ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Sony Vaio C: lembra dele? Agora é oficial

Na CES 2011, no começo de janeiro, falamos de futuros notebooks ultracoloridos da Sony. Hoje a fabricante tornou oficiais alguns deles, com a série Vaio C – e as cores berrantes continuam lá.

Os Vaio C (telas de 14″ ou 15″) usam processadores Intel Core i5 de segunda geração (“Sandy Bridge”, já sem bug) e, como a Sony faz questão de ressaltar, vêm nas cores “Neon Green”:

E “Neon Orange”:

Se cores berrantes são um problema, tem ainda versões em preto, branco e rosa, mais discretas:

Demais configurações incluem leitor de Blu-ray, placa de vídeo ATI Radeon HD 6470M, 320 GB de HD, saída HDMI (com suporte a 3D em TVs compatíveis), tecnologia Intel Wireless Display, 4 GB de RAM e teclado retroiluminado – na verdade, os modelos verde e laranja “emitem luz” também pelas bordas, logotipo Vaio e pelo touchpad.

Nos Estados Unidos, os Vaio C entram em pré-venda em 13 de março, com preços a partir de US$ 880.

Nagano comenta: Esses produtos de cores berrantes me fazem lembrar de algo que vi no Japão no ano passado:

Em setembro de 2010, a Pentax lançou uma nova câmera reflex de entrada modelo K-r (ou K-x em outros mercados) cujo principal atrativo é seu corpo estar disponível em 12 cores diferentes.

Até ai, nada de mais… Só que no Japão ainda é possível encomendar sua câmera diretamente da fábrica com mais 10 opções de cores de grip (a parte emborrachada onde seguramos a câmera) diferentes e 12 cores de objetiva (nesse caso, só a Pentax DA 35 mm/f2.4 AL) o que aumenta ainda mais a capacidade de customizar a sua câmera (algo como 1.440 opções diferentes, fora os adesivos de Hello Kitty, Meninas Superpoderosas ou Piu-piu que você pode colar depois em casa).

Pelo que entendi essa iniciativa tem por objetivo atender a um novo nicho de mercado lá no Japão que está sendo chamada de Kamera Gaaru (Camera Girl), ou seja, jovens fotógrafas que são atraídas por câmeras mais elaboradas como as DSLRs — consideradas ainda hoje um brinquedo de marmanjo. Esse conceito de câmeras menores, porém entupidas de recursos também podem ser vistas em outras marcas, caso da Panasonic GF-1, Olympus E-PL1 e nas Sony séries MX e NX.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Pingback: Tweets that mention Sony Vaio C: lembra dele? Agora é oficial — ZTOP ztop: movido a zumo -- Topsy.com()

  • Só corrigindo: São 4 gb de memória, não de disco rígido, certo?

    • henriquem

      sim, corrigido. tks!

  • Na primeira foto, a parte "Neon" que fica perto do teclado parece ser feito de um acrílico de qualidade duvidosa… Só vendo ao vivo mesmo pra ver se dá pra encarar.

    • henriquem

      a foto é a que tirei na CES, e realmente parece um acrílico. é bem "cheguei" mesmo

      • luiz

        Mais guei do que che, como diria um amigo meu

  • dflopes

    Gostei do backlight do teclado.

    Procuro isso em um note mais normal (e barato), que nao seja alien ou do pomar!

    Mas, essa cor eu chamo de " verde cheguei"

    • mnagano

      Se nada mudou de dois anos pra cá, esse recurso de teclado retro iluminado é padrão nos Dell Adamo, Alienware e Latitude.

  • sidney

    nas cameras até gostei das objetivas de cores diferentes, com método de identificação. mas essas cores de notebook.. bem ficariam melhor num netbook de baixo custo, algo voltado para crianças… mas o hardware eu gostei! muto…

  • Paloma

    A camera só vende nesse site? Em alguma loja no brasil vende?