ZTOP+ZUMO

USB PD: novo padrão pode recarregar notebook

O novo padrão USB Power Delivery (ou simplesmente USB PD) será capaz de fornecer energia para equipamentos de maior porte (de até 100 watts de potência) como notebooks, HDs externos e monitores LCD, entre outros periféricos “grandes”. A ideia aqui é que um cabo USB leve a energia do computador para o dispositivo, do mesmo modo que ocorre hoje com smartphones e tablets. O conceito foi apresentado no final de julho pelo USB 3.0 Promoter Group.   A boa notícia é que a adoção futura do novo padrão pode até eliminar a necessidade de um bloco transformador para cada equipamento por meio de hubs USB-PD. Na prática, teremos menos fontes dedicadas para cada equipamento, menos cabos pendurados na mesa e, por consequência, menos lixo eletrônico gerado. O exemplo abaixo mostra um monitor ligado à tomada com sua fonte nativa e atuando como hub USB-PD para um HD externo e um notebook: Essa nova especificação determina que o USB-PD será retro-compatível com os padrões USB 2.0 e 3.0 — incluindo as especificações USB Battery Charging 1.2 e USB-bus powered (que permitem, por exemplo, recarregar um smartphone com o notebook desligado) — e possui algumas características bem interessantes, como permitir a auto-negociação da voltagem/corrente entre dois dispositivos USB, além de definir automaticamente quem irá transmitir e receber a energia cujos padrões são pré-definidos pela nova especificação (embaixo). Note que além dos tradicionais 5 volts, o USB-PD também será capaz de fornecer outras voltagens como 12 volts e 20 volts até 5 ampéres, com o limte máximo de 100W para um conector padrão: O grupo alerta que os atuais cabos USB são capazes de suportar até 7,5 watts de potência de modo que novos tipos de cabos USB deverão ser criados atender os novos limites máximos do USB-PD, que estão de acordo com as normas internacionais de segurança. Informações detalhadas sobre essa novo padrão — incluindo especificações técnicas, diagramas de funcionamento e desenho dos novos conectores podem ser encontrados aquiaqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.