ZTOP+ZUMO

Windows Phone 7: apenas no fim do ano

Steve Ballmer anunciou hoje em Barcelona uma versão novinha, fresquinha e bonitinha do Windows Phone 7. Um monte de fabricantes já disse que vai apoiar a plataforma, mas aparelho mesmo, só no final do ano. À primeira vista, o Windows Phone 7 é lindo, e está cheio de recursos que, pra variar, não vão funcionar por aqui.

Primeiro, parabéns pra Microsoft: jogou o Windows Mobile 6.5 fora e recomeçou do zero. A interface é bem parecida com a do Zune (na verdade, o smartphone vira um Zune por padrão), com mais recursos e conectividade. Ballmer diz, no comunicado oficial: “Em um mercado entupido cheio de aparelhos que fazem o mesmo e parecem os mesmos, desafiei a equipe a criar um novo tipo de experiência móvel. Windows 7 Phone Series marca um momento de virada em direção aos telefones que refletem de verdade a velocidade da vida das pessoas e sua necessidade de estarem sempre conectadas a outras pessoas e todos os tipos de experiências diretas”.

Tem as firulas de interface: widgets em tempo real, contatos com fotos, integração com Xbox Live e Zune Marketplace (e aí a coisa pega pro dono-de-smartphone-brasileiro, certo?) que só funcionam nesses aparelhos Windows Phone 7-enabled, mais integração real com Office – isso tudo me lembra, pela primeira vez, que a Microsoft está fazendo um sistema operacional para o consumidor final, não para o mercado corporativo, como eram os Windows Phones até então (e eram horríveis, por sinal).

Curiosidade do momento: botão exclusivo de buscas no Bing em todo Windows Phone 7.

Quem vai fazer? Os Windows Phone-amigos de sempre: Dell, Garmin-Asus, HTC, HP, LG, Samsung, Sony Ericsson, Toshiba e Qualcomm. Apoio de operadoras: AT&T, Deutsche Telekom, Orange, Sprint, Telecom Italia, Telefonica, Telstra, T-Mobile EUA, Verizon Wireless e Vodafone.

Tanta recriação tem seu preço, afinal: Só veremos Windows Phones no final do ano, na temporada do Natal. Tem um vídeo bem legal no Channel 9 mostrando o Windows Phone 7 em ação.

Nagano comenta: Muito interessante essa iniciativa da Microsoft de aposentar o Windows CE (que já vai tarde) e criar um SO novo e específico para dispositivos  móveis. O que mais me chamou a atenção nessa interface é o esforço da MS em estabelecer seu próprio padrão visual na sua interface ao invés de copiar o pessoal da empresa com nome de fruta.

De um certo modo isso me lembra a velha rivalidade entre Pepsi e Coca-Cola ou seja, a Pepsi nunca vai passar a perna na Coca copiando seu sabor e estilo, ele deve sim é fazer com que o público prefira sim o sabor e a marca da Pepsi, mas isso se o Guaraná MeeGo não entrar forte na disputa e embolar o meio de campo. :^P

Mais telas do Windows Phone 7:

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Lucas S. 15/02/2010, 15:29

    Achei a interface impressionante, e só vem a somar para a quantidade de SO`s mobile que temos – o que é bom, queria eu ter uma concorrência tão expressiva assim nos desktops.

  • Higuetari 15/02/2010, 15:29

    E há algumas semanas atrás, apareceu gente dizendo que a MS não inova e blábláblá. E agora vem esse WPhone Series 7. Mas anunciar hoje, em fevereiro, e só começar a lançar os aparelhos em dezembro(!) prova que a empresa ainda continua a mesma, ahahaha 😛 (#projetonatal feelings)

  • mnagano 15/02/2010, 15:47

    Acho q o mercado de SOs com tela touchscreen reflete mais ou menos o que aconteceu no passado, ou seja, uma empresa descobre um novo nicho de mercado e todo mundo cai de pau para tentar arrancar o seu teco. Foi assim com os consoles de videogame, mídias ópticas, mecanismos de busca e mais recentemente as filmadoras tipo Flip com upload para Youtube.

    No fim das contas vai sobrar uns dois ou três competidores e olha lá…

  • dflopes 16/02/2010, 21:47

    interessante. Já tive 4 WM: Samsung i321n (WM 5.0), Treo 750 (WM 6.0), Kaiser (custom rom XDA WM 6.5) e Touch Pro (XDA's custom ROM Wm 6.5)

    Sempre com boa customização, bons programas, ótima usabilidade e boa durabilidade (vendi todos para parentes e funcionam até hoje, exceto o samsung, que foi roubado).

    Espero que esse win7 mantenha a multitarefa, compatiblidade entre a bilbioteca de programas e a boa usabilidade.

  • Lucas S. 17/02/2010, 13:45

    Só discordo um pouco quanto à usabilidade: usei um motoQ uma vez, com WinMo 6: não era um sacrifício de usar, mas também não tinha boa usabilidade, era bem mediano.

    Bem, meu caso… acredito que o Windows Phone 7 têm potencial para recuperar o mercado perdido – só precisa caprichar na loja de aplicativos, e então o pacote estará completo.

    • henriquem 17/02/2010, 13:48

      lucas, o MotoQ é uma unanimidade pro bem e pro mal (busque os posts que falei sobre ele aqui no zumo e veja com seus próprios olhos).

      • Lucas S. 17/02/2010, 13:58

        É verdade… de qualquer forma, ainda há outros aparelhos em que a usabilidade do WinMo 6 não era nada boa – felizmente, a maioria que vi não era assim.