ZTOP+ZUMO

Super PC de hoje: 5 aplicativos incríveis para usar APU ao máximo

Hardware sem software não é nada. A AMD, sabendo disso, reuniu um monte de desenvolvedores em Bellevue  no AMD Fusion Developer Summit 2011 (ao lado de dezenas de prédios da Microsoft, por sinal) para falar sobre sua estratégia de APUs e, principalmente, de computação heterogênea (=a que usa recursos de mais de um processador para aproveitar ao máximo os recursos de hardware).

E, claro, algumas demos muito interessantes foram feitas durante o evento.

Separei as cinco mais legais.

1) CyberLink: o novo PowerDirector 10 usa os recursos da APU para acelerar a edição de vídeo doméstica. Aqui, eles demonstraram quatro vídeos sendo renderizados ao mesmo tempo, com adição de efeitos e transições. Diz a Cyberlink que dá para editar até 100 vídeos simultâneos, mas aí é demais da conta, né? 

2) Estabilização de vídeo direto na APU (“Steady Video Technology”, desenvolvida pela própria AMD e demonstrada em tudo quanto é canto aqui). A MotionDSP, que começou fazendo projetos para governo (CSI feelings) desenvolveu uma das soluções. Veja o vídeo abaixo:

3) Viewdle: um software de processamento em lote de rostos na sua biblioteca de fotos. Estilo iPhoto, pelo que vi sem integração com Facebook (ufa!).

4) XTR. Sabe o Kinect, que usa duas câmeras pra capturar movimento e transformar em ação no jogo? A tecnologia da XTR faz a mesma coisa, só que com sua webcam safada e ordinária. Agradeça, claro, à APU.

São duas demos: um joguinho de Kinect adaptado e um controle manual de media player (literalmente). Fotos e vídeo abaixo. A tecnologia estará disponível no fim do ano.

 

 

5) Unlimited Realities / Umajin Viewer: é uma nova interface fluida para telas sensíveis ao toque, rodando sobre o Windows 7. A ideia é deixar o PC mais intutivo e fácil de usar, incluindo crianças (alguns apps aí são games infantis).

(poderia falar de games aqui também, mas é algo que todo mundo já espera que uma APU faça direito, certo?)

Disclaimer: ZTOP viajou a convite da AMD, mas todas as opiniões aqui são nossas.

 

 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Ednei P. de Melo 15/06/2011, 18:43

    Até antes, estava pensando em adotar um smartbook ao invés de um netbook, como o meu futuro desktop (substituindo o meu bom e velho Eee PC 9xx). No entanto, estou tão empolgado com as soluções da AMD, que estou pensando sériamente em continuar na arquitetura x86 só para experimentar essas maravilhas!

    Em tempo: não há o risco de aplicações antigas sobrecarregarem a "parte" que chamamos de CPU e deixar a "parte" que chamados de GPU ociosa, depredando o desempenho geral do sistema? Acho que sim… &;-D

    • dflopes 15/06/2011, 23:14

      Ednei,

      aqui, a GPU só funciona com multimida (filmes e jogos, além de CAD e Photoshop)
      Enquanto o processamento normal ainda fica a cargo do processador.

      Para uso diário (office, internet, cad, jogos e filmes em HD, funciona muito bem.

      • cdsmaker 16/06/2011, 10:29

        Porque os jogos lançados foram feitos pra tirar mais proveito das GPUs, subutilizando as poderosas CPUs multi-core. Resumo: Não adianta vc ter um Corei7 de última geração se vc não uma poderosa placa de video que custe mais de 1000 reais, uma pena e um desperdicio de processamento

  • dflopes 15/06/2011, 23:14

    Onde consigo baixar esse joguinho.

    Acho que minha filha poderia testa-lo!