ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Sandisk anuncia novos produtos para o mercado nacional

A Sandisk, lí­der mundial na produção de memória Flash e mais conhecida por aqui pelos pendrives (da linha Cruzer) e cartões SD anunciou hoje, em um evento em SP, uma nova linha de produtos a caminho do mercado nacional.

Os tradicionais pendrives da famí­lia Cruzer, nos modelos Micro, Titanium, Freedom, Profile (com identificiação biométrica) e Crossfire (para gamers) foram os primeiros a ser mencionados, com destaque para o novo Cruzer Contour: um pendrive de alta capacidade (modelos de 2, 4 e 8 GB), corpo metálico e visual estiloso, compatí­vel com a tecnologia ReadyBoost do Windows Vista, que pode usar um pendrive como memória auxiliar (cache) para “acelerar” o desempenho do computador.

Os MP3 Players da famí­lia Sansa, segunda colocada no mercado nos EUA (com 12% de participação, atrás do iPod), também estão vindo para cá. São as linhas c200, com capacidades de 1 ou 2 GB, e e200, com capacidade de 2, 4, 6 ou 8 GB, concorrente direta do iPod Nano. Todos são expansí­veis com cartões MicroSD e também trazem tela colorida, sintonizador FM, gravador de voz e visualizador de fotos. A famí­lia e200 também reproduz ví­deo.

Alguns dos produtos da SanDisk

Mas creio que, entre os MP3 Players, o que tem a maior chance de sucesso aqui é o Sansa Express. Em termo de recursos ele lembra os MP3 Players chineses baratinhos que inundaram nosso mercado: pequeno, ele tem um conector USB numa ponta para ligação direta ao computador, sem cabos. A bateria interna de lí­tio-í­on tem autonomia de 15 horas e também é recarregada via USB. Tem rádio FM (e pode gravar programas), microfone para gravação de voz, toca MP3 e WMA (inclusive conteúdo protegido com PlaysForSure) e tem um display OLED monocromático capaz de mostrar quatro linhas de texto. Mas o destaque é a capacidade de expansão da memória interna (de 1 GB) com o uso de cartões MicroSD: nunca vai “faltar espaço” para suas músicas favoritas. Nos EUA ele custa apenas US$ 60,00, chega aqui até o final de abril a R$ 399. Um pouquinho salgado.

Mas o produto mais interessante do dia, na minha opinião, é o que eles chamam de USB/TV. Trata-se de um combo de base, controle remoto e um “pendrive” de alta capacidade. O funcionamento é o seguinte: a base (muito pequena) é ligada í  TV, através de cabos RCA ou S-Ví­deo (mesmo na era do HDMI, S-Ví¬deo ainda é uma das formas mais populares de conexão de aparelhos í  TV). O Pendrive é plugado ao computador e para ele são transferidos os filmes, fotos ou músicas que você quer assistir. Depois, é só plugar o pendrive na base para ver o conteúdo na TV da sala, comandando tudo í  distância com o controle remoto incluso.

Pendrive e controle remoto do USB/TV

Os 8 GB do pendrive são suficientes para uns sete ou oito filmes, codificados em resolução de 640×480 ou equivalente (acreditem, é o suficiente para uma TV comum). A base é capaz de reproduzir “os mais populares formatos de conteúdo digital” e, embora eles não tenham sido especificados, havia um logo do DiVX na traseira do pendrive. O diretor de vendas da SanDisk para a América Latina, Manuel González, deu a entender que haverá serviços de distribuição de conteúdo compatí­vel com o aparelho, assim como a iTunes Store da Apple. Isso implica que provavelmente o conteúdo comercial será protegido com alguma forma de DRM, o que nos leva a concluir que o formato WMV (Windows Media Video, da Microsoft) é um dos outros que será suportado.

A Sandisk está trabalhando com fabricantes de TVs de alta definição, como LG e Toshiba, para que incluam portas USB/TV em seus futuros aparelhos. Um programa piloto de testes já está em curso nos EUA e a estimativa é que o aparelho chegue ao mercado norte-americano no segundo trimestre deste ano e ao Brasil na segunda metade de 2007. A idéia é posicionar o produto como uma alternativa ao VHS/DVD, numa era em que a distribuição digital de conteúdo é cada vez mais presente. O preço final não foi mencionado: embora González tenha dado uma estimativa “chutada” de R$ 600, acho baixo demais para um produto desta categoria aqui no Brasil, visto o que tenho encontrado no mercado.

  • Igor

    Um pendrive de 8G é legal. Mas mais legal eh um pendrive que te deixa assistir videos baixados da net na tv!!

    Diga “adeus” aos milhares de DVD-R das suas séries favoritas com no máximo 4 episódios pra assistir no DVD Player.

  • Rafael Rigues

    Quatro? Poxa, eu consigo colocar por volta de 12 em um DVD-R de 4.6 GB. E com qualidade muito boa. Claro, meu DVD Player toca DiVX.

  • Tudo muito bonito, tudo maravilhoso. Mas e os preços? Quanto custará um pendrive de 8 Gb? Eu chuto baixo uns R$800,00. Impraticável… Abraços do Pinguim, Rigues!

  • Rafael Rigues

    Pois é Daniel, foi o que comentei no trecho sobre o USB/TV. O preço “chutado” pelo representante da SanDisk é altamente improvável, visto que o MP3 Player Sansa Express de 1 GB tá chegando por praticamente R$ 400.

    O problema é que pode ser maravilhoso, mas se o USB/TV chegar aqui por mais de 1K não vai vender nada. Principalmente considerando que um MP3 Player com DiVX custa por volta dos R$ 250,00.

  • Mauricio

    Bom dia Rafael, sou lojista e gostaria de saber que é o representante da Sandisk no Brasil, vc poderia me informar? Obrigado.

  • Mauricio,

    A Sandisk atua no Brasil através de uma assessoria de imprensa e vários distribuidores independentes. Conheço os nomes de quatro deles: All Nations (RJ), Agis, Opeco e SIMM do Brasil (SP), mas não tenho informações de contato.