Windows 7: preview (em video)

W

windows7_desktop2
Pronto, já botamos as mãos no Windows 7. Depois da confusão de sexta-feira e da volta ao normal no sábado, a Microsoft diz que está pronta para o que der e vier, com mais de 2,5 milhões de licenças do sistema prontas para quem tiver interesse.

O Mestre corajoso Nagano instalou o novo sistema operacional da Microsoft e achou bem interessante o que viu. Confira o vídeo a seguir: parece, por enquanto, um Vista melhorado. (e, sim, eu estou meio gripado ao narrar o que acontece na tela).

Nagano comenta: Como o Henrique comentou, esse vídeo é apenas um passeio inicial pelo Windows 7, já que o grande objetivo dessa apresentação foi mostrar como o sistema está bastante ágil, mesmo rodando em um hardware relativamente “antigo” — um PC baseado numa placa-mãe com chipset NForce 6100 e tudo on-board, processador Athlon 64 Fx60, 1 GB de SDRAM DDR 400 e disco rígido SATA 300 de 80 GB.

O que achei mais interessante no Windows 7 é que sua nova interface procura facilitar a vida do usuário, com sua janela de iniciar se comportando de acordo com o contexto. Por exemplo: note que ao passar o cursor sobre um item como botão de help, editor de imagem ou processador de texto, ele abre automaticamente do lado os últimos arquivos criados/modificados pelo mesmo.

Também gostei do kit de ferramentas localizado na lateral direita da barra de tarefas, formado por um sistema de alerta do Windows, um gerenciador das ferramentas de rede e um botão (não identificado) que limpa o desktop, algo que só vi no Windows CE.

Para não dizer que tudo são flores, no momento em que realizava essa gravação, o Windows Sidebar e seus gadgets sumiram e não voltaram mais. :^P

Finalmente, eu reforço as palavras do Henrique que esse Beta serve basicamente para isso, ou seja, as pessoas sentirem o produto e fazerem algumas experiências e, se possível. reportar suas boas e más experiências para a MS. De maneira nenhuma ele deve ser usado em alguma atividade de produção ou de lucro.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos