ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

RFID no sangue

RFID é um daqueles assuntos que causam amor ou ódio por quem gosta de tecnologia. Bem, aqui vai uma boa idéia: a Siemens desenvolveu uma solução RFID em parceria com universidades e bancos de sangue para monitorar a doação de sangue. A idéia é simples – identificar o sangue com as etiquetas RFID, evitando a chance de troca de bolsas e consequentes dores de cabeça aos doadores. É um RFID mais resistente que outros, já que tem que lidar com condições extremas (processos de esterilização, pasteurização e forças de até 5.000 G ao serem processados em uma centrí­fuga). Via InnovationNews, por e-mail.  

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

Próximo post:

Post anterior: