Telefonica em chamas? Fuja do fogo com o OpenDNS

T

open_dns

Agora à tarde tentei entrar na Web e notei que meu browser não abria página nenhuma e meu cliente de email não conseguia de se conectar ao servidor (dang!) O curioso é que o messenger estava funcionando sem problemas.

Conversando com o Henrique, ele me disse que o datacenter  da Telefônica em Alphaville estava em chamas (uia!). Como sou usuário do Speedy, somando A + B suspeitei que esse poderia ser o motivo para o meu navegador e o email não darem sinais de vida.

Como da última vez que o Speedy saiu do ar, experimentei mudar o endereço do servidor DNS, passando a opção automática para o OpenDNS (janela de configuração acima, no Windows XP). E não é que a Web voltou a funcionar?

Tanto que o meu editor-chefe já mandou escrever essa nota. :^P

Renata, editora-substituta por alguns minutos e inquisidora em tempo integral, questiona: alguém se lembra do 11 de setembro? Oi, cadê a redundância? Tanta tecnologia de segurança (tem até um negócio que tira o oxigênio do ambiente que está pegando fogo, ouvi dizer) e não tem um espelho pra colocar no ar em poucos minutos? Pode não, gente.

Henrique comenta: Pode não ter nada a ver uma coisa com outra, mas é curioso o problema de DNS do Nagano ter acontecido no mesmo dia do incêndio…

Nagano atualiza: Concordo com o Henrique, mas pode ser também que esse negócio de parar um datacenter — literalmente puxando-o da tomada — pode ter pirado a rede deles. Fato é que já são 22:30 da noite é madrugada do dia 26/02 e o DNS do meu Speedy, o site da Telefônica e até mesmo o Gizmodo Brasil (que fica hospedado lá) continuam Mortinhos da Silva.  :^P

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos