Zeebo sai no Brasil em abril

Z

zeebo-lanca

O console Zeebo, videogame com conectividade 3G voltado a países emergentes, será lançado no mercado brasileiro em abril, pelo preço sugerido de 199 dólares (cerca de 450 reais na cotação desta segunda-feira), informou a Zeebo Inc hoje (23).

A Zeebo Inc é o novo nome da antiga Tectoy of America, empresa norte-americana na qual a Tec Toy Brasil tem participação, junto com a Qualcomm (que ajudou a desenvolver o console).

A Tectoy Brasil ficou famosa por seus consoles Master System e Mega Drive nos anos 80 e continua a vender versões adaptadas desses dois sistemas, além de eletrônicos de consumo como DVDs e aparelhos de Blu-Ray. O Zeebo será o primeiro console da empresa para concorrer com o Xbox 360, da Microsoft, o Nintendo Wii e o Playstation 3, da Sony, de acordo com o comunicado oficial da companhia.

O Zeebo não usa cartuchos ou discos para guardar os jogos: grava os dados em memória flash e pode baixar novos games pela conexão 3G (da operadora Claro) na “ZeeboNet Wireless Network”.

A versão local será vendida com quatro títulos embarcados e um quinto game para download. Segundo a Zeebo Inc, o preço sugerido de 199 dólares é “cerca de um quinto do preço dos consoles mainstream. Em outros mercados internacionais, o Zeebo deve ser vendido no varejo por menos de 179 dólares ainda este ano e bem abaixo de 149 dólares em volumes no ano que vem“. Vale lembrar que a Tectoy disse no ano passado que o Zeebo iria custar em torno de 600 reais.

A informação do lançamento do Zeebo foi divulgada junto ao fato de que John Rizzo, CEO da Zeebo Inc, fez uma palestra no primeiro dia do Game Developer Conferenece, que ocorre esta semana em San Francisco.

Desenvolvedores de games como Capcom, Com2uS, Digital Chocolate, EA Mobile, Gameloft, Glu, Id Software, Machineworks Northwest, Namco Networks e THQ estão portando seus títulos de console, PC, handhelds e celulares para a plataforma Zeebo. O site zeebo.com.br está no ar, mas não traz mais informações sobre o lançamento no Brasil ou seu preço oficial em reais.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos