ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Super gadget do dia: Sony A900 (24 megapixels!) no Brasil


A Sony anuncia ainda hoje pela manhã a chegada ao Brasil da nova reflex Digital Alpha modelo DSLR-A900, a primeira câmera realmente profissional da empresa. Equipada com um sensor do tipo CMOS full-frame (do mesmo tamanho de um negativo de 35 mm — fator de corte 1:1) de 24,6 megapixels (6.048 x 4.032 pixels em 3:2), a Alpha 900 vem equipada com dois processadores de imagem Bionz (para acelerar o processamento de imagem) e sistema de estabilização de imagem SteadyShot montada no corpo da câmera.

A grande vantagem dessa solução é que o sistema contra tremedeira da Sony compensa os movimentos involuntários do ser humano em longas exposições, movimentando o próprio sensor de imagem ao contrário de outras soluções como o VR da Nikon onde a compensação é feita no interior de objetivas com esse recurso (leia-se $$$). Assim, o SteadyShot pode ser usado em qualquer objetiva com baioneta Sony ou Konica-Minolta compensando de 2,5 até 4 pontos de exposição.

Seu corpo em magnésio fundido mede aproximadamente 15,6 x 11,6 x 8,2 cm com proteção adicional contra entrada de água no seu interior (splash-proof, yay!!!), LCD traseiro de 3″ (921 mil pixels), painel LCD de estado no topo da câmera (yay!), cortina de disparo reforçado com vida-útil para 100.000 ciclos de exposição (30s a 1/8.000s), pentaprisma de cristal (yay!) com campo de visão de 100% (você vê exatamente o que será fotografado) e fator de ampliação de 0,74x, suporte para RAW e 13 modos criativos que podem ser ajustados individualmente. E como era de se esperar de uma câmera da Sony, ela também já vem com porta HDMI e suporte para apresentação de imagens nas TVs BRAVIA Full HD da empresa.

Como nas DSLR da Olympus, a Alpha 900 possui dois slots para trabalhar com dois cartões de memória ao mesmo tempo (CF I/II e Memory Stick), mas ao contrário da Olympus E3, a Sony foi mais conservadora neste projeto não implementando recursos considerados “muito amadores” (porém úteis numa hora de aperto) como flash embutido no pentaprisma ou tela LCD escamoteável.

Entre os acessórios já anunciados lá fora estão o grip de bateria VG-C90AM com espaço para duas baterias InfoLITHIUM NP-FM500H, aumentando assim a autonomia da câmera .

Resta saber o preço sugerido do produto e qual será o modelo de vendas no Brasil, ou seja, se ele será oferecido diretamente no varejo ou por meio da sua divisão de equipamentos profissionais e a data da sua chegada às lojas, o que deve ser revelado ainda hoje. Nos EUA a previsão é para próximo o mês de novembro e ela já pode ser encontrada no Amazon.com pela bagatela de US$ 2.999 com previsão de entrega para o dia 20/11/2008. Mais informações aqui.

Atualização 16h30: a câmera terá, no Brasil, o preço sugerido de R$ 12.999, vendido no site da Sony e na loja do shopping Cidade Jardim, em São Paulo, em 10x sem juros. O modelo começa a ser vendido em novembro.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Os profissionais sempre falaram mal das câmeras da Sony, vamos ver se agora isso muda e ela passa a ser conceituada como é nos demais segmentos.

  • Pingback: Sony A900 (24 megapixels!) no Brasil | Bit Móvel()

  • Peter

    O difícil é andar com uma bateria de caminhão p/ ligá-la…

  • quem procura uma camera para trabalho profissional, ou quer se dedicar muito as fotos, não liga muito para o tamanho não
    já reparou no tamanho das “criançinhas” quando se usa filtro, lentre macro +1, +2, +4 …. ficam enormes!!!
    ai o cara ainda fala que é dificil de andar com o grip!?!?!?
    fala sério cara.