ZTOP+ZUMO

Samsung (finalmente) entra no mercado de notebooks e netbooks

note_samsung_intro_small

Já se passou mais de um ano que tocamos nesse assunto, e finalmente a Samsung anunciou a chegada da sua linha de computadores portáteis no Brasil. Como era de se esperar, eles não pensam pequeno e entram de sola no mercado com cinco modelos para todos os bolsos e gostos e produção local a partir de fevereiro de 2010.

note_samsung_ronaldo_miranda

Esse lançamento está sendo orquestrado por um veterano nesse mercado e velho conhecido deste Zumo — Ronaldo Miranda — ex-Intel e atual diretor da divisão de TI da Samsung. Segundo o executivo, 2010 vai ser um ano muito interessante para o mercado de computadores no Brasil, já que ele prevê que  pela primeira vez as vendas de notebooks irá superar a de desktops no país (uia!).

Além disso, se comparado com as atuais linhas de produtos de TI da empresa (como monitores, impressoras e ODDs) o segmento de computadores representa mais da metade do faturamento da empresa nesse segmento. Como sempre, a estratégia da empresa será de oferecer produtos que ofereçam a melhor relação entre custo x benefício x tecnologia/desempenho e design. O que nos faz pensar que seus principais concorrentes serão empresas como LG e Sony.

Segundo Miranda, tudo estava pronto para que a Samsung entrasse com seus portáteis já em outubro do ano passado, mas com a crise econômica mundial decidiu-se deixar o projeto de molho, sendo que a nova janela de oportunidade abriu-se neste final de ano com as melhorias dos indicadores econômicos, a chegada do Windows 7 e a proximidade das festas de final de ano.

No segmento de netbooks, a empresa traz o venerado NC10 equipado com processador Atom N270, 1 GB de SDRAM, tela LCD WSVGA de 10,1″ com retroiluminação a LED, disco rígido de 160 GB, Wi-Fi, bluetooth, Windows XP pré-instalado etc etc. Seu grande atrativo é sua bateria de seis células — o que lhe garante uma autonomia acima da média — e um preço sugerido de R$ 1.499.

note_samsung_NC10_small

Além dele, a Samsung também traz um modelo mais novo — o N310 (R$ 1.799) — que já acompanha novo visual da empresa com seus cantos acentuadamente curvos e teclado no estilo Macbook/Sony Vaio. Suas especificações são parecidas com a do NC10 porém com um curioso acabamento externo emborrachado e cores diferenciadas (preto, laranja e azul). Ele já vem com Windows 7 Starter pré-instalado e uma bateria com autonomia estimada em 9 horas.

note_samsung_N310_a_small

No segmento mainstream a Samsung traz dois modelos: o R420 (R$ 2.299) um modelo “de entrada” com tela LCD de 14″ e processador móvel Intel Pentium Dual Core T4300 (2,1 GHz, FSB de 800 MHz e 1 MB de cache L2), 320 GB de disco, 2 GB de SDRAM DDR2, Wi-Fi b/g/n, bluetooth, 2,3 kg de peso e Windows 7 Home Premium.

note_samsung_R420_small

Já o Q320 (R$ 3.199) é um modelo mais elaborado também equipado com um processador Intel Pentium Dual Core T4200 (2,0 GHz, FSB de 800 MHz e 1 MB de cache L2), 320 GB de disco, 4 GB de SDRAM DDR2, Wi-Fi b/g/n, bluetooth, tela LCD de 13,4″ e Windows 7 Home Premium.

note_samsung_Q320_small

Já o topo de linha da empresa está sendo ocupado pelo X420 (R$ 3.599) um modelo mais leve e fino (apenas 1,76 kg) com tela LCD de 14″, processador Intel Core 2 Duo SU7300 (1,3 GHz, FSB de 800 MHz e 3 MB de cache L2) de 320 GB de disco, 4 GB de SDRAM DDR3 e Windows 7 Home Premium, etc, etc. Graças ao uso de um processador do tipo ultra-low-voltage a empresa estima uma autonomia em torno de 9 horas (uia!).

note_samsung_X420_small

Para ganhar tempo, os primeiros lotes de equipamentos ainda virão da Coréia, junto com a nova linha de montagem de computadores que já está no navio e deve ser instalada na fábrica da Samsung em Campinas com previsão de entrar em funcionamento em fevereiro/março de 201o. O interessante é que nessa segunda fase já se prevê uma atualização de alguns modelos da linha — o que pode incluir os primeiros modelos com 3G embutido — e o lançamento da chamada Linha P, mais voltada para o segmento de SMB e que deve bater de frente com o Dell Vostro.

Segundo Miranda, o mercado de varejo já estava ansioso pela chegada da sua marca no Brasil, de modo que ele comemora o fato dos primeiros lotes importados já estarem totalmente vendidos. Entre as primeiras empresas que devem colocar os novos notes Samsung na prateleira estão a FNAC, Fast Shop, Kalunga, WalMart, Ponto Frio etc. Curiosamente, o bastião da integradora de Curitiba — as Casas Bahia — não está nessa primeira lista.

Mas isso é só o começo, afirma Miranda.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Cesar 05/11/2009, 07:22

    Estou com uma dúvida, os notebooks da LG mesmo os mais simples tem a saída HDMI e os da Samsung? Não foi citado nesta reportagem, mas gostaria de saber se até os modelos mais simples tem HDMI, se não ainda fico com os notebooks da LG.

  • João Paes N 05/11/2009, 10:37

    Samsung e Fast Shop…

    Será que vão vender na loja oficial do Palmeiras também?

    ok, a piada foi ruim, mas os notes parecem bons.

  • daniel 05/11/2009, 11:22

    Passei rápido na foto e jurei que era o Steven Seagal!

    Em fevereiro de 2010 já vai ter os n450 e tal não? Ou pelo menos no resto do mundo?

  • Thiago J. 05/11/2009, 20:38

    Passei rápido na foto e jurei que era o Steven Seagal! [2]

    Achei o N310 tão bom, e ainda mais com 9h de bateria (tudo bem que é o que eles dizem, mas chegando em 7 tá bom demais :P) o problema foi os R$ 1.800. Não consigo assimilar um netbook valendo mais que R$ 1.300 :T

  • Walter Mercado 06/11/2009, 06:47

    Passei rápido na foto e jurei que era o Steven Seagal! [x+1]

    @César
    HDMI é um recurso dos chipsets que a LG usa (GL40/GS45, etc), a disponibilidade nos Samsung depende disso (os modelos maiores, com chipsets recentes devem ter).

    Os preços ainda estão um pouco altos, mas não é barato trazer note do outro lado do mundo. Resta saber os preços sugeridos após o início da fabricação local.

    @Nagano
    – Qual a placa de vídeo do Q320?
    – Note com C2D e 10h de autonomia já tem nos Asus ULVt
    Os principais modelos dessa família têm vídeo GeForce dedicado ativável e overclock de fábrica no ULV.

  • ti-luca 06/11/2009, 08:33

    Algum com placa de video dedicada?

    • Henrique Martin 06/11/2009, 08:47

      @ti-luca não nesse primeiro momento. quem sabe em 2010…

  • Cesar 07/11/2009, 11:46

    Saída HDMI é fundamental pra mim porque vou ligar o note na TV Digital pra ficar com tela gigante, TIME MACHINE, assim como meu amigo fez, figou mto bom!!!

  • Paulo Komyama 07/11/2009, 14:01

    Mais um fabricante que só quer ganhar dinheiro juntando peças diferentes dentro de caixas iguais. Qual é a inovação que estes notebooks trazem? Quem mencionar acabamento emborrachado deve estar de brincadeira…

    • Fernando 26/11/2009, 14:04

      Infelizmente ou Felizmente o deselvolvimento de tecnologias de notebooks esta na mão de no maximo 4 grandes fornecedores de tecnologia.
      A industria automotiva que tem pelo menos 100 anos de existencia e ainda usa combustivel fossil, e se comparar ao notebook tambem não evoluiu muito e tem dezenas de fabricantes e pouiquissimas diferenças entre eles. se olhar de um modo geral. eles estão deselvendo carros a bateria solar e soluções futuristas , mas infelizmente isso não sai da sala de projetos, porque ninguem esta disposto a pagar o preço da inovação.

      att