ZTOP+ZUMO

Windows Phone 7 no Brasil: um update (e a HTC vai voltar! E o Galaxy Tab saiu!)

Além da Nokia, o Windows Phone 7 vai chegar ao Brasil pelas mãos da ZTE e (cruzem os dedos) da HTC. Durante o QPartner Forum Brazil 2011, que acontece hoje em São Paulo, os principais fabricantes (exceto Nokia, por razões óbvias) que usam plataforma Qualcomm em seus smartphones mostraram aparelhos e algumas novidades para o segundo semestre. Principais destaques na sequência:

  • Celso Winik, gerente-geral da divisão de mobilidade da Microsoft Brasil, reafirmou o compromisso de Redmond com o mercado brasileiro. Perguntei pra ele dos rumores de lançamento do Windows Phone 7 em 1 de setembro. Não confirmou (claro), mas disse que o lançamento do WP7 Mango será feito em etapas e por regiões, diferente do anúncio original do Windows Phone no ano passado. O prazo de lançamento local está mantido para o final do ano.
  • Winik disse ainda que a plataforma Windows Phone 7 já tem 28 mil apps disponíveis para download. Em maio, eram 17 mil.
  • Outra fabricante que vai lançar Windows Phone 7 no Brasil é a ZTE, como dá para ver na foto que abre este post. A previsão oficial é para o final do ano, com “preços agressivos”, segundo Bernardo Weisz, diretor de vendas da ZTE. A concorrente Huawei deve lançar um Windows Phone 7 em 2012.
  • E a HTC, sumida do mercado local por N problemas (incluindo o fechamento da fábrica da Celestica… que foi comprada pela ZTE, e desencontros entre a matriz da HTC e suas filiais pelo mundo, com foco na América Latina direcionado principalmente para o México), tem um stand no evento: o demonstrador diz que serão mais dois aparelhos com Android (não definidos ainda) até o final do ano, e também um Windows Phone (“não é o HTC HD 7, será um smartphone mais básico“).
  • A Acer está em processo de definição da sua estratégia mobile por aqui. Pelo que entendi, uma empresa chamada MGI International (baseada no Texas) representa os smartphones e tablets da Acer no Brasil. A matriz (que traz notebooks e netbooks para cá) reavalia a posição dos smarts/tablets com Android (e, por que não pensar no Windows Phone 7?) e uma possível fabricação local para reduzir preços. De qualquer modo, a MGI deve lançar alguns modelos Android até o final do ano com a marca Acer no Brasil.
  • Comentário geral ouvido entre fabricantes: tablets Android estão vendendo mal, mal, mal.
  • Em notícias não-relacionadas, mas já que estou falando de tablets, a Vivo anunciou agora de manhã que começa a vender o tablet Samsung Galaxy Tab 10.1 amanhã (13), em sua versão de 16 GB. Preços sugeridos: R$ 1.999 sem plano de dados, R$ 1.399 com plano Internet Brasil de 2 GB. Vem com dois meses grátis de aluguel de filmes na Netmovies. O tablet terá exclusividade da Vivo até o final de agosto.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Cesar Cardoso 12/08/2011, 12:35

    – um dos Androids da HTC deve ser o Wildfire S, já passou na Anatel e serviria pra retirar do mercado o Wildfire original, ops, Desire A (já reclamei da safadeza da marquetagem da HTC BR hoje?). Quanto ao outro aparelho, chuto que seja um dos 'Facebook phones'.
    – a entrada do Acer Iconia Tab A500 pela Anatel foi feita em nome de AGP Tecnologia em Informática do Brasil Ltda, que já é a assistência técnica dos notebooks da marca no Brasil: http://www.notebookacer.com.br/agp-tecnologia-em-
    – sobre a MGI International, ao que parece é uma subsidiária da distribuidora MGI http://www.mgi.com.br (ver http://www.mgi.com.br/Site/Localizacao.aspx ). De interessante? São distribuidores HTC e HP (inclusive montaram uma HP Store). Só tem o logo da Acer, nenhum produto.
    – a Nokia, até onde eu saiba, não lançou nenhum WP, então não tem nada de Qualcomm no portifólio (pra quem não sabe, a Nokia é a grande cliente da Texas Instruments).
    – claro que os tablets Android vão vender muito mal no Brasil: nenhum tablet Android lançado em 2011 no mercado brasileiro (sim, Xoom e ZTE V9, estou falando com vocês) empolga. A chance agora é com o Tab 10.1, o Iconia Tab A500 e o Transformer.

    • @fabiosimoes 12/08/2011, 16:07

      É Cesar, eu caí no conto do Desire que a HTC pregou por aqui. E la vem eles com outro modelo básico!

      Por isso, pra mim, HTC novamente nem pensar, vai ser muito difícil eu comprar outro HTC, estou esperando mesmo é o Nokia.

    • rubens 13/08/2011, 10:22

      Apesar da Nokia vestir TI, a plataforma padrão do WP7 é Snap.
      … o que não impediu a ST-Ericsson de anunciar que a Nokia usaria o Nova.
      … vai saber…

  • André 12/08/2011, 13:01

    Henrique, R$1999 é preço do 10.1 com 3g e 16gb ou 32gb?

    • henriquem 12/08/2011, 14:27

      é o de 16 GB (chequei com a Samsung)

      • André 12/08/2011, 17:26

        Valeu Henrique. Será que dá pra inferir que como esse modelo 3g claramente não está com preço baixo, os beneficiados com a MP dos Tablets serão (pelo menos inicialmente) os wifi e, só em setembro?

        Alias, a Claro soltou algum sinal de fumaça sobre o 8.9? A Vivo deu uma bela rastera neles, que fizeram propaganda desde julho. Não é perfeitamente o mesmo modelo, mas similar o suficiente pra abocanhar vendas.

  • Mateus Azevedo 12/08/2011, 13:39

    Isso é que F*ODE a venda de tablets Android no Brasil… Galaxy Tab por 1999 reais enquanto o iPad 2 pode ser encontrado por 1487 reais em algumas lojas online (FastShop, Americanas)… Acho que o único pra fazer frente atualmente é o Asus Transformer, que pelos 1900 reais leva-se o tab + a dock.

  • Ely 12/08/2011, 14:36

    Parece que o Asus Transformer e suas rápidas atualizações é a melhor opção no momento, falando em Android, mesmo para quem não precisa do teclado.

  • meninuigu 12/08/2011, 18:54

    "tablets com android estão vendendo mal, mal, mal"

    onde que tá a surpresa? as maiores fabricantes não conseguiram surpreender frente ao iPad, e deu nisso.

  • JoaoPaesN 13/08/2011, 00:06

    Poxa, os caras da HTC tinham me "garantido" que HD7 pintaria por terras verde-e-amarelas até o fim do ano. :/
    Se não for isso, então a Nokia tem que mostrar logo o que vai mandar.

  • Álisson 16/09/2011, 11:14

    Acontece jão que como a própria M$ disse, ela só permitirá venda de smartphones com mango de fábrica, ou seja provavelmente este device será o HTC Radar, o WP mango mais básico da HTC ate agora.
    É triste néh, eu queria mesmo é o TiTan