em obras

TageeePC

Gadget do dia: cartão SDHC para netbooks

sandisk_16gb_netbook

Se você tem um netbook com pouco espaço em disco e realmente não sabe como aumentar a capacidade de armazenamento, conte com o Sandisk Netbook SDHC. O que ele tem de diferente de outros cartões padrão SD que também podem ser usados em netbooks ou outros dispositivos? Apenas o nome “netbook” escrito na etiqueta da frente – vai que você compra um feito para Wii e não funciona?

(mais…)

E a Dell matou o Mini 9

dell_mini_9_intro_a

Descanse em paz, Dell Mini 9. Lançado faz pouco tempo no Brasil, o netbook já sai de linha nos Estados Unidos, de acordo com a fabricante, e será substituído pelo Dell Mini 10 – que ainda não foi lançado por aqui. É um netbook emblemático, ao menos para este Zumo: o Nagano o viu em Austin no ano passado, antes do lançamento.

Aqui no Brasil, o Mini 9 continua no mercado.

Nagano comenta: O pessoal de Santa Clara deve estar dando pulos de ódio com esse anúncio, já que com o Mini 10/10V com sua telinha e teclado maiores, 1~2 GB de RAM e 120~160 GB de HD os texanos se afastam do conceito do netbook original para se tornar mais um mini-notebook de baixo custo (que por sinal, todo mundo adora) e que deve estar fazendo um tremendo estrago na demanda dos processadores Celeron Mobile.
É o MSI Wind fazendo escola… 😛

(mais…)

Gadget do dia: netbook educacional Dell Latitude 2100 (touchscreen!)

dell-2100-coloridos

Lá fora, a Dell anunciou hoje o lançamento de uma nova linha de netbooks voltada ao mercado educacional com tela de 10,1″: são os multicoloridos Dell Latitude 2100, que levam de volta o conceito original de netbook (alguém lembra do laptop de 100 dólares?) à escola. Algumas configurações dele têm tela sensível ao toque (bem bacana para um netbook, certo?).

(mais…)

Nasceu o Dell Inspiron Mini 9

Nagano agora pode dizer “eu te disse, eu te disse, eu te disse”. (Via Dell YourBlog). Mais informações aqui.

Nagano comenta: mais impressionante que o lançamento propriamente dito é a oferta que a empresa vai colocar em seu site: A partir de amanhã (05/set) até o dia 09, leve um Dell Mini 9 para casa por apenas US$ 99 na compra de um notebook Studio 15, XPS M1530 ou XPS M1330. A promoção é válida apenas nos EUA. :^P

Ah sim… fim do mistério: a tela LCD do Mini é realmente de 1.024 x 600 pixels e não 1.240 x 600 pixels como noticiamos na época. Peço desculpas pelo engano, mas é que estava muito preocupado em anotar rapidamente as especificações do portátil antes do pessoal da Dell começar a desconfiar por que eu era o único jornalista que não estava prestando atenção na apresentação do grupo de design.

Zumo, seu futurologista de plantão

Não vá dizer que não avisamos:

– O HP 2133 Mini-note PC a cada dia dá mais sinais de seu desembarque oficial por aqui. O site da HP Brasil não mostra o produto ainda, mas sua área de suporte já tem manuais online. O modelo do 2133 que este Zumo passou uns dias já tinha selinho da Anatel também (fora a confirmação que o Nagano teve em Berlim). Aguarde novidades – e preços – até o fim da semana.

– A Nokia vai também finalmente anunciar as versões locais dos seus modelos mais novos (ou nem tão novos) da Nseries – sei que o N78 e N95 8GB estão na lista, com outras novidades na área (tipo o N81 que até então não tem nem para reviews). Fica para a semana que vem o lançamento oficial, com preços e previsão de chegada ao mercado.

Queria mesmo ver é se existe o tal XpressMusic 5800, que os rumores/fotos/dicas dizem ser o primeiro modelo touchscreen da companhia finlandesa.

(obrigado ao RMC pela dica da HP nos comentários!).

Nagano fala baixinho: Opa, seção fofoca? Tô nessa: já circula entre os integradores locais amostras do MSI Wind. Com o Positivo Mobo vendendo que nem pão quente nas casas Bahia, não estranharia se alguém por aqui resolvesse lançar o netbook da MSI (que já monta placas-mãe no Brasil).

Hands-on: HP 2133 mini-note PC

HP 2133 mini-note PC

E eis que depois do Asus eeePC e do Positivo Mobo, chega a este Zumo o HP 2133 mini-note PC. Deixei de lado meu desktop e fiquei quase todo o final de semana com ele, e cheguei à conclusão de que o modelo da HP é completamente diferente da proposta da Asus e da Positivo.

O 2133 existe em vários sabores distintos. A configuração enviada para testes foi de um modelo com processador Via C-7M de 1,2 GHz, 894 MB 1 GB de RAM (896 para RAM e o resto compartilhado com vídeo), 160 GB de disco rígido com proteção HP 3D DriveGuard (que usa um acelerômetro para proteger o disco de quedas e movimentos bruscos) e, para minha surpresa, rodando Windows Vista Business Edition.

