Review: Samsung Galaxy S II Lite

R

O Samsung Galaxy S II Lite (GT-I9070) faz parte do nicho dos smartphones intermediários: bom desempenho, bons recursos, mas nada assim um “topo de linha”-, mas também não é um Android ultrabásico. Dá para definir como “faz bastante e cabe no bolso”.

Serve bem para quem precisa acessar a internet e os serviços do Google e redes sociais sem se preocupar em gastar um montão de dinheiro: o valor sugerido de R$ 999 desbloqueado não significa os prováveis R$ 1.800 ou mais do novo Galaxy S III, mas também não quer dizer que é um aparelho de R$ 499, como um LG Optimus L3.

Na mão, o Galaxy S II Lite lembra seu irmão maior e mais velho, o Galaxy S II, com pequenas modificações.

Hardware:

O Galaxy S II Lite traz um processador dual-core de 1 GHz, 8 GB de armazenamento interno, câmera traseira de 5 megapixels com flash LED, tela de 4″ Super AMOLED (480 x 800). Se comparado com o Galaxy S II, isso significa menos processamento (1,2 GHz no S II), menos armazenamento (16 GB) câmera de resolução menor (8 megapixels) e tela menor (4,3″).

Apesar de o design frontal ser bastante parecido…

Visto por trás, o S II Lite é bem diferente, com a câmera protuberante na traseira.

Mas o S II Lite tem um detalhe de design mais interessante: a tela curva. Parece mais que a tela tem uma curvatura e a parte inferior do aparelho é mais grossa, como dá para ver com o aparelho de lado:

Ou de frente:

Tirando a tampa da bateria, nada além do normal: bateria de 1500 mAh, entrada para SIM card convencional e um slot para expansão de memória com cartões microSD.

E a câmera vista mais de perto:

Interface e aplicativos pré-instalados:

O Samsung Galaxy S II Lite é vendido com a versão 2.3.6 “Gingerbread” do sistema operacional Android, com  conta com a customização TouchWiz.

Os aplicativos pré-instalados incluem o básico do Google (Talk/Market Play Store/Gmail/Mapas/Google+), e merecem destaque o pacote Polaris Office (para abrir/editar arquivos do Office), roteador Wi-Fi (simples e fácil de usar), Editor de Fotografias, Kies Air (para sincronizar dados com o computador usando o Wi-Fi e que dá erro constante de falta de Java, apesar de ter Java instalado no computador), um pouco de crapware da TIM (busca, esportes, games – já que a TIM foi a primeira a vender o aparelho com exclusividade).

O Flipboard, exclusivo do Galaxy S III e que já vazou, roda também que é uma beleza 😉

Recursos comuns ao Galaxy S II no software incluem o gerenciamento de tarefas, economia de energia, controle de dados (ligar e desligar) e o suporte nativo (yay!) a formatos de vídeo, incluindo MP4 (abaixo) e AVI (rodou bem até nossa amostra de Big Buck Bunny em 720p).

A câmera é OK, nada demais, se encaixa no clássico modo “fotos incríveis de dia com luz boa, fotos borradas à noite “. Mas em modo noturno você pode ter alguma sorte com luz boa e mão firme:

Tem uma galeria de fotos na nossa página no Facebook.

Vídeos vão até 720p de resolução – e vale a mesma máxima da câmera fotográfica: bom de dia, ruim à noite. Qualidade 1280 x 720 máxima.

Nagano comenta: Uia, a boa e velha cidade de San Jose — coração do Vale do Silício.

 

Desempenho

Nos benchmarks padrão do Android, o Galaxy S II Lite tem um baita desempenho bom, mesmo com configurações um pouco mais básicas que o Galaxy S II (nossa referência em smartphones Android, descontando o foblet). Olha só:

– Vellamo Browser (navegador): 832 pontos // 968 pontos no Galaxy S II
– Quadrant Standard Edition (desempenho): 2.857 pontos // 2.959 pontos no Galaxy S II
– AnTuTu Benchmark (desempenho): 5.159 pontos // 5.660 pontos no Galaxy S II
– NenaMark 1 (vídeo): 56,6 quadros por segundo // 59,8 quadros por segundo no Galaxy S II
– NenaMark 2 (vídeo):  36.4 quadros por segundo // 44,1 quadros por segundo no Galaxy S II

Bateria: em um dia de uso intenso (3G, GPS, e-mail, ligações,, Twitter, Foursquare, Facebook, Internet, SMS, música), a bateria levou 9 horas para atingir o nível de 20%. Número bastante interessante para um aparelho que tem um ótimo sistema de gerenciamento de energia (abaixo de 50% você pode desligar 3G, Wi-Fi, sincronizações, brilho etc.). E nada a reclamar sobre o telefone: boa qualidade de som para fazer e receber ligações.

Conclusões

O Samsung Galaxy S II Lite não é o Galaxy S II, mas isso não é um problema. Tem menos recursos para ter um melhor preço com um desempenho parecido. O único ponto que me incomoda aqui é que, com a chegada em junho do Galaxy S III, provavelmente o preço do S II deve baixar para algo em torno de R$ 1.200 e, entre os dois, a escolha certa é o Galaxy S II. Também ainda falta a Samsung responder se o S II Lite vai ter atualização para o Android 4.0 (que já está disponível para o S II, por sinal).

Com quem o S II Lite concorre? Com o Huawei Honor e possivelmente com o LG Optimus L5 e o HTC One V, que ainda não foram lançados e imagino/torço/espero que fiquem na mesma faixa de preço.

Resumo: Samsung Galaxy S II Lite (GT-I9070)
O que é isso? Smartphone com sistema operacional Android 2.3.6
O que é legal? Tela grande, bom desempenho, excelente suporte para vídeos e fotos.
O que é imoral? câmera lenta.
O que mais? Design diferente e curvado, bom preço para o desempenho
Avaliação: 7,0 (de 10). Entenda nosso novo sistema de avaliação.
Preço sugerido: R$ 999 (desbloqueado na TIM; operadoras podem ter preços melhores com pacotes de dados)
Onde encontrarSamsung

 

 

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

Disclaimer: o ZTOP+ZUMO tem links de afiliados com a Amazon e pode ser
remunerado caso você clique em links neste artigo e compre algo.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos