Nova jato de tinta da Ricoh imprime sobre fraldas e até papel higiênico

N

Nova impressora Handy Printer da Ricoh combina a flexibilidade da escrita com caneta com clareza e a precisão do texto impresso.

Quando o assunto é identificar objetos e/ou mídias que não cabem na impressora a solução mais comum sempre foi a boa e velha caneta hidrográfica (também conhecida como marcador permanente), o carimbo de borracha (se o texto nunca muda) e até mesmo as notórias etiquetas auto-adesivas que podem ser geradas tanto na impressora ligada no do PC quanto em equipamentos dedicados.

No geral cada uma dessas soluções tem lá suas vantagens e desvantagens, de modo que para nivelar as coisas a Ricoh lançou recentemente uma nova solução de impressão portártil batizada de Ricoh Handy Printer:

Conceitualmente falando, essa engenhoca lembra muito aqueles antigos scanners de mão (como o saudoso HP CapShare 910) só que ele funciona “ao contrário” ou seja, ao invés de capturar textos e imagens, ele possui uma cabeça de impressão que deixa um rastro na forma de textos ou imagens por onde passa:

Assim, a grande sacada desse produto é que ele consegue imprimir sobre qualquer superfície plana (ou quase) que aceite a sua tinta combinando assim a flexibilidade da escrita com caneta com clareza e a precisão do texto impresso, o que torna esse produto particularmente interessante para identificar caixas, envelopes, formulários, CDs, peças de roupa e até coisas inusitadas como fraldas descartáveis e até papel higiênico!

E olha que não sou eu que estou afirmando isso:

Tecnicamente falando, esse produto é uma impressora a jato de tinta com resolução nativa de 600 × 600 ppp, capaz de imprimir linhas de texto de 6~32 pontos de altura x 594 mm de comprimento imagens de até 182 x 127 mm e código de barras de até 13,5 mm de altura numa velocidade que varia de 30 a 400 mm/segundo.

Para facilitar o seu uso, a impressora também possui uma pequena aba transparente que ajuda a determinar o ponto de partida da impressão e o seu alinhamento tanto na vertical quanto na horizontal.

Ele usa um cartucho Ricoh modelo HC01K que, segundo a empresa, só está disponível cor preta e tem secagem rápida e é a prova d’água, o que nos leva a crer que ela seja do tipo pigmentada:

Ele mede aproximadamente 4,6 x 8,1 x 12,1 cm (LxAxP) pesa 315 gramas com seu cartucho de tinta instalado…

… e é alimentado por meio de uma bateria recarregável de íons de lítio com autonomia estimada de 2 horas de uso e tempo de recarga de ~ 4 horas por meio da sua porta USB Micro 2.0.

Suporte de software

Como era de se espear, os textos/imagens a serem impressos na Handy Printer são gerados por meio de uma app disponível para Android, iOS e Windows sendo que a comunicação é feita via bluetooth:

empresa também está disponibilizando um SDK para todos esses ambientes para que desenvolvedores possam criar novas aplicações para o produto.

Preço e disponibilidade

A Ricoh Handy Printer já pode ser encontrado na lojinha da empresa em três opções de cores — branco (modelo 515911), preto (modelo 515915) e vermelho (modelo 515916) — sendo que todos tem o mesmo preço sugerido:  55.836 ienes (~R$ 1.994)

Curiosamente a empresa oferece uma garantia de 3 anos a contar da data de compra ou “50 km rodados” ?.

Já o cartucho de tinta Ricoh HC01K preto sai por 5.400 ienes (~R$ 193) e tem uma autonomia estimada de aproximadamente 320 páginas de A4 com 5% de cobertura.

Mais informações aqui.

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos