TV 3D funciona com o espectador deitado?

T

Lendo a nota do Henrique sobre TV 3D me lembrei de algo que observei em outra demo de 3D que me deixou meio encucado: seria possível assistir TV 3D deitado de lado no sofá?

Digo isso porque o processo de captura de imagens em 3D procura reproduzir a maneira com que enxergamos o mundo, ou seja, com os olhos alinhados na horizontal. Daí o conceito de alinhar a imagem do olho direito e esquerdo.

Porém quando nos deitamos no sofá — normalmente com a cabeça apoiada no braço do móvel ou mesmo sobre uma almofada — a tendência é que o alinhamento dos olhos fique na vertical e não mais na horizontal. Não sentimos diferença nessa mudança de ângulo de visão, já que nossa cabeça possui órgãos sensores de posição e a imagem capturada fica agora na vertical e não mais na horizontal.

Foi ai que me deu um estalo da minha cabeça: como é que ficaria a percepção do 3D se nossos olhos estão na vertical mas a imagem em 3D gerada pela TV e transmitida para nossos olhos ainda está na horizontal? E no caso extremos de crianças que conseguem assistir TV de cabeça pra baixo?

Com isso na minha cabeça eu aproveitei uma demo de um PC apresentando imagens em 3D com óculos LCD ativos — na teoria a mesma tecnologia usada nas TVs 3D — e na horizontal as imagens são apresentadas da maneira correta (veja o detalhe abaixo, em especial nas imagens que passam pelas lentes dos óculos).

Como não tinha um sofá por perto dessa demonstração eu fiz um movimento simples, ou seja, alinhei as lentes dos óculos perpendicularmente à tela do computador e o resultado pode ser visto na imagem abaixo. Note que a tela (visto pelas lentes) ficou preta (#@$%&!!!!)

Ainda é cedo dizer que não será possível assistir programas em 3D deitado no sofá, mas esse simples experimento acendeu uma luzinha amarela na minha cabeça com relação às limitações dessa tecnologia que de cara, já está deixando deixam de fora pessoas com problemas visuais — em especial aqueles que tem visão apenas em um olho.

O que vou fazer de agora em diante é fazer essa experiência com outros sistemas em 3D como TVs e monitores de diversas marcas e, obviamente, no cinema.

By the way, convido os leitores deste Zumo a fazerem o mesmo e compartilhem suas experiências por aqui.

‘nuff said.

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos