ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Yahoo!: e agora?

Depois de a situação se inverter e a Microsoft decidir dizer não para a compra do Yahoo!, hoje é dia decisivo para acompanhar o desempenho das ações do Y! na bolsa (e, por que não, da Microsoft também).

“E agora?” é o que se pergunta também Jerry Yang, CEO do Yahoo, em um post no blog oficial da companhia. “E agora que com a saí­da da Microsoft, seremos capazes de focar nossa energia em aumentar nossa liderança no mercado e maximizar o valor para acionistas”, afirma Yang. Lançamento de inúmeros novos produtos e bons resultados no primeiro trimestre reforçam, na visão do executivo, o fato de que a Microsoft subestimou mesmo o valor da companhia.

Mas o “e agora?” não vale só para o Yahoo! ou seus acionistas. Ficam no ar questões para a Microsoft: o que fazer com US$ 50 bilhões que iam para a aquisição? Vai comprar alguma outra coisa? A falta de empenho/desistência fazem com que a companhia dê alguns passos para trás? Nem todos concordam com isso: há quem diga que foi a “coisa mais esperta” que a Microsoft fez, abrindo caminho para uma “Microsoft 2.0“.

No fim do dia voltamos a nos falar.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin