ZTOP+ZUMO 10 anos!

Sobre o Radiohead e o download de músicas

Nem tinha visto a notí­cia do Radiohead (entre as bandas favoritas deste Zumo) vendendo seu disco novo no novo e inédito método “pague quanto quiser” na semana passada. Tava no Japão (lá, a Tower Records realizou um velho sonho de comprar aqueles CDs japoneses cheios de extras a preços… de Japão!) e só “comprei” o In Rainbows ontem – depois de ler no jornal, dá para acreditar? (Paguei 20 reais no disco, que acho mais que justo por um CD).

Bem, o download será liberado amanhã para os “doadores”. A gravadora/loja online do Radiohead mandou um e-mail dizendo que o disco virá em um arquivo zipado de 48,4 MB e os dez MP3 dentro do pacote têm qualidade de 160 Kbps, DRM Free. Eu poderia facilmente ir ao torrent e baixar amanhã mesmo. Mas fiz questão de pagar ao artista. Infelizmente, as lojas online de música no Brasil ainda engatinham e, com DRM, sem condição de eu deixar meus suados trocadinhos por lá.

É mais uma lição pra surrada indústria fonográfica. Fico muito mais feliz em pagar direto ao artista do que a um intermediário que, nos dias de hoje, não se faz mais necessário. Aos poucos, e este Zumo acredita nisso, essa transição vai atingir outras mí­dias. A TV, da qual é impossí­vel no modelo atual se livrar de uma grande corporação, começa a trilhar caminhos interessantes pelo meio digital. E, por que não, o jornalismo?

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin