ZTOP+ZUMO

TabWay: Itautec vai para o lado corp do tablet

A Itautec anuncia hoje o lançamento do seu primeiro tablet, o TabWay, com Android 2.2 e foco principal no mercado corporativo.

Segundo a fabricante, o TabWay será vendido para quatro verticais de mercado: saúde, educação, finanças e automação de força de vendas, com apps desenvolvidos por parceiros para esses mercados. A companhia entende que o mercado de tablets para o consumidor final está saturado e por isso levou o TabWay para o mundo corporativo – onde vai concorrer com o ThinkPad Tablet da Lenovo e talvez com o Toughpad da Panasonic. A Itautec vai vender o produto com solução completa para cada mercado, sem pensar no varejo ou na venda do tablet sem esses aplicativos específicos.

O tablet vem com processador nVidia Tegra 2, 1 GB de RAM e 16 GB de armazenamento interno. A versão básica terá conectividade Wi-Fi apenas, com uma versão com 3G opcional. No lançamento, o TabWay vem com Android 2.2 (sem Android Market!), mas será atualizado para o 3.0 já em janeiro e 4.0 em fevereiro, na estimativa da Itautec.

O preço do TabWay vai variar de acordo com a solução adotada e a inserção do 3G ou não. A empresa estima que, para o mercado corporativo, o preço sugerido varie entre R$ 800 e R$ 1.600, de acordo com a configuração e serviços. O TabWay será produzido no Brasil, com benefício da MP dos tablets.

Especificações oficiais:

  • Sistema Operacional Android (a ser atualizado em breve)
  • Processador nVidia Tegra II Dual Core 1Ghz
  • Memória RAM DDR2 1GB
  • Armazenamento eMMC 16GB / Cartão micro SD até 32GB (opcional)
  • Conectividade Wireless BGN e Bluetooth 2.1 / Módulo 3G dual-band + GPS opcional
  • Sensores Bússola, Acelerômetro e Giroscópio (só no modelo avançado)
  • Tela LCD 10.1” formato 1280×800 16:10 / Touchscreen multitoque com tecnologia capacitiva
  • Interfaces Micro-USB, Mini-USB, Mini-HDMI e fone de ouvido
  • Câmera Frontal 1.3 Mpixels
 / Câmera Traseira 5.0 Mpixels (só no modelo avançado)
  • 
Bateria de 6800 mAH
Peso 630g (sem 3G) e 660g (com 3G)
  • 
Dimensões 264,7 x 177,3 x 10,5 mm
  • Software Media Player e Office Viewer

Galeria de fotos:

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • dflopes 16/11/2011, 10:33

    A pergunta clássica: Vai ter update para o ICS?

    (não, não é “Roda Crysis?”)

    Mas cabe outras perguntas:

    – As empresas tem interesse no update?

    – Qdo terá hands-on do zumo?

    – Esse doc tem algum tipo de conexão (usar como desktop?) ou é apenas suporte?

    • henriquem 16/11/2011, 10:49

      calma! to na coletiva 😛

      • glaucopgomes 16/11/2011, 11:58

        O que o diferencia dos outros para focar no mercado corporativo?

        • @VagLigeiro 16/11/2011, 12:32

          Vou ligar o chutômetro.

          Mas equipamentos corporativos são mais robustos, os programas e equipamentos que vem de fábrica já são voltados para atividades de trabalho, além do fato que é mais vendido em pacotes para as empresas. Por exemplo, eu tenho uma clínica e preciso de 5 tablets para deixar com os médicos. Já negocio direto com a fábrica e a mesma pode até ver opções de programa no pacote, se tiver algum programa que atenda meu uso. 🙂

          • Daniel 16/11/2011, 14:21

            Para mim o único REALMENTE CORPORATIVO é o BlackBerry PlayBook… o resto é para entretenimento! 😛

          • iHimmler 18/11/2011, 08:22

            Ainda não usei um tablet que possa substituir com eficiencia o Ipad 2 no meu trabalho. MAs ainda prefiro o playbook do que o android Honeycomb. Espero que com o ICS torne os aparelhos mais intuitivos como o iOS

  • arthur 16/11/2011, 10:43

    Poxa, interessante, só fiquei curioso o porquê da versão 2.2 do android… e aquele simbolo que faz alusão a um telefone… será que ele é capaz de fazer ligações ?

  • Guellri 16/11/2011, 12:11

    eu também vii o símbolo ali, acho que faz ligações sim.

  • Fábio 16/11/2011, 12:35

    Pensando por um lado pode ser uma boa alternativa, já existe para o mercado corporativo tablets robustecidos, que aguenta praticamente tudo… dá para ir no chão da fábrica mas alto lá! Como tudo é moda hoje em dia, não me arrisco dizer que isso é a bala de prata para todos os problemas que gira no meio corporativo.

    A ferramenta pode virar pedra no sapato se não usar ao máximo e com bom senso, podendo voltar ao método arcaico de trabalhar, ou seja, papel com caneta e este sim viverá ao limite da humanidade

  • Ednei P. de Melo 16/11/2011, 12:36

    3.0 em janeiro e 4.0 em fevereiro? Não entendi…

    • Édpo César 16/11/2011, 14:42

      Atualização para o Honey (3.0) e depois ICS (4.0)

  • Klebinho Mallandro 16/11/2011, 14:28

    Lá vem a Itautreco lançar outro lixo para o mercado nacional !

  • Roger_tiago 16/11/2011, 14:50

    Se for barato eu compro como aki no brasil tecnologia e preço são coisas que nunca andam igualadas….
    Vou esperar pelo Transforme Pride sair la no exterior e pedir pra um amigo trazer um pra mim 🙂
    preço la fora 500 obamas preço no brasil 2500 dillmas … mesmo em crise a terra do Obama é melhor!!!
    Quase esse ai chegar ao brasil vai ser vendido a mais de 1500 dillmas e la fora estara custando 300 obamas … injustiça

    • glaucopgomes 16/11/2011, 17:06

      "… esse ai chegar ao brasil vai ser vendido a mais …"

      A Itautec é brasileira e o primeiro lugar e talvez único lugar a ser lançado vai ser aqui no Brasil.

  • RodrigoNunes 16/11/2011, 18:03

    Pq tudo no brasil tem que ser mais complicado hein? Pq diabos a itautec não lança já com o Android 3.0 em vez desse antigão 2.2? Ninguém merece, um hardware tão bom com um software tão antigo.

    • @VagLigeiro 16/11/2011, 22:09

      1) Quantidade de apps
      2) Estabilidade da versão (teria que ter um bom tempo para testar e evitar bugs)
      3) Provavelmente o 3.0 foi lançado depois da conclusão do projeto do tablet, já com o 2.2.

  • paulo 16/11/2011, 20:41

    por R$1.600,0 dilmas eu compro lenovo
    é mais robusto e não fica com esta frescura de atualizar no carnaval e na páscoa do ano que vem….

  • Furanus Alheius 16/11/2011, 23:06

    se com a "MP dos tablets" uma porcaria dessa de uma empresa porca dessa vai sair a mais de 800 dilmas, potequepartiu …

    nao quero nem imaginar como seria sem …

  • sidney 17/11/2011, 07:50

    vou dar crédito a itautec… só espero que o cronograma de atualização seja cumprido.. já basta as queixas contra a motorola…eu só espero que ele não seja exclusivo ao mercado corportativo.

  • @neonhighways 18/11/2011, 14:29

    Porque colocam os ícones dos botões físicos lá no cantinho? Só isso acabou com o design 🙁
    Será que não dava pra ter lançado com o 3.0 não? Ele já estava aí a um bom tempo…

    • Homer 19/11/2011, 08:41

      Para lança com 3.x ou 4.x… é necessário fazer parte dos colaboradores do projeto Android.

    • L.Du 23/01/2012, 16:43

      Achei uma boa os botões físicos serem no canto, pelo seguinte, o meu estão na base como a maioria dos tablets (é um coby Kyros 1024, nada de mais ^^rs), então dependendo da situação usando ele em "paisagem" acabo por esbarrar nas teclas que são muito sensíveis e prejudicam ler algum livro ou assistir algum vídeo, do jeito que a Itautec vez não haverá esse problema, até achei isso interessante.Opnião minha, ok?!