ZTOP+ZUMO 10 anos!

Ubuntu versão multimí­dia

ubuntu_studios_intro.jpg

O Ubuntu Studio é um empacotamento especialmente voltado para multimí­dia, já vindo com aplicações mais voltadas para criação e edição de áudio, ví­deo e imagens.

Entre eles estão o gravador de som multitrack Ardour 2, os aplicativos gráficos The GIMP, Inkscape e Blender acompanhado de plugins como dcraw (suporte para arquivos RAW de cameras digitais) ou o wacom-tools para os usuários de tablets Wacom. Para criação e edição de ví­deo o sistema já vem com o PiTiVi, Kino e o Cinepaint.

Se alguém já baixou e analisou o pacote e quiser compartilhar suas (boas ou más) impressões, já estão convidados a fazê-lo aqui. Mais detalhes no site do produto.

ubuntu_studios_screens.jpg

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Isso é bastante velho já. Que eu saiba, não é um sabor “oficial” de Ubuntu, mas uma distro mantida pela comunidade.

  • Oi Fábio,

    Brigadão pelo toque, já fiz a correção.

    [ ]s

    Mário

  • Eden

    Eu testei o Ubuntu Studio logo em seu lançamento, estava esperando para ver esse pacote, as primeiras impressões foram boas, só não é nada além do que você possa ter no ubuntu convencional utilizando o apt-get e baixando a lista de softwares que o Ubuntu studio tem em sua instalação. A facilidade que você tem é que já tem tudo que precisa instalado e configurado para uso (gráfico, vídeo e música).
    Um dica se você tiver querendo testar uma versão para testar o Linux o Ubuntu Studio é uma boa opção, a interface é muito fácil de usar como o Ubunto.

    Abraços,
    Éden

  • Só acho que eles deviam caprichar mais na interface. Um produto voltado para este tipo de profissional deveria ser mais bem acabado. Testei na época do lançamento e não gostei muito (ele ainda utilizava alguns pacotes modificados, mas agora parece que utiliza pacotes do repositório Ubuntu oficial), não sei como deve estar a nova versão, mas pelas imagens não modificou muita coisa.

    Eu continuo recomendando o Ubuntu, quem quiser ter as mesmas ferramentas é bem fácil de achar e instalar (até mais fácil que no Windows e quem usou sabe disso).