ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Gadget do dia: Slingbox 350

Da série “gadgets que demoram anos a chegar ao Brasil”, a caixa mágica Slingbox 350 finalmente é lançada por aqui.

Caixa mágica? Sim: é um dispositivo que se conecta ao seu receptor da TV a cabo e ao seu roteador e envia a programação para seus aparelhos conectados – notebooks, tablets e smartphones.

O Slingbox 350 é um dos modelos de quarta geração da Sling Media e o primeiro a ser lançado oficialmente em um país da América Latina (eu ganhei um Slingbox das primeiras versões num evento nada a ver com a empresa em 2006 e… nunca consegui usar – na época, era muito cabo para instalar e pouca banda larga pra poder distribuir o sinal). 

O dono do Slingbox 350 precisa ter perto da sua caixa o roteador (ou um repetidor de sinal, de preferência com Ethernet) e o set-top box da TV por assinatura (funciona com modelos com gravador de também). Em tempos de Netflix e TV sob demanda, acho complicado instalar um monte de coisa na sala de estar – mas a turma da Flex, que traz o produto pro Brasil, acredita que a Copa de 2014 será um grande incentivador de vendas do Slingbox 350.

A caixa codifica o vídeo para formato MPEG-4 e envia pela internet – e basta ter o app Sling Player no computador, tablet ou smartphone (a fabricante diz que funciona na maioria dos modelos) para ver a programação de qualquer lugar, incluindo gravações no DVR doméstico (uia) e programação em pay-per-view.

slingbox player

No Brasil, a Slingbox 350 será distribuído pela Flex, que promete suporte técnico local e oferece garantia de um ano para o produto. O produto será vendido pelo valor sugerido de R$ 799 no site oficial (slingbox.com.br)SB350_perspectiva

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin