Sayonara i-mode, olá 5G!

S

Serviço pioneiro no acesso móvel a internet deixará de existir em 2026 em favor do 5G.

A NTT DoCoMo anunciou na semana passada (29/10) que irá encerrar o seu sistema de comunicação móvel 3G “FOMA” e o serviço “i-mode” no Japão no dia 31 de março de 2026.

Lançado em outubro de 2001 o FOMA / i-mode foi o primeiro serviço 3G do mundo a permitir o acesso a internet por meio de produtos e serviços online em telefones celulares…

… e isso numa época em que o resto do mundo ainda engatinhava pateticamente neste mercado, com serviços meio capengas como o WAP:

👨‍👦 do 😃

Para quem não sabe, foi no serviço i-mode que surgiu o emoji, criado sob a supervisão de Shigetaka Kurita que chegou nos primeiros celulares japoneses em 1999…

… e que hoje é considerado uma nova forma de linguagem com direito a versões literárias como o fascinante Emoji Dick:

Tecnologia Galápagos

O serviço FOMA teve início em fevereiro de 1999 oferecendo acesso a internet para dispositivos móveis a uma velocidade de 9.600 kbps e que foi muito usado para troca de e-mails chegando a romper a marca de 49 milhões de assinantes em julho do mesmo ano.

Uma característica interessante é que a operadora cobrava o cliente pela quantidade exata de bytes consumidos, o que permitia o usuário controlar precisamente o seu uso e a conta no fim do mês.

O ápice desse serviço foi em 2011 quando a NTT Docomo chegou a ter mais de 57 milhões de assinantes que podiam assistir a vídeos e brincar com jogos a 384 kbps.

Mas mesmo na vanguarda da internet móvel, esse serviço nunca decolou fora do Japão, sendo que a sua decadência teve início em junho de 2007 quando a Apple lançou o iPhone e um novo modelo de acesso e uso da internet por meio de apps, o que tornou o i-mode numa tecnologia Galápagos ou seja, algo que só sobrevive, prospera e até evolui de maneira independente do resto do mundo graças a um ecossistema tecnológico relativamente isolado como o do arquipélago japonês.

Talvez o exemplo mais inusitado seja o dos aparelhos de Fax.

Daí, com a recente redução no número de contratos devido a mudanças no ambiente de mercado devido à expansão das redes 4G e a iminente chegada novo 5G, a operadora por bem decidiu pelo fim do serviço FOMA/i-mode que será um processo que teve início com o fim da oferta de assinaturas “FOMA Data Plan” e “Ubiquitous Plan” em setembro de 2019, sendo que a rede deve sair do ar em 31 de março de 2026.

A NTT Docomo ressalta que continuará próxima ao estilo de vida de cada cliente e tem como objetivo aprimorar ainda mais os seus serviços em antecipação à era do 5G.

Mais informações aqui.

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

Disclaimer: o ZTOP+ZUMO tem links de afiliados com a Amazon e pode ser
remunerado caso você clique em links neste artigo e compre algo.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos