ZTOP+ZUMO

Review: SSDs HyperX Savage e Predator de 480 GB

Linha premium de discos SSD da Kingston combina boa capacidade, belo visual e excelente desempenho.

Tradicional no segmento de memórias RAM, Flash e mais recentemente SSDs — a Kingston nos enviou para testes dois de seus novos discos de alto desempenho da linha HyperX. A marca está sendo tratada pela Kinsgton como independente e desvinculada das outras linhas da casa como o SSDNow. São eles o HyperX Savage e HyperX predator, ambos na versão de 480 GB.

Kingston_SSD_HyperX_produtos

O HyperX Savage (SHSS37A/480G) vem embalado numa caixa bem protegia e é acompanhado de alguma documentação impressa, um adesivo transado para você colar onde quiser e…

Kingston_SSD_HyperX_Savage_unbox1

… o mais interessante, uma chave de ativação “curta” para o programa True Image HD 2014 da Acronis, um utilitário que ajuda — e muito — o usuário no procedimento de migrar a imagem do seu atual disco de sistema para o novo disco e, depois disso, manter o seu conteúdo seguro (mais detalhes aqui).

Kingston_SSD_HyperX_Acronis_1

Vale a pena observar que na parte de trás do bloco de espuma que protege o SSD vem encaixado um kit de adaptação formado por uma bandeja de metal + dois jogos de parafusos que permitem fixar o disco numa baia padrão de 3,5″ e uma moldura adesiva que permite aumentar a espessura do disco de 7 para 10 mm permitindo assim colocá-lo no lugar de um HD mais antigo de 2,5″:

Kingston_SSD_HyperX_Savage_unbox2

E como é de se esperar de um “objeto do desejo” (pelo menos para os entusiastas de hardware), o gabinete de metal do HyperX Savage possui um elegante aplique metálico em relevo em tons de vermelho e prata característicos da marca. Sem a moldura citada acima ele mede 10,0 x 0,7 x 7 cm (LxAxP) e pesa 96 gramas.

Kingston_SSD_HyperX_Savage_na_mao

Segundo a fabricante, sua temperatura de operação é de 0°C a 70°C e o seu consumo de energia varia de acordo com o seu estado de uso: 0,38 watt (inativo), 1,4 watt (leitura no máximo) e 4,35 watts (gravação no máximo). A média fica em torno de ~ 0,5 watt. Seu MTBF estimado é de 1 milhão de horas de uso e sua garantia de 3 anos com suporte técnico local gratuito.

Kingston_SSD_Predator_HDTach_info

Nosso palpite é que essa unidade deva ter de fato 512 GB de memória flash, mas como já aprendemos com nosso colega e chapa Louis Kaneshiro da Kingston, o fabricante deve ter liberado apenas 480 GB para uso, de modo que os 32 GB restantes devem estar reservados para substituir aqueles endereços da memória principal do SSD que caduquem antes do tempo (técnica chamada de “over-provisioning“). Fora isso, essa reserva também pode ser usada para gerenciar melhor o nível de desgaste do disco (“wear leveling”) aumentando assim a sua vida útil. Segundo o fabricante, seu TBW é de 416 TB e seu DWPD é de 0,81.

Mais uma pausa para um momento Zumo de reflexão:

Que diabos é TBW e DWPD?

TBW (ou Terabytes Gravados) é uma medida de carga de trabalho normalizado pelo JEDEC (JESD219A) que define quantos terabytes de informação eu posso gravar em um SSD antes que ele caduque, o que é, de um certo modo uma unidade de resistência/durabilidade simples de ser compreendida, porém meio marota já que o bom senso nos diz que discos de maior capacidade tendem a ter um maior TBW devido a sua “maior capacidade” (duh!) se comparado a um disco de menor capacidade.

Isso faz com que essa escala funcione bem entre discos de mesma capacidade, mas nem tanto entre discos de diferentes capacidades.

Já o DWPD (Gravações no Disco Por Dia) é uma medida mais complexa e se baseia na seguinte fórmula:

DWPD = TBW * 1.024 / ( [capacidade do disco em TB] * [garantia em anos] * 365 )

No caso do HyperX Savage:

DWPD = 416 * 1024 / (480 * 3 * 365) = 0,8104 ou 0,81 como informado pela empresa!

Assim, a vantagem do DWPD (sobre o TWB) é que ela permite comparar a durabilidade de discos de diferentes capacidades.

Finalmente, para converter o DWPD para TBW:

TBW = DWPD * [garantia em anos] * 365 * [capacidade do disco em TB] / 1.024

Mas voltando ao que interessa, o HyperX Savage vem equipado com um conector padrão SATA 600 (ou 3.0) gerenciado por um controlador de memória Phison PS3110-S10. Até gostaríamos de dar uma olhada na sua placa-mãe para ver seus chips de memória flash (supostamente da Toshiba), mas o fabricante impede a abertura não autorizada do gabinete por meio de um lacre, o que não deixa de ser uma má idéia já que essa iniciativa também pode evitar fraudes como trocar a placa interna por outra de menor capacidade. Observe porém que no nosso caso, existe o número “480” impresso no lado direito do conector, que indica sua capacidade.

Kingston_SSD_HyperX_Savage_SATA_connector1

Na sua base ainda temos um selo com indicação do modelo, número de série e algumas certificações. A propósito, o código QR no canto superior esquerdo contém apenas o número de série do disco.

Kingston_SSD_HyperX_Savage_back_seal

Já o HyperX Predator (SHPM2280P2H/480G) é um animal bem diferente, já que seu padrão de formato e interface segue o novo padrão M.2  que, neste caso…

Kingston_SSD_HyperX_Predator_unbox1

…  se comunica com o sistema diretamente pelo barramento PCI Express 2.0 do PC por meio de uma placa adaptadora HHHL (metade da altura-metade do comprimento) PCIe 2.0 4x que acompanha o produto…

Kingston_SSD_HyperX_Predator_na_mao1

… que pode ser instalada em qualquer slot PCIe livre do seu PC.

Kingston_SSD_HyperX_Predator_na_mao2

Para os usuários de desktops compactos do tipo SFF (Small Form Factor) já acompanha o produto um suporte mais curto…

Kingston_SSD_HyperX_Predator_suporte_mini1

… que pode ser facilmente trocado, bastando para isso remover os dois parafusos indicados embaixo com uma chave de fenda philips:

Kingston_SSD_HyperX_Predator_suporte_mini2a

Interessante observar que o módulo SSD pode ser facilmente removido da placa HHHL bastando remover o parafuso de fixação localizado à direita do cartão SSD:

Kingston_SSD_HyperX_Predator_suporte_mini3

… o que nos permite ter uma visão mais clara das suas reais dimensões (8,0 x 2,2 x 0,35 cm — LxAxP)  e o seu padrão de formato (neste caso, SSD M.2 2280), que não deixa de ser um longo cartão PCIe mini, que pode ser inclusive uma opção de upgrade para ultrabooks e mini-notebooks que adotem esse tipo de disco. Neste último caso, é possível adquirir este módulo no site da empresa sem o adaptador HHHL para desktops.

Kingston_SSD_HyperX_Predator_M2_na_mao

Ao contrário do Savage, o controlador do Predator é um Marvell 88SS9293 e vem com 2 módulos de memória SDRAM DDR3 de 1600 MHz (= 1 GB) e 8 módulos de memória NAND Flash A19 da Toshiba de 64 GB cada totalizando 512 GB, sendo que apenas 480 GB estão liberados para o usuário final.

Kingston_SSD_HyperX_Predator_M2_frente_verso

Seu MTBF é de 1 milhão de horas, o TBW é de  882 TB e o DWPD  1,7 ou seja, mais que o dobro do Savage. A garantia também é de três anos com suporte local.

Kingston_SSD_Predator_HDTach_info

O curioso é que a placa PCIe que acompanha o Predator também pode aceitar outras plaquinhas PCIe Mini de diversos comprimentos, bastando para isso reposicionar o suporte do furo de fixação:

Kingston_SSD_HyperX_Predator_M2_adapter1

Sob Testes:

Para avaliar o desempenho desses discos, utilizamos nosso PC de referência — um desktop equipado com um processador Intel Core i7-3960X Extreme Edition com 8 GB de SDRAM, SSD de 240 GB  e uma placa de vídeo AMD Radeon HD 6800 com Windows 10 já instalado.

Para ter uma melhor idéia do desempenho desses discos, utilizamos o nosso disco SSD de 240 GB como referência de um disco de linha padrão do mercado, isto é, não se trata de um periférico voltado para desempenho.

O procedimento de instalação do HyperX Savage é o mesmo de qualquer disco padrão SATA. Já no caso do Predator é preciso encaixá-lo num slot PCIe x4/x8/x16 2.0 ou superior. O seu reconhecimento é automático no Windows 7, 8 e 10 dispensando a instalação de qualquer driver adicional.

Nos testes realizados com o HD Tune Pro 4.01 (opção Benchmark), pudemos ver que o desempenho do Savage é realmente superior ao nosso SSD de referência. Já no Predator o ganho de desempenho é realmente de saltar ao olhos com ganhos acima de 100% tanto do SSD de referência e até do Savage:

HD Tune Pro 4.01 – Benchmark SSD de Referência HyperX Savage HyperX Predator
READ Transfer Rate  Gráfico Gráfico
Transfer Rate Minimum 246,2 MB/s 265,5 MB/s 547,2 MB/s
Transfer Rate Maximum 304,9 MB/s 345,4 MB/s 791,0 MB/s
Transfer Rate Average 269,1 MB/s 297,0 MB/s 570,2 MB/s
Access Time 0,1 ms 0,1 ms 0,0 ms
Burst Rate 256,0 MB/s 137,8 MB/s 256,3 MB/s
CPU Usage 3,0 % 2,8 % 3,9 %
Write transfer rate  Gráfico Gráfico
Transfer Rate Minimum 240,0 MB/s 319,7 MB/s 414,6 MB/s
Transfer Rate Maximum 397,1 MB/s 413,5 MB/s 787,2 MB/s
Transfer Rate Average 277,4 MB/s 334.6 MB/s 552,5 MB/s
Access Time 0,1 ms 0,1 ms 0,1 ms
Burst Rate 283.4 MB/s 138,4 MB/s 289,4 MB/s
CPU Usage 4.0% 3,6 % 4,5 %

 

Resultados semelhantes puderam ser observados nos testes de Acesso Aleatório (Random Access) onde o Predator não levou a melhor em apenas duas baterias de testes:

HD Tune Pro 4.01 – Random Access
IOPS
Tempo de acesso médio
Velocidade média
SSD de Referência HyperX Savage HyperX Predator
Read Test  Gráfico  Gráfico
512 Bytes 13.082 IOPS
0,08 ms
6,388 MB/s
15.505 IOPS
0,06 ms
7,571 MB/s
15.077 IOPS
0,07 ms
7.362 MB/s
4 KB 11.829 IOPS
0,08 ms
46,209 MB/s
7.552 IOPS
0,13 ms
29,503 MB/s
13.849 IOPS
0.07 ms
54.101 MB/s
64 KB 4.138 IOPS
0,24 ms
258,680 MB/s
3.431 IOPS
0,29 ms
214,457 MB/s
7.442 IOPS
0,13 ms
465,134 MB/s
1 MB 434 IOPS
2,3 ms
434,535 MB/s
332 IOPS
3,0 ms
332,037 MB/s
1.045 IOPS
0,96 ms
1.045,815 MB/s
Random 798 IOPS
1,3 ms
405,399 MB/s
652 IOPS
1,5 ms
331,291 MB/s
1.835 IOPS
0,54 ms
931,316 MB/s
Write test Gráfico   Gráfico
512 Bytes 6786 IOPS
0,15 ms
3,314 MB/s
19.466 IOPS
0,05 ms
9,505 MB/s
25.952 IOPS
0,04 ms
12,672 MB/s
4 KB 7.092 IOPS
0,14 ms
27,705 MB/s
15.254 IOPS
0,07 ms
59,586 MB/s
18.693 IOPS
0,05 ms
73,021 MB/s
64 KB 3.474 IOPS
0,29 ms
217,131 MB/s
5.539 IOPS
0,18 ms
346,197 MB/s
8.579 IOPS
0,12 ms
536,241 MB/s
1 MB 395 IOPS
2,5 ms
395.902 MB/s
488 IOPS
2,0 ms
488,016 MB/s
375 IOPS
2,7 ms
375,439 MB/s
Random 743 IOPS
1,3 ms
377,098 MB/s
931 IOPS
1,1 ms
472,461 MB/s
959 IOPS
1,0 ms
486,684 MB/s

 

Nos testes de arquivos (File Benchmark) houve casos em que o Savage se deu melhor que o Predator. Mas no geral este SSD M.2 continuou a superar os modelos com SATA, principalmente nos testes de gravação:

