Windows Vista: 200 cópias (ou mais) vendidas na madrugada

W


a loucura do pagamento, originally uploaded by henrique martin.

Eu estava incrédulo sim. Quem iria passar a meia-noite num hipermercado para comprar Windows? Pelo menos 200 pessoas fizeram isso por conta do lançamento oficial do novo sistema operacional e do Office 2007.

Descontando os inúmeros funcionários da Microsoft e seus familiares uniformizados, estava bem cheio. Quando cheguei, por volta das 22h35, as senhas para brindes (Office 2007 de graça pros 20 primeiros e teclados de brinde para os 200 primeiros) já estavam no número 109. Uma hora depois, batia nos 171 e, poucos instantes antes da meia-noite, pelo menos 194 senhas haviam sido distribuí­das. Entre 250 e 300 pessoas estavam lá, segundo estimativas dos organizadores.

Quem estava lá para comprar? Nerds e geeks em geral (a maioria), donas de casa (a “tia” da senha 8 furou a fila e quase foi a primeira a pegar sua cópia – mas o genro dela se atrapalhou e ela perdeu o momento de virar estrela dos fotógrafos no local), pequenos empresários (caso da senhora da senha 1 e 3), gente que queria um sistema “melhor pros filhos jogarem e entrarem no Orkut”. Sensacional.

Teve discurso do executivo do Extra (palmas!), do Michel Levy, presidente da Microsoft (mais palmas!), do Steve Sinofsky (executivo gringo da Microsoft que veio pro lançamento – mais palmas, ainda mais porque ele estava com a camisa da seleção de futebol do Brasil), do Alexandre Leite (Gerente de Windows – Brasil). Claro que teve uma contagem regressiva para a “meia-noite” e um corte de faixa oficial simbolizando o iní­cio das vendas. Isso com um atraso de uns dois ou três minutos, as vendas começaram mesmo í  0h04.

Também tinha gente em busca de novos computadores, e os preços iam de R$ 1.699 a R$ 2.799, todos da marca Megaware (deve ser o OEM oficial do Extra, que, curiosamente, é a loja onde mais se vendem computadores no Brasil). Vista, Office e computadores eram parcelados em até 12 vezes.

Constatação: nas prateleiras próximas ao caixa 35 (onde foi organizada a fila e o sr. Henrique, meu xará, mandava as instruções pelo sistema de som do supermercado), o primeiro produto a “sumir” por completo foi o Vista Ultimate, justo o mais caro. Não esgotou, foi só uma questão de momento.

Quando saí­, por volta da 0h30, as 200 senhas tinham acabado. A fila pra comprar estava diminuindo e o movimento da madrugada não deveria ser muito diferente do que são as vazias noites (e ótimas para fazer compras) do Extra Itaim.

Tem fotos no Flickr e ví­deos no YouTube. Agora vou dormir que são quase 3h da manhã.

Update matinal: Me esqueci que tinha gente lá para comprar o Office também. Afinal, era um lançamento simultâneo. Estou esperando os números oficiais (se é que vão divulgar) para comentar aqui.

Update da tarde: 50 cópias do Vista Ultimate foram mesmo vendidas em 10 minutos. E “cerca de 200 caixas” do sistema foram comercializadas durante a noite, segundo o Extra. Amanhã eles devem informar dados mais consolidados.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos