ZTOP+ZUMO

UX21, primeiro Ultrabook, chega em outubro

Meu fetiche atual em hardware se chama Ultrabook. Já tínhamos visto de longe o Asus UX21 – o primeiro Ultrabook no conceito defendido pela Intel (se bem que o MacBook Air também é um, certo?) – mas com o hardware na sua frente é outra coisa. Aproveitamos ontem o Asus Innovation Forum 2011 para ver bem de perto o UX21, e é um pequeno monstrinho do design.

Segundo a Asus Brasil, o UX21 tem previsão (pre-vi-são) de lançamento para meados de outubro no mercado local, sem estimativa de preço ainda. Aguardemos, então. Galeria de fotos e um vídeo demonstrando o boot ultraveloz da máquina na sequência.

O Asus Ultrabook UX21 aberto e funcionando com Windows 7. O único ajuste que a Asus precisa fazer no design é deixar mais arredondadas as extremidades do UX21, que me pareceram… afiadas (logo, não deixe cair no pé porque pode machucar!)

Pequeno detalhe “UX21 Series UltraSlim” está na base da tela e na parte traseira da máquina.

E todo o acabamento é feito em alumínio.1

E a inevitável comparação com o MacBook Air de 11″ (coberto por uma capinha que o deixa mais grosso).

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Rodrigo P. Ghedin 04/08/2011, 08:48

    Será que o MacBook Air entra na categoria dos ultrabooks? A Intel prometeu modelos abaixo dos US$ 1.000 — e é nesse detalhe que me atenho sempre que leio algo sobre essa nova categoria.

    E esse UX21, chega aqui por menos de R$ 2.000? D-U-V-I-D-O. Hoje toda fabricante com presença local vende trambolhos de quase 3 kg na faixa até R$ 2.000. Se a ASUS lançar o UX21 nessa faixa de preço, vai acabar com esse filão. Aliás, com dois filões, o dos notebooks intermediários (R$ 1.500~2.000) e o dos high-end (afinal, se tem por R$ 2.000, quem compraria um Samsung Series 9 por R$ 6.000?).

    E, vamos combinar: a ASUS caga qualquer design. Essa inscrição em fonte cursiva no rodapé da tampa e esse cromado em radial são extremamente bregas 😀

    []'s!

    • dflopes 04/08/2011, 13:12

      poxa, eu achei tão bonito as letras cursivas…

      Dá um ar mais clássico, combinando com o tom monolítico e imponente do aparelho.

    • FTauscheck 05/08/2011, 08:47

      Também não sei se o MacBook Air entra na categoria dos ultrabooks, mas o modelo de entrada dele é vendido na faixa dos US$ 1,000. Aqui no Brasil é que ele é vendido por ~R$3.000.

      E também achei o design dele pouco atraente. Parece que juntaram várias coisas em um único produto. O verso da tela possui um trabalho, diferente da frente da tela, diferente da base do teclado (sem contar as letras cursivas).

    • thiago_etoo 08/08/2011, 19:50

      Entrar, teóricamente entra, o MBA de 11" é 999 dolares.

  • Anderson Costa 04/08/2011, 10:08

    A Intel prometer e o mercado aceitar e cumprir são coisas completamente distintas. Ademais, explicações para preços elevados aqui no Brasil é o que não falta.

  • guilhermefdc 04/08/2011, 10:08

    Também tenho minhas dúvidas se o Air entra na categoria dos Ultrabooks se lembrarmos do critério de preço – contudo, no entanto, entretanto, tenho as mesmas dúvidas em relação ao UX21. Adoraria descobrir que estou errado, mas aposto na mesma faixa de preço do Samsung Series 9 – mais caro que o MacBook Air (mesmo pagando o adicional do Drive de DVD externo da Apple – talvez não ao adicionar o drive + a licença do Windows 7 para quem preferir).
    Aliás, diga-se de passagem: a grande diferença do UX21 para o MacBook Air é a troca do slot SDXC por uma porta mini HDMI e a troca de lado da Mini DisplayPort com a entrada do carregador. Não vou entrar no mérito se o slot SD ou a porta HDMI é que são melhores – nunca usei nenhum dos dois e acho que esse mérito depende da necessidade do usuário.

  • guilhermefdc 04/08/2011, 10:12

    Aliás, esquece o comentário sobre o preço do Air (R$3800) poder ser mais caro que o Series 9 somando o Super Drive (R$250) + licença do Windows 7 (R$350) – somando todos, ainda sai R$50 mais barato que o preço do Series 9 à vista na FastShop.

  • XpiritO 04/08/2011, 10:31

    Quais são as especificações deste bicharoco?

    • henriquem 04/08/2011, 10:55

      tela de 11,6", Core i7, armazenamento SSD. preço estimado lá fora: 1.000 dólares (chute da Intel)

  • sidney 04/08/2011, 11:05

    na categoria me interessa mais a inclusão de telas de toque ao nivel de um tablet (multitoque) e redução de peso que qualquer item estetico.
    fora isso luxo jamais ganha de utilidade na minha tabela de avaliação.

  • dflopes 04/08/2011, 13:16

    achei bonito, mas ainda pesado.
    Eu sei que 1.1kg é leve, mas acho que se pode diminuir um poquito mais

    Agora, como se conserta isso???
    Parafusado, encaixado ou colado???

    • Sigma7 12/09/2011, 09:55

      Quando precisar consertá-lo já lançaram outro melhor ainda e o seu notebook nem valerá o preço do conserto.

  • Hugo Leonardo 04/08/2011, 14:07

    Uau… é lindo!

  • hugosilva 04/08/2011, 22:32

    É a vez da ASUS copiar a Samsung que copia a Apple. Prefiro o original

  • Guilherme Carvalho ⌘ 05/08/2011, 00:02

    não me pareceu um boot ultra rápido e sim um wake-up de um sleep mode… acho que meu LG elefante branco R590 volta do sleep tão rápido qto esse ai

  • Alberto 11/08/2011, 20:44

    O problema mesmo é que por mais que façam um design maravilhoso, quando se liga a tela sempre aparece os mesmos ícones, num esquema de uns 20 anos atrás que já cansou.

  • luizbionicle 28/10/2011, 08:51

    Nossa que copia do macbook air mas toda copia e mal feita e esses ultrabooks ainda rodaram windows

  • Francisco Duarte 15/03/2012, 02:41

    Pessoal o objeto acima, este Aus Ultra e sensacional…ele custa o mais barato U$990 aqui em Vancouver, e bom demais…ele nao e veloz e super veloz…adoro MAC, mas a Aus algum tempo vem mandando bem!

  • Shneider 10/12/2012, 19:43

    Esse pessoal que diz que é copia do Air não sabe nem da metade kkkk, o Air era protótipo da Intel, a Apple só conseguiu exclusividade por um tempo, agora que a exclusividade passou a Intel abriu a tecnologia para as restantes… Apple tem um sistema operacional muito bom, mas em questões de hardware sempre deixou a desejar.