ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Review: Sony Ericsson W880i

W880i

Celular com foco em música, o Sony Ericsson W880i não foge í  regra de design bem feito da fabricante. Conta com toda a facilidade de uso do software instalado pela Sony Ericsson, porém alguns pequenos deslizes o tornam mais indicado para quem quer um celular bonito do que um cheio de funcionalidades. E faltam alguns recursos essenciais ao usuário brasileiro, como conectividade EDGE. Ao menos já está pronto para a próxima geração da telefonia.


O W880i é um dos aparelhos mais finos í  venda atualmente, com apenas 9,4 mm de O W880 é fino, muito finoespessura, concorrendo direto com o Samsung F-300 em tamanho, mas sem a bateria extra do modelo da concorrente. O corpo (que, no total, tem dimensões de 103 x 46,5 x 9,4 mm) é todo em aço escovado (Steel Silver), com a parte traseira em plástico preto e detalhes em laranja. O aparelho pesa 71 gramas. Há ainda uma versão com o corpo em preto e laranja.

A tela, de 240 x 320 pixels e 1,8 polegada, é excelente e se mostra melhor que a de modelos anteriores da fabricante, como o W800 ou o W810. Seu lado “celular” funciona em redes GSM (900, 1800, 1900) e UMTS (2100) – essa última ainda indisponí­vel no Brasil por conta da demora no leilão das licenças 3G no Brasil, previstas para o fim deste ano. As ligações feitas tiveram boa qualidade de recepção tanto na rede da Claro como da TIM. Na hora de acessar a internet, um probleminha: o aparelho é só 3G (inexistente) ou GPRS (muito lento). Não existe conectividade EDGE. Isso é uma questão que pode atrapalhar quem quer acessar a internet do celular, fato cada vez mais comum com a popularização dos planos de dados oferecidos pelas operadoras. Talvez seja o produto certo para daqui a alguns meses (assim como os N-Series, da Nokia, todos prontos para 3G).

O software instalado pela Sony Ericsson vem com alguns recursos que poderiam bem ser copiados por outras fabricantes de celular. O meu favorito é o leitor de RSS, acessí­vel a um toque e simples de configurar o cadastro de novos feeds. (Alô Nokia, coloque uma tecla de atalho como essa na sua linha N-Series!)

Outros recursos não são tanta novidade – como o TrackID, similar ao MotoID, da Motorola, para identificar músicas que tocam no rádio e você não sabe quem é o artista. De resto, vem com os programinhas padrão, além de uma versão do Shozu para enviar fotos ao Flickr, o software de blogs para enviar imagens para páginas do Blogger e um curioso editor de fotos, o PhotoDJ. Agenda, lista de tarefas e demais recursos de organização estão presentes.

W880iA memória interna do W880i é de 16 MB. O produto vem com um cartão padrão Memory Stick Micro (M2) de 1 GB incluso – afinal faz parte da linha Walkman. A memória removí­vel pode ser expandida até 2 GB. O player de música (toca MP3 e AAC, que podem ser usados como ringtones) é bastante intuitivo, e para adicionar novas músicas basta conectar o cabo USB ao computador e arrastar as músicas para a pasta desejada. Isso também pode ser feito com o software de sincronização com o PC.

Como os outros celulares Walkman, a qualidade de som é boa para o celular. O W880i não aceita fones 3,5 mm diretamente. É preciso usar um adaptador que se conecta í  mesma saí­da (usada também para o cabo USB e o carregador de bateria). Os fones que vêm com o aparelho são do tipo in-ear, que se encaixam dentro do ouvido. Por ser um celular com foco principal em música, fazem falta um rádio FM e um controle remoto (como no Nokia N95) ligado aos fones. O adaptador para os fones tem o microfone como única função adicional.

W880i visto por trásAs teclas e comandos principais, apesar de reduzidos, funcionam bem. O tocador de música é controlado por botões no centro do teclado, que comandam também os menus do aparelho. O grande problema está na tecla lateral para controlar os disparos na câmera digital. É pequena, rasa e difí­cil de apertar.

Finalmente, a câmera digital de 2 megapixels tira fotos razoáveis, mas não oferece os melhores resultados em comparação com modelos antigos da companhia. Uma câmera de 2 megapixels na linha 2007 soa bastante… 2005. Quando o 3G vier, será possí­vel usar a câmera secundária presente na frente do aparelho. Faltam também um flash integrado e foco automático í  câmera principal.

Resumo: Sony Ericsson W880i
O que é isso? – Telefone celular projetado para tocar música
O que é legal? – Design criativo e compacto, bom acabamento.
O que é chato? – Não tem EDGE. A câmera é difí­cil de lidar.
O que mais? – Aceita fones de ouvido convencionais com o uso de um adaptador, já está pronto para a telefonia 3G.
Avaliação: 3 (de 5)
Preço sugerido pelo fabricante: R$ 1.699
Onde encontrar: www.sonyericsson.com.br

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Sou fisurado no show de tecnologia da Sonyericsson. Parabéns! Tenho um k550i, satisfeito demais com o produto. Valeu Sonyericsson

    Gostaria muito de turbinar meu celular! Mais ainda, usufluir de toda tecnologia que a Sonyericsson possui. Valeu