazenamento de 16/32 GB) a preços razoavelmente mais altos que a geração anterior, mas bem menores que concorrentes premium.

Dá pra entender que eles batem na tecla do “luxo acessível”: produtos com um bom design, preço atraente, ótimo desempenho.

Essa estratégia faz sucesso? Jerry Shen, CEO da companhia, veio ao Brasil para o lançamento do Zenfone 2 e anunciou que, em apenas dez meses de mercado, os Zenfone 5/6 tiveram algo em torno de 800 mil unidades vendidas no Brasil.

É quase nada num mar dominado por Samsung e Motorola, mas significativo para uma nova empresa em uma área extremamente competitiva.

asus zenfone 2 - 03

A Asus define Zenfone 2 como uma família de aparelhos (como já descrevemos previamente):

  • são dois modelos de Zenfone 2 com processador Intel (com tela Full HD/4GB de RAM, com mais ou menos armazenamento interno – 16GB/32GB), ambos à venda já com fabricação local.

e novos aparelhos com processador Qualcomm:

  • o Zenfone Selfie (Snapdragon 615, tela de 5,5″ Full HD, duas câmeras de 13 megapixels/3GB de RAM), também já à venda.

zenfone 2 selfie - 1

  • e o Zenfone 2 Laser (o mais básico, com Snapdragon 410 – o mesmo do Moto G -, com tela HD e 2GB de RAM, câmera de 13 megapixels com foco laser). Abaixo, vemos o Laser à direita: o design é igualzinho ao resto da família, só que com preço mais acessível – mas só começa a ser vendido em setembro.

zenfone 2 - 1

Segundo a Asus, a linha Zenfone 5 continua a existir, e imaginamos que seu preço deve baixar conforme o tempo. A companhia pretende lançar novos smartphones em outubro, e eu acredito que sejam modelos mais básicos para substituir o Zenfone 5.

Durante a apresentação, Shen ainda anunciou dois novos aparelhos, que são edições especiais do Zenfone 2:

O primeiro é o Zenfone 2 Deluxe Edition, que é uma versão do modelo com processador Intel Atom, 4GB de RAM com capa estilizada (e linda) com polígonos e… 128 GB de armazenamento interno (!). Chega em setembro apenas.
ZenFone 2 Deluxe - 6

E o Zenfone 2 Deluxe Special Edition, uma variante luxuosa – e exclusiva do Deluxe – voltada ao público gamer, com acabamento diferente (bordas vermelhas) e duas opções de capa traseira: uma em fibra de carbono e outra poligonal prateada – as duas virão na caixa. Vem com Asphalt 8 instalado e.. 256 GB de armazenamento interno, e também tem previsão de lançamento em setembro (mas nada de preço ainda).

Preços sugeridos pela fabricante, anunciados durante o lançamento ontem. Segundo a Asus Brasil, são valores considerando o dólar a R$ 3,50:

Captura de Tela 2015-08-21 às 12.46.02

Um gráfico da Asus explica como fica a pirâmide de produtos:

IMG_1898

Voltando ao Zenfone 2: Recebemos para testes o Zenfone 2 na sua versão mais completa – 32 GB internos, 4GB de RAM, tela Full HD, 4G, NFC. Seguimos o mantra de “quanto mais RAM melhor”, e 4GB fazem uma enorme diferença.

Num review relâmpago* do Zenfone 2, então, podemos dizer que os pontos positivos são:

  1. 4GB de RAM. Yay! Seu aparelho não trava.
    É o modo Android de dizer aos fabricantes de hardware “eu consumo recursos, me dê mais RAM e eu continuarei consumindo recursos”. O processador é rápido – você percebe atrasos somente em momentos de muito consumo de processamento, como o uso da câmera em modo Super Resolução (que une diversas imagens em uma só).
  2. A câmera traseira de 13 megapixels é muito boa, mesmo em situações de luz adversas. Amostras de fotos no Instagram com a hashtag #ztop_zf2 (feitas pelo Henrique e pelo Nagano).
  3. A tela Full HD é muito nítida. Particularmente, gosto do modo de cor “Filtro de Luz Azul”, bom pra usar o smartphone à noite, na cama.
  4. O aparelho veio com carregador rápido, que leva a carga da bateria do zero a 60% em pouco mais de 40 minutos. Já que as baterias não evoluem muito – só aumentam a capacidade de armazenamento de energia – recarregá-las de forma muito rápida é uma alternativa eficiente. O Henrique já usava carga rápida no Moto Maxx e, boa notícia, as tomadas funcionam tanto em aparelhos com tecnologia Quick Charge 2.0 da Qualcomm (caso dos Moto X, Moto Maxx, LG G4, Samsung Galaxy S6 etc.) e da Intel (caso do filho único de mãe solteira Zenfone 2).
  5. A interface do aparelho, chamada ZenUI, divide opiniões aqui no ZTOP. Nagano gosta, Henrique se irrita (pelo número enorme de apps nativas inúteis instaladas – e que podem ser removidas – e por uma customização que, para ele, foge do Android nativo). Mas tem coisas interessantes, como o “lembrador” DoItLater (de tão educado, até mostra a previsão do tempo para o dia seguinte todas as noites). De qualquer modo, a Asus atualiza bastante o sistema do Zenfone 2 (foram duas em menos de 20 dias).
  6. Apesar de vir com 16/32 GB internos, o Zenfone 2 vem com um brinde interessante: 100 GB de armazenamento por dois anos no Google Drive. É um adicional simples e que traz bastante felicidade ao comprador.
  7. É um aparelho 4G

E os pontos negativos são:

  1. Bateria. Henrique um dia saiu de casa às 9h e às 12h já estava com 52% de carga. Claro que depende do perfil de uso de cada um. A carga rápida, pelo menos, salva a vida.
  2. Tamanho. É um aparelho de tela grande, para mãos grandes. Apesar da máxima do mercado de tecnologia de que “você vai para uma tela maior, nunca mais volta pra menor”, sempre acabo achando que o tamanho do iPhone 6 é o ideal (ali na média das 4,7-5,2 polegadas).
  3. Dual-sim não é “inteligente”: a Asus privilegiou forma sobre função aqui, e somente a entrada para o primeiro SIM card de operadora tem acesso à rede de dados (=1 modem interno só). Se precisar trocar de chip para se conectar, é necessário mover de slot. Pelo menos o segundo slot é dedicado somente a voz, e não interfere no uso de dados/ligações simultâneas.

zen2 iphone6 - 1

Resumo: Asus Zenfone 2*

O que é isso? Smartphone Android topo de linha.
O que é legal? Muita RAM, câmera boa, custo/benefício pelo preço
O que é imoral? Duração da bateria, interface ZenUI questionável, muito app inútil
O que mais? 100 GB de Google Drive. Carregamento rápido de bateria.
Avaliação: 8,5 (de 10). Entenda nosso novo sistema de avaliação.
Preço sugerido: R$ 1.499 (versão com 32 GB de armazenamento).
Onde encontrar: Asus

*Henrique está repensando o modelo de review de smartphone (meio que todo mundo faz igual), por isso algo mais curto pro Zenfone 2, sem benchmarks.

 

Bônus track

Como Nagano viajou e deixou o Henrique sozinho, ele produziu muitas fotos comparando o Zenfone 2 ao Zenfone 5 e Zenfone 6. Segue a galeria enorme de fotos abaixo.

Primeiro, as entranhas do Zenfone 2, depois o Zenfone 2 em comparação com o Zenfone 5 e o Zenfone 6.


 

 

 

 

  • tuneman

    me veja um Zenfone 2 Laser! 😀

  • vamos por partes:
    a) não tem nenhuma versão com flash xenon?! (tá, parei).
    b) 128Gb e 256Gb são opções tão boas que podem substituir um iPod classic 120 e 160Gb, respectivamente, que eram as maiores capacidades que já tinha visto num dispositivo portátil – e ainda toca FLAC.
    c) prezados, sabem quanto é a. abertura da lente?
    d) a super resolução acrescenta algo nas fotos que justifique usar tal função?
    e) a bateria é removível?
    Parabéns pela análise!

    • Adriano De Lima

      Tem o acessório externo para usar o flash xenon, mas é melhor não inventar moda com ele…

    • Henrique Martin

      a) Xenon = ZenFlash
      b) autorespondida
      c) f/2.0
      d) muitos detalhes numa imagem
      e) não! só no Selfie/Laser

  • Daniel Mulotto

    Amigos, e os novos notebooks da empresa? Ja tem novidades de quando serao e se serao vendidos aqui no BR? Estou precisando de um note, urgentemente, ai nao sei se pego o X550LN ou espero os novos com Intel 5ªG. Os boatos eram que comecariam a ser comercializados em Agosto, mas até agora nada 🙁

  • Prezados Henrique e Nagano,
    Fui passear com meus filhos e levei apenas o K Zoom pra registrar os momentos, o que me fez lembrar do Asus Zen Fone Zoom .
    Algum sinal do lançamento dele?

    • Mario Nagano

      O meu palpite é que apesar de não estar 100% desenvolvido, o Zoom foi apresentado para o público para fazer barulho e mostrar que a Asus veio pra botar pra quebrar no mercado de smartphones com sua tecnologia.

      Depois disso, ele voltou para a engenharia para resolver alguns problemas técnicos (entre eles, aperfeiçoar a lente para facilitar a sua produção em massa) e fazer os ajustes finais para ser lançado no melhor tempo, sendo que a próxima janela de oportunidade é a IFA 2015,

      O problema que vejo — em especial no nosso mercado — é que o Zoom pode não ser um smartphone barato e, na hora da verdade lá no balcão da loja, o comprador vai dizer:

      “Naah… Eu não preciso mesmo tanto assim de zoom. Melhor ficar com o Selfie que é bem mais barato!”

      Ai a casa cai.

  • Leonardo Carneiro

    Saiu o preço do X Style: ponto pra Asus =P