HD Tune Pro 4.01 – File Benchmark SSD de Referência HyperX Savage HyperX Predator
Read Speed  Gráfico Gráfico
0,5 KB 7.903 KB/s 18.495 KB/s 14.442 KB/s
1 KB 13.686 KB/s 36.300 KB/s 28.658 KB/s
2 KB 28.802 KB/s 65.066 KB/s 55.383 KB/s
4 KB 54.117 KB/s 113.389 KB/s 102.604 KB/s
8 KB 95.826 KB/s 130.134 KB/s 191.060 KB/s
16 KB 18.8210 KB/s 198.701 KB/s 215.859 KB/s
32 KB 198.077 KB/s 258.068 KB/s 338.950 KB/s
64 KB 262.315 KB/s 357.357 KB/s 447.772 KB/s
128 KB 334.922 KB/s 432.044 KB/s 591.867 KB/s
256 KB 377.892 KB/s 457.759 KB/s 838.510 KB/s
512 KB 412.531 KB/s 492.336 KB/s 972.137 KB/s
1.024 KB 442.730 KB/s 513.130 KB/s 1.133.040 KB/s
2.048 KB 456.048 KB/s 527.986 KB/s 1.168.950 KB/s
4.096 KB 466.042 KB/s 526.889 KB/s 1.185.576 KB/s
8.192 KB 478.254 KB/s 529.913 KB/s N/D
Write speed Gráfico Gráfico
0,5 KB 48 KB/s 215 KB/s 12.259 KB/s
1 KB 98 KB/s 424 KB/s 26.253 KB/s
2 KB 195 KB/s 858 KB/s 49.774 KB/s
4 KB 391 KB/s 1.719 KB/s 98.415 KB/s
8 KB 784 KB/s 3.453 KB/s 172.318 KB/s
16 KB 1.567 KB/s 6.764 KB/s 204.759 KB/s
32 KB 3.136 KB/s 13.473 KB/s 255.803 KB/s
64 KB 6.290 KB/s 25.123 KB/s 463.316 KB/s
128 KB 12.442 KB/s 44.966 KB/s 678.797 KB/s
256 KB 24.781 KB/s 74.472 KB/s 902.714 KB/s
512 KB 50.037 KB/s 73.710 KB/s 927.742 KB/s
1.024 KB 50.014 KB/s 89.343 KB/s 981.323 KB/s
2.048 KB 66.361 KB/s 98.278 KB/s 999.078 KB/s
4.096 KB 79.789 KB/s 104.274 KB/s 988.422 KB/s
8.192 KB 87736 KB/s 107.471 KB/s N/D

 

Nos testes com o CrystalDiskMark 3.0.3 novamente o Predator se destacou:

Kingston_SSD_Ref_Crystal

SSD de referência

Kingston_SSD_Savage_Crystal_Disk

HyperX Savage

Kingston_SSD_Predator_HDTach_Crystal_Diskmark

HyperX Predator

No ATTO Disk Benchmark mesmo comportamento e mais uma vez note como o SSD M.2 performa melhor nos testes de gravação:

Kingston_SSD_Ref_ATTO

SSD de referência

 

Kingston_SSD_Savage_ATTO

HyperX Savage

 

Kingston_SSD_Predator_HDTach_Atto_Diskmark

HyperX Predator

E para não ficar apenas nos testes sintéticos, também fizemos algumas medições com o PCMark 8 que possui uma bateria específica para avaliar armazenamento em disco. Apesar das diferenças não serem tão dramáticas, o Predator novamente mostrou sua superioridade:

PCMark 8
SSD & HDD Performance
SSD de Referência HyperX Savage HyperX Predator
Gráfico Gráfico
Storage Score 4.138 pontos 4.386 pontos 4.983 pontos
Storage Bandwidth 53,47 MB/s 75,48 MB/s 288,57 MB/s
World of Warcraft 61,8 s 60,2 s 58,2 s
Battlefield 3 138,3 s 136,0 s 133,6 s
Adobe Photoshop light 195,2 s 165,2 s 111,7 s
Adobe Photoshop heavy 533,8 s 478,2 s 353,8 s
Adobe InDesign 79,1 s 72,5 s 57,4 s
Adobe After Effects 74,6 s 72,6 71,1 s
Adobe Illustrator 78,0 s 75,5 s 72,2 s
Microsoft Word 32,2 s 30,9 s 28,2 s
Microsoft Excel 10,2 s 9,9 s 9,3 s
Microsoft PowerPoint 10,4 s 10,0 s 9,2 s
Benchmark Duration 1h24m22s 1h27m3s 1h16m25s

 

Nossas conclusões:

Com a crescente popularização dos discos SSD e a consolidação dele como alternativa de fato para armazenamento de massa de alto desempenho, começamos a ver a diversificação desse mercado com modelos de todos os tipos, capacidades e desempenhos para todos os bolsos e gostos — e o que esse review mostrou é que, no que se refere a desempenho — realmente existem discos velozes, discos mais velozes e discos obscenamente velozes.

O que também podemos concluir neste post é que a interface SATA está de um certo ponto chegando ao seu limite, de modo que o futuro — pelo menos no caso dos SSDs — está no M.2 que apresentou números dramáticos se comparado com os discos baseados em SATA.

Na nossa opinião os SSDs com porta SATA como o Savage podem ser uma opção interessante na hora de fazer o upgrade de um hardware já existente. Já o Predator se posiciona como a melhor opção para quem procura pelo melhor em termos de desempenho, apesar que de, dependendo da aplicação, os ganhos podem não ser tão evidentes como podemos ver nos testes com o PCMark 8.

Essa questão é particularmente relevante, já que não estamos falando de produtos baratos cujos preços podem chegar ao mesmo de um notebook de linha. Mas como sempre, é tudo uma questão de avaliar as suas necessidades e o quanto você estaria disposto a pagar para resolvê-las de vez, ou pelo menos parcialmente. 🙂

ztop-indica-novo-selo

Resumo: SSD HyperX Savage de 480 GB (modelo SHSS37A/480G)

O que é isso? Disco SSD de alto desempenho de 480 GB com porta SATA 600
O que é legal? Ótimo desempenho, boa capacidade para uso geral em PCs. Acompanha software de migração de imagem
O que é imoral? Relativamente caro. Discos convencionais ainda oferecem uma melhor relação de preço x byte armazenado.
O que mais? Acompanha kit de montagem para baias de 3,5″. Também disponível nas versões de 120 GB, 240 GB e 960 GB.
Avaliação: 8,5 (de 10). Entenda nosso novo sistema de avaliação.
Preço sugerido: R$ 1.130
Onde encontrar: http://www.hyperxgaming.com/br

 

ZTOP indica porem com reservas1

Resumo: SSD HyperX Predator de 480 GB (modelo SHPM2280P2H/480G)

O que é isso? Disco SSD de alto desempenho de 480 GB com interface M.2
O que é legal? Ainda mais veloz que o Savage, especialmente nas operações de gravação. Acompanha software de migração de imagem.
O que é imoral? Ainda mais caro que o Savage. Daí nossa indicação com reservas (*).
O que mais? Pode ser adquirido sem o adaptador HHHL (placa PCIe para desktops). Também disponível na versão de 240 GB.
Avaliação: 9,0 (de 10). Entenda nosso novo sistema de avaliação.
Preço sugerido: R$ 2.700
Onde encontrar: http://www.hyperxgaming.com/br

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Coffinator 04/09/2015, 19:48

    Quero. Problema é só o preço mesmo.

  • Rodrigo Figueiredo Bertelli 04/09/2015, 23:51

    Nagano, aonde acho esse preço do Savage? O mais barato que achei foi R$ 1345. O link só manda para outras lojas.

    • Mario Nagano 05/09/2015, 00:15

      Quem me passou esse preço foi a assessoria de imprensa da Kinsgton. Vamos ter que esperar até a semana q vem por uma resposta. :-/

      Apesar de que não podemos nos esquecer que estamos vivendo numa época de cotação de dólar bastante instável.

    • Mario Nagano 10/09/2015, 10:51

      Oi Rodrigo,

      A Kingston me deu retorno dessa dúvida e, de fato, o preço “sugerido” pelo fabricante é de R$ 1.130 e o preço que você encontrou deve ser de uma revenda que, provavelmente, reajustou o preço devido a alta do dólar. 🙁

      • Rodrigo Figueiredo Bertelli 10/09/2015, 11:03

        Poxa, que pena. Mas valeu pelo retorno! Valeu mesmo!

  • dflopes 08/09/2015, 21:48

    Parabéns pela análise, Nagano San.
    Uma alternativa ao TBW é dividir pela capacidade do disco (admensionalizar), informado quantas vezes aquela capacidade pode ser gravada, podendo comparar discos de tamanhos diferentes.

    E está barato no Brasil, ainda mais considerado o dólar em tal patamar draconiano. Calma, não estou louco, explico.
    Na Amazon, o Savage custa US$235.00.
    Multiplicando por 7, temos cerca de R$1.770,00

    Obs. : multiplicar por 7 agiliza o cálculo ao reunir a taxa de dólar do cartão de crédito a 4.10, IOF de 6.38% e imposto de importação de 60%, fora o frete que ainda sofre com esses mesmos impostos.