Completam o pacote duas portas USB, tela de 8,9″ com proteção contra impactos (tem uma espécie de plástico reforçado sobre ela), saída para monitor externo e resolução de 1280 x 768 (yay!), Wi-Fi (802.11b/g), porta Ethernet, slot ExpressCard, trava Kensington e leitor de cartões SD. A bateria, ao ser encaixada, levanta em poucos centímetros a parte de trás do portátil, permitindo uma maior circulação de ar no corpo de alumínio para resfriar o aparelho.

O teclado do 2133 tem 92% do tamanho de um teclado convencional de notebook (minha única reclamação é que a tecla / está um pouco escondida – com configuração em português, é preciso pressionar Fn + 0 para obter /, o que confunde um pouco na hora de digitar endereços no browser. Questão de prática apenas.

A diferença básica entre o eeePC, o Mobo e o 2133 é que o modelo da HP é um subnotebook completo e portátil, com recursos e configurações mais próximos de um ultraportátil do que um simples dispositivo de acesso à internet.

E, sim, roda Ubuntu. Mais fotos e informações depois do clique.

(mais…)

O que vem dentro de um netbook?

protótipo de netbook da Fujitsu

A Intel aproveitou a Computex 2008, em Taiwan, para falar um pouco mais da sua plataforma Atom e vender o peixe dos netbooks/nettops que virão por aí­ na onda do Asus eeePC e seus parentes informáticos.

Até onde eu sei, apenas o MSI Wind foi anunciado oficialmente com o Atom, mas a Intel liberou um documento que fala das configurações sugeridas para os futuros notebooks ultraportáteis e ultrabaratos a serem usadas pelos integradores de sistemas.

Um netbook tí­pico, na visão da Intel, usa o processador Atom N270 de 1,6 GHz, chipset Mobile Intel 945GE Express com ICH7M, telas de 7″ a 10″, WLAN 802.11b/g, miniteclado, memória interna rodando a 400 MHz ou 533 MHz com 256 MB a 512 MB de RAM, armazenamento de 2 GB a 4 GB em flash sem disco rí­gido ou drive óptico, tudo isso com Linux ou Windows XP, pelo modesto preço estimado e sugerido (na teoria, ao menos), de US$ 250.

Há ainda a possibilidade de configuração com discos SSD Intel Z-P230 (sim, a Intel é outra na onda do SSD).

Essa é a configuração mí­nima a se esperar, então, nas futuras gerações de Asus eeePCs (espero), Positivo Mobo, HP 2133 e tantos outros notebooks ultraconectados e teoricamente baratos que surgem a cada dia no mercado. Vale lembrar que a Asus Positivo e HP usam chips Via nessa categoria de produto.

Mais fotos de netbooks e dispositivos portáteis de acesso í  internet com Intel Atom depois do clique.

(mais…)

Asus eeePC ganha novos sabores

A Asus é meio reticente ao falar muito dos seus novos modelos de eeePC, sem dar muitas configurações básicas (que não devem ser muito diferentes dos eeePC atuais). Mas os novos modelos 901, 1000 e 1000 (H) demonstrados essa semana na Computex revelam algumas novidades interessantes.

As telas continuam a crescer: 8,9″ (já presente no eeePC 900) e 10″, o teclado também – no modelos da série 1000, chegam a 92% do tamanho do teclado de um notebook convencional (como no HP 2133). A webcam de 1,3 megapixel continua lá, e a Asus pretende oferecer um serviço de armazenamento online de 20 GB para os donos do eeePC.

E a tecnologia Super Hybrid Engine ajuda a ajustar a frequência da CPU, brilho do LCD e a voltagem do portátil para economizar mais energia ou aumentar o desempenho do sistema (que continua a rodar Linux ou Windows XP). A Asus estima que a bateria dos novos eeePC podem chegar a 7,8 horas de uso.

A Asus não divulgou os preços dos produtos, nem quando chegam ao mercado. Mas guardou uma cereja do bolo para a Computex: um dos eeePC mostrados lá tem tecnologia 3,5G integrada.

Vejo que os eeePCs começam a chegar onde eu esperava: telas maiores, preço provavelmente econômico, algum poder básico de processamento e bastante conectividade. Estou bem curioso para ver os Intel Atom em ação em breve.

Em tempo: a companhia já vendeu mais de 1 milhão de eeePCs em todo o mundo.

SanDisk corre pelo SSD para portáteis baratos

SSD para netbooks da SanDisk

A SanDisk, de olho no crescente mercado de “netbooks”/notebooks baratos/mobos/eeepcs, anunciou hoje na Computex de Taiwan (pós-terremoto) que vai lançar em agosto uma nova famí­lia de discos de estado sólido (SSD) para esse novo e interessante mercado

(mudando de assunto rápido, alguém mais viu a propaganda das Casas Bahia na TV anunciando o Positivo Mobo com Windows Starter Edition? hein? hein?).

Os novos SSDs para PCs baratos vão usar uma interface PATA e virão em configurações de 4, 8 e 16 GB de armazenamento, com leitura a 39 MB/s e gravação a 17 MB/s (estimativas da companhia), todos compatí­veis, claro, com vários sabores de Linux e de Windows XP. Em breve em um note barato perto de você.

em obras

interfaces newsletter

+novos