VR do dia: Taclim Shoes

V

Dispositivo vestível da Cerevo amplia o conceito imersão na realidade virtual, conectando esse mundo literalmente aos seus pés

A experiência de interação com a tecnologia de realidade virtual começou pelos olhos (por meio de visores de VR), passando pelas mãos (por meio de controladores ou sensores de movimento) e era até previsível que, um dia, ela também chegaria aos nossos pés.

Esta é o caso do Taclim Shoes da Cerevo um calçado equipado com sensores capazes de detectar o movimento dos pés do seu usuário …

… e converter isso em informação para o sistema de VR (que pode estar um PC, smartphone ou visor inteligente) com direito a feedback háptico de intensidade variável em três pontos do sapato, possibilitando assim novas experiências sensoriais como por exemplo caminhar por um pasto, no deserto, na água, etc.

Fora isso ele também aceita o uso de sensores de terceiros como o Vive Tracker da HTC:

Muito além dos pés

Inicialmente esse produto foi concebido para vir acompanhado de um par de “Luvas de VR” mas essa idéia foi abandonada em favor de um conceito ainda mais versátil batizado de Taclim Module que como o próprio nome sugere…

… são módulos de feedback equipados com um sensor de nove eixos, motores tácteis (para vibration-feedback) e interface Wi-Fi que podem trabalhar em conjunto e/ou serem embutidos em diversos tipos de acessórios…

… permitindo assim criar experiências de VR ainda mais ricas:

Trata-se de um idéia bem interessante e que também está sendo explorada (de maneira bem genial, diga-se de passagem) pela Big N no seu novo Nintendo Labo: VR Kit para Nintendo Switch:

O software do Taclim Shoes é baseado no Sistema Unity que já é fornecido na forma de plug-in permitindo assim que os desenvolvedores já possam criar livremente seus produtos, serviços e conteúdos de VR com feedback háptico.

Mais informações aqui.

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

Por Mário Nagano

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos