Sobre preços e conversores de TV digital

S

Um tema ainda forte em São Paulo por conta da TV digital é o do custo dos conversores para TVs analógicas que chegaram ao mercado a preços na faixa de R$ 500 a R$ 1.100, muito acima dos R$ 180 prometidos pelo ministro das comunicações Hélio Costa.

Nunca entendi essa história direito, já que nunca soube quem estaria exagerando: o ministro com seu preço muito baixo ou a indústria com um preço muito alto.

Hoje tive a oportunidade de bater um papo com um velho conhecido meu que acompanhou de perto o desenvolvimento dos conversores de TV digital no Brasil. Ele me afirmou que R$ 180 sempre foi considerado um preço irreal para a indústria e que um valor em torno entre R$ 600 a R$ 700 estaria mais próximo da “realidade nacional e do custo Brasil”.

Como ter lucro numa venda não é crime no Brasil, a indústria não estaria explorando (muito) os consumidores – me pergunto se não tem gente tendo que subsidiar aparelho para manter o preço “baixo”. Meu colega só não conseguiu me explicar de onde o ministro tirou aqueles R$ 180.

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos