TagN95

Review: Nokia N95 x N95 8 GB

R
N95 original (acima) e N95 8 GB (abaixo)

Já¡ faz mais de um ano que o Nokia N95 foi lançado, e continua sendo um aparelho que ainda vale o investimento (graças às atualizações de firmware e instalação de novos aplicativos). Mas, como fabricante de telefone não vive de um sucesso apenas (quer dizer, tem uns que tentam), o N95 ganhou uma nova versão com muitas melhorias, entre elas uma tela maior, mais armazenamento (8 GB internos em memória Flash) e pequenas mudanças estéticas.

(mais…)

N95 x N95 8 GB: mais fotos, agora de dia

N

Feita com o N95 original

Feita com o N95 8 GB

Mais dois exemplos de imagens tiradas í  luz do dia (da manhã, pra ser bem sincero) com as câmeras de 5 megapixels do N95 original (foto mais ao alto) e do novo N95 8 GB (saiu meio borrada) – leitores do Zumo, conheçam a Mia. A idéia foi tirar a foto no mesmo local, com quase o mesmo ângulo, com os dois celulares.

...Veja foto feita í  noite com o N95 e o N95 8 GB

Mais uma foto incrí­vel e outras breves impressões depois do clique. (mais…)

N95 x N95 8 GB: começou a disputa

N

N95 x N95 8 GB

Este Zumo, em posse de um N95 “original” e um novo N95 8 GB, vai, aos poucos (conforme der tempo!) mostrar as principais diferenças entre os dois aparelhos.

Além da tela maior e dos botões multimí­dia com relevo, o modelo de 8 GB vem com um controle remoto/microfone um pouco mais sofisticado que o N95, além de contar com um carregador veicular (já que vem com seis meses de navegação no Nokia Mapas 2.0 de graça).

Ontem í  noite eu fiz duas fotos na sala de casa, assistindo TV: já dá para perceber que, com a mesma câmera e a mesma lente, o N95 8 GB fez fotos mais iluminadas e definidas. Detalhe mí­nimo: o 8 GB não tem protetor de lente. Depois do clique, as imagens.

(mais…)

Zumo, seu futurologista de plantão

Z

Não vá dizer que não avisamos:

– O HP 2133 Mini-note PC a cada dia dá mais sinais de seu desembarque oficial por aqui. O site da HP Brasil não mostra o produto ainda, mas sua área de suporte já tem manuais online. O modelo do 2133 que este Zumo passou uns dias já tinha selinho da Anatel também (fora a confirmação que o Nagano teve em Berlim). Aguarde novidades – e preços – até o fim da semana.

– A Nokia vai também finalmente anunciar as versões locais dos seus modelos mais novos (ou nem tão novos) da Nseries – sei que o N78 e N95 8GB estão na lista, com outras novidades na área (tipo o N81 que até então não tem nem para reviews). Fica para a semana que vem o lançamento oficial, com preços e previsão de chegada ao mercado.

Queria mesmo ver é se existe o tal XpressMusic 5800, que os rumores/fotos/dicas dizem ser o primeiro modelo touchscreen da companhia finlandesa.

(obrigado ao RMC pela dica da HP nos comentários!).

Nagano fala baixinho: Opa, seção fofoca? Tô nessa: já circula entre os integradores locais amostras do MSI Wind. Com o Positivo Mobo vendendo que nem pão quente nas casas Bahia, não estranharia se alguém por aqui resolvesse lançar o netbook da MSI (que já monta placas-mãe no Brasil).

Carregador pequeno não é novidade não…

C

Nokia Charger N95

Rola uma comoção no mundo dos celulares por conta do incrí­vel e minúsculo  carregador daquele telefone 3G com maçãzinha atrás.

Lembrei agora, no caminho de volta pra casa (e com a bateria precisando de recarga) que o carregador do meu Nokia N95 é tão pequeno quanto (ao lado de um cartão SD para comparação em uma foto tirada com o próprio). A única diferença é que o do N95 não tem porta USB e vem com um fio enorme junto.

Mas, com certeza, tá todo mundo doido atrás do lance touchscreen. Vide o ví­deo promocional do Symbian rodando bonito em um protótipo de algo que lembra um Nokia (achei no IntoMobile):

3G: Videochamada funciona de Tim para Claro

3

Na falta de amigos com celulares 3G da Tim, tentei ontem fazer uma experiência com uma amiga que tem um N95… da Claro (aquele de 850 Mhz sem tampa da lente). E não é que funcionou?

Confesso que a primeira videochamada não esquecerei jamais. Até então, eu achava algo meio ridí­culo (bem, se for parar pra pensar, é um tanto estranho ficar parado no meio da rua olhando pro celular), mas foi uma experiência totalmente Jetsons.

Pena que o software de captura de tela do meu N95 não tenha conseguido capturar a expressão (ou o riso) da minha cara colega Thiane, só apareceu a minha cara mesmo na tela aí­ ao lado.

Pra ser honesto (inspirado pelo Perez Hilton), fiz um tosco desenho no Paint.NET. Mas juro que bonecos de palitinho não irão aparecer nas suas videochamadas, tá?

A Tim disse no lançamento do 3G que o preço de uma videocall seria o mesmo de chamadas convencionais até 30 de junho. Espero que a promessa seja mantida… nas ligações para outras operadoras!

Ah, testei o QIK na rede 3G também. Funcionou bem (delay de uns 8 segundos), fiz um ví­deo de 19 segundos mostrando um café que tomei ontem e o Nagano tomando sorvete (huahuahuah). O ví­deo está depois do clique. A imagem ficou bem parecida com a que fiz com testes na rede Wi-Fi.

(mais…)

3G da Tim: começou a funcionar

3

Tim 3G: sinal aparece

Conforme esperado, começou a funcionar hoje o serviço 3G da Tim, chamado de 3G+. Teoricamente, deveria acordar e navegar a pelo menos 1 Mbps no meu celular, mas não foi o caso. Dentro de casa, o sinal da rede Edge esteve excelente durante todo o dia (culpa do feriado?), mas nada de o tal 3G aparecer.

No começo da noite, fui até a padaria. Peguei o celular para ver o relógio e lá estava o sinalzinho de 3G no canto esquerdo superior da tela, para minha surpresa. Como foi prometido pela operadora, não precisei trocar de SIM Card ou modificar qualquer configuração no meu aparelho (que já estava pronto para receber sinal 3G e GSM).

Tentei conectar rápido a alguma coisa, o Twitter foi a primeira coisa que me veio í  cabeça: a página carregou com uma velocidade acima do que eu estava acostumado com o Edge. Mas o sinal sumiu e nada de 3G de volta.

Na volta, consegui o sinal 3G novamente (parado na frente do meu prédio encarando o friozinho paulistano…). Conectou em 3G e o meu N95 mostrou também um sinal de 3,5G (quer dizer, é a rede HSDPA mesmo, com um limite de 7 Mbps para download em determinados casos). Tentei entrar no Zumo e não carregou a página por completo, o sinal estava bem fraco.

Como ainda é o primeiro dia, acredito que Tim ainda deva estar realizando testes com a rede e espero que a situação de sinal fraco/limitado se resolva. Assim que encontrar alguém com aparelho compatí­vel, vou tentar fazer uma videochamada e quando o serviço ficar mais estável (pelo menos aqui na minha área) faço outros testes.

Mais telas após o clique.

(mais…)

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos