ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Gadget do dia: os últimos Sony VAIO

Os últimos notebooks VAIO produzidos pela Sony foram lançados no Japão. É o fim de uma era de portáteis elegantes, robustos e poderosos. Depois dessa leva, VAIO é responsabilidade de outra companhia.

Como vocês já sabem, a Sony anunciou no ano passado que iria se desfazer da sua divisão de notebooks VAIO. Depois de algumas histórias de que a ela chegou a considerar uma parceria com a Lenovo, foi feito um anúncio da venda da sua divisão de PCs para outra empresa, chamada Japan Industrial Partners.

Assim os novos modelos da chamada coleção de primavera de 2014 serão os últimos VAIO produzidos pela Sony, encerrando assim uma história que teve início em 1996 com produtos cujo design diferenciado e padrão de qualidade eram tão elevados que o culto à marca pode ser comparado aos modelos fabricados por aquela empresa com nome de fruta, porém numa escala menor de fanatismo.

Dessa última série fazem parte os modelos VAIO Fit 11A e VAIO Fit 13A que como o próprio nome sugere, são Ultrabooks conversíveis com telas de 11 e 13 polegadas equipados com processador Intel Core ix de 4a geração (codinome “Haswell“) …

Sony_FIT11a… que adotam um curioso sistema de articulação da tela (batizado de “Ultraflip“)  que permite rebatê-la sobre o teclado, permitindo assim que o produto funcione como um tablet.

Sony-VAIO-Fit-11A_ultraflip

 

Sony-VAIO-Fit-11A_v2

Sony-VAIO-Fit-11A_v3

Sony-VAIO-Fit-11A_v4a

Sony-VAIO-Fit-11A_v1

O preço sugerido no Japão varia de 105.380 ienes (~R$ 2.412)  e 134.800 ienes (~R$ 3.086) respectivamente para as versões de 11″ e 13″ e estarão disponíveis também nas cores preto e pink:

Sony-VAIO-Fit-11A_colorsE como bem avisou o nosso leitor Rodigo Bastos, os VAIO Fit 14A e Fit 15A já estão disponíveis no Brasil:

Brigadão Rodrigo!

Ainda em tempo:

Outra coisa que me chamou a atenção neste anúncio é um acessório estava meio que escondido na sua lista de opcionais — um pequeno roteador portátil modelo VGP-WAR100:

Sony_VGP_WAR100_intro

E como ele funciona?

Como explica o vídeo acima, esse pequeno roteador foi desenhado para se encaixar na fonte de alimentação do VAIO via porta USB…

Sony_VGP_WAR100_adapter… formando assim um único conjunto o que facilita em muito a sua manipulação e uso.

Sony_VGP_WAR100_intro2a

Como outros roteadores desse tipo que já vimos no passado, a idéia por trás desse produto é de oferecer um ponto de acesso sem fio em certos ambientes — como o quarto do hotel que — em muitos casos só dispõe de conexão cabeada ou a conexão sem fio é muito ruim.

vaioill

O curioso é que a conexão de rede via cabo nos quartos ainda é muito popular (e até a preferida) no Japão, devido ao fato dos nipões acreditarem que ela é mais segura que a sem fio, o que deixa os usuários de smartphones, tablets e até de Ultrabooks mais modernos numa situação bem complicada.

Cheguei a ver esse fenômeno em cores e ao vivo na nossa última ida ao Japão, onde a única conexão Wi-Fi disponível era no lobby do hotel o que fazia desse point um local bastante popular entre os hóspedes, seja de dia, de noite e até de madrugada:

Dlink_DIR505_hotel

O VGP-WAR100  é compatível com os padrões 802.11 b/g/n,  mede apenas 3,3 x 2,6 x 3,9 cm é alimentado diretamente pela fonte via porta USB padrão. A empresa recomenda até cinco conexões simultâneas e seu preço sugerido no Japão é de 3.980 ienes (~R$ 91).

Mais informações aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.