Tagsymbian

Nokia Belle: atualização sai para aparelhos desbloqueados (e quem é Nokia 803?)

N

Donos de smartphones Nokia modelos N8, E7, C7 e E6, movidos a Symbian, podem atualizar seus aparelhos para a mais nova versão do sistema operacional, chamada de Symbian Nokia Belle.

É o antepenúltimo upgrade antes da aposentadoria do popular-porém-antigo Symbian, que deu lugar ao novo-e-moderno Windows Phone nos celulares vindos da Finlândia.

Mas, calma, não mude de canal ainda: mais um aparelho com Symbian Nokia (Belle) deve ver a luz do dia este ano, e é conhecido pelo codinome Nokia 803 (ou “o sucessor do Nokia N8”).

Primeiro, o update para o Belle: o software novo já pode ser baixado por donos de aparelhos (N8, E7, C7 e E6) desbloqueados. As versões do sistema para operadoras (Claro, Vivo, Tim) está em “criação” (veja a lista completa de aparelhos no site da Nokia Europa – é só clicar ali em América Latina e escolher Brasil). O Nokia 701, já nas lojas, já vem com o Symbian Nokia Belle, e o Nokia 500 terá essa atualização “em breve”, segundo a Nokia.

Por que atualizar?  O Belle traz uma nova interface “mais simples, rápida e intuitiva”, diz a Nokia. Aplicativos têm novo modo de organização, assim como atalhos e widgets. Pros tarados de telas iniciais, o Belle permite ter até seis (!). E o Belle também tem um novo sistema de notificações (veja telas do sistema).

Vale lembrar de novo que, depois do Belle, serão mais dois upgrades até o Symbian ir para o céu dos sistemas operacionais fazer companhia para o webOS.

Sobre o Nokia 803, é só um rumor, que vem circulando nos últimos dias. Segundo o BGR e o PocketNow, o 803 é um aparelho com tela de 4″ (dependendo da fonte, 3,5″) rodando Nokia Belle e com saída HDMI e com suporte a tecnologia NFC e microSIM card. Diz o BGR que o 803 “terá um dos maiores sensores de câmeras – se não o maior sensor de câmera – já visto em um telefone”.

Esperamos mais novidades do 803 (se ele existir, claro) e de outros lançamentos da Nokia com Windows Phone no Mobile World Congress – que começa dia 27 em Barcelona (e, claro, o ZTOP estará lá).

Symbian Belle: pode um cachorro velho aprender novos truques?

S

Junto aos novos smartphones 700, 701 e 600, a Nokia anunciou hoje a mais nova atualização do sistema operacional Symbian, codinome Belle. Será o suficiente para segurar a onda na plataforma em chamas e segurar a ansiedade até a chegada do Windows Phone?

Até a Apple lançar do iOS 5, o Symbian Belle pode gritar que tem notificações de sistema na barra de status, e o iPhone não tem (ainda).

Interface. Vendo as telas do Belle divulgadas pela Nokia, é a evolução do Anna, com algumas modificações. Os “live widgets” continuam firmes e fortes (eu, particularmente, não gosto muito desse conceito nem no Symbian nem no Android), mas agora a Nokia diz que eles têm “cinco tamanhos distintos”. E criaram botões de liga/desliga para ativar Bluetooth, Wi-Fi e modo silencioso, entre outros (outra coisa que o Android faz bem, por sinal).

NFC. Já falei isso aqui, mas vale repetir: em 2007, na CES, vi uma demo de NFC com um aparelho Nokia pagando contas via Mastercard usando NFC. Estamos em 2011 e agora, somente, começam a aparecer aplicações decentes para a tecnologia sem fios (não posso reclamar: em 1999, vi uma demo incrível sobre o futuro do Bluetooth, que demorou anos e anos para “pegar”). O Symbian Belle vem pronto pra NFC, e os novos aparelhos também.

Outras novidades/melhorias do Belle: até seis telas iniciais (argh), modo de navegação e barra de opções na parte inferior da tela imitando o que já temos no Nokia N9, novos aplicativos corporativos da Microsoft (incluindo Lync, SharePoint, OneNote, Exchange ActiveSync e PowerPoint Broadcaster) e algo que a Nokia chama de “multitask visual” (alternar entre imagens dos aplicativos abertos para ver o que está acontecendo).

Respondendo à pergunta do título: sim, um cachorro velho pode aprender novos truques.

Os novos 700, 701 e 600 me parecem uma resposta tardia a um ponto pouco lembrado da “plataforma em chamas”: além de demorar a responder no mercado de smartphones, a Nokia apanhou e perdeu muito mercado pela invasão chinesa em seus grandes mercados low-end (Índia, China e Ásia em geral). Pelo menos tio Stephen Elop, mesmo criticado, me parece que botou energético na água de Espoo para acelerar o desenvolvimento de novos produtos (relativamente baratos) e sua data de lançamento. Lembre que os smartphones Belle anunciados hoje têm previsão para lançamento neste trimestre ainda, algo raro na Nokia antiga (N95, N97 = mais de seis meses entre anúncio e lançamento, certo?).

A expectativa pelo Windows Phone continua, claro (em 26 de setembro, Nokia World está aí). E é por conta dessa expectativa que acredito que muita gente possa deixar o cachorro velho, mesmo com novos e belos truques, de lado. E vale lembrar que, depois do Belle, serão mais dois upgrades até o Symbian ir para o céu dos sistemas operacionais fazer companhia para o webOS.

Em tempo: todos aparelhos com Symbianˆ3 (Nokia N8, E7, C7, C6-01, X7, E6 e 500) terão atualização para o Symbian Belle “nos próximos meses”.

 

 

 

Nokia 700: Symbian Belle e o smartphone que encolheu

N

Poucos dias depois de liberar a versão Anna para seus smartphones, a Nokia anunciou hoje mais três linhas de aparelhos: 600, 700 e 701, já movidos pela segunda grande atualização (e antepenúltima versão) do Symbian, de nome Belle.

Falando em Belle, a Nokia fez um vídeo para apresentar os novos recursos (ooh… notificações!).

A Nokia diz que o 700 é seu menor smartphone até hoje (110 x 50.7 x 9.7mm, pesa 96 gramas). É um aparelho com 3G (HSUPA), pentabanda, com Wi-Fi, processador de 1 GHz, GPS, NFC, Bluetooth e rádio FM, câmera de 5 megapixels e 2 GB de memória interna. A tela, de 3,2 polegadas, usa a tal tecnologia ClearBlack Amoled (a mesma do E7).

O 700 será vendido ainda este trimestre pelo preço sugerido (e estimado) de 270 euros, segundo a Nokia.

Já o Nokia 701 é bem parecido com o 700 (Symbian Belle, processador de 1 GHz, 3G, Wi-Fi, Bluetooth, NFC, GPS, rádio FM), com uma tela de 3,5 polegadas Clear Black com painel IPS e Gorilla Glass – dizem os finlandeses que é o celular com a tela mais brilhante até hoje (iih, chamou o LG Optimus Black pra briga).

A câmera do 701 é mais poderosa – 8 megapixels com flash LED duplo – e o aparelho vem com 8 GB de armazenamento interno e um novo co-processador gráfico (ooh!) “que promete quatro vezes mais que os Symbian antigos”. Preço sugerido? 290 euros, também neste trimestre.

Finalmente, o Nokia 600: é o mais barato da família Belle (preço sugerido: 180 euros) e, se for vendido por aqui, vai ser aparelho de “DJ de ônibus” com um alto-falante interno+ transmissor FM para rádios + antena interna FM (não precisa de fones para funcionar o rádio).

Também tem NFC, Symbian Belle, processador de 1 GHz, câmera de 5 megapixels, tela de 3,2″, 3G, Wi-Fi, GPS e Bluetooth, com 2 GB de armazenamento interno. E sai no terceiro trimestre.

Hands-on: Nokia E7

H

O mundo gira, a Lusitana roda e algumas coisas continuam iguais – ou quase. O Nokia E7, por exemplo. Lembram do Nokia N8? Então, basicamente é a mesmíssima coisa – entram aqui um teclado QWERTY muito simpático, uma tela maior e uma câmera menos poderosa.

(mais…)

2011: e se a Nokia…

2

Um debate curioso acontece em torno do futuro da Nokia. Lá fora, blogs especializados de respeito questionam se a Nokia deveria adotar o Android, se a Nokia está mais viva do que nunca ou vai morrer e nada pode mudar esse cenário.

Não acredito que todos os lados estão certos – cada um tem, ao menos, um ou dois pontos que fazem sentido na discussão (Scoble fala da importância dos aplicativos, Tomi explica muito bem a questão do market share).

Pensei em meia dúzia de coisas que, sei lá, podem fazer sentido num futuro próximo da companhia. Ei, Nokia, você está na escuta?

(mais…)

+novos