ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Review: impressora laser Samsung CLP-610ND

Imagine em tudo que você gostaria de ter numa laser em cores de médio porte para uso pessoal e pequenos negócios (SMB) e você pode acabar com uma Samsung CLP-610ND, um novo modelo com velocidade de impressão de 20 ppm tanto em cores quanto preto e branco e resolução máxima de 2.400 x 600 ppp.

Se comparado com sua antecessora (CLP-600), a CLP-610ND é um produto totalmente reformulado, com um novo desenho e mecanismo de impressão. Os principais atrativos estão na sua carga de trabalho mensal (65 mil impressões/mês), suporte para rede local (com porta de rede e software gerenciador incluso) e sistema de impressão em frente e verso (duplex) automático, uma mão na roda para aqueles que desejam economizar papel de maneira simples e direta.

Ao contrário dos seus irmãos menores como as CLP-300/350, a CLP-610ND é quase do mesmo tamanho (e peso) de uma TV de tubo de 20 polegadas, ou seja 43,2 x 34,2 x 42,6 cm (LxAxP) e 25,6 kg de peso. Um pouco grande para ser chamada de compacta, mas ainda bem menor que algumas concorrentes do mercado.

O acesso ao seu interior é feito pela frente por meio de uma grande porta onde podemos ver a cinta de transporte de papel. Em um outro compartimento na parte de cima da impressora está o fusor, outra peça de desgaste tambêm de fácil substituição. Na parte de cima também fica seu painel de controle formado por quatro botões de comando, um LED de aviso de estado de um botão de parada de impressão (que realmente funciona!).

As mensagens do visor LCD podem ser configuradas para o português.

Curiosamente, não vi nesse equipamento a presença do botão de economia de toner, muito popular nas monocromáticas na empresa. Segundo João Hiroshi Yazaki, gerente de produtos de Impressão da Samsung, esse recurso não faz sentido numa impressora em cores, já que o uso de menos toner resultaria numa impressão com cores mais fracas beirando o pastel, o que pode não ser exatamente o que o usuário espera, ou seja uma reprodução fiel de cores.

Boa parte do seu espaço interno é ocupado pelos quatro cartuchos de toner em cores (CMYK) montados na horizontal que, assim como os modelos da HP, o cartucho já vem com o cilindro de imagem integrado, o que não é uma solução muito apreciada pelo pelo usuário final devido ao custo (principalmente se comparado com as soluções que repõe somente a tinta), mas que tem suas vantagens principalmente por garantir um cilindro novo e em bom estado a cada troca de tinta.

A impressora possui duas entradas de papel: uma frontal para papéis especiais ou envelopes (10 folhas por vez) e uma gaveta com alimentação automá¡tica para 250 folhas. Uma gaveta adicional para mais 500 folhas está disponível na forma de um acessório vendido sob encomenda.

Seu processo de instalação é bastante simples e flexível já que a impressora pode ser ligada diretamente num PC via porta USB ou acessada pela rede. Nesse caso é preciso configurar os recursos da rede diretamente no painel da impressora e, feito isso, basta colocar o CD de instalação em cada PC ligado na rede que o próprio programa se encarrega de localizar o endereço da impressora e instalar os drivers e utilitários necessários. A empresa oferece drivers para Windows 2000, XP, 2003 e Vista, Mac OS X e diversos sabores de Linux como Red Hat, Fedora e Suse.

Mas assim como a CLP-600 a CLP-610ND trabalha apenas com os protocolos de impressão PCL nível 6 e SPL-C (uma espécie de GDI da Samsung). Para aqueles que precisam de PostScript nível 3, a empresa oferece o modelo CLP-660ND.

Com relação ao custo de impressão, a empresa informa que o preço sugerido para o cartucho preto é de R$ 439 reais com autonomia estimada em 5.500 impressões e os em cores R$ 499 (cada) com autonomia estimada em 5.000 impressões. Com isso estimamos o custo por página impressa em torno de R$ 0,07 para a impressão em preto e 0,30 para o modo em cores.

Como seu processo de impressão em preto é praticamente o mesmo do em cores, nos testes realizados, não vimos muita diferença em termos de desempenho com a CLP-610ND imprimindo a 17 ppm (páginas por minuto) em preto no modo normal, 17,8 ppm no modo rascunho e 16,9 ppm no modo em cores, bem mais que a CLP-600 cuja média ficava em torno de 11 ppm. No modo duplex, o desempenho em preto caiu para 5 ppm, algo aceitável se levarmos em consideração a economia de papel na faixa dos 50%.

A qualidade dos gráficos é boa (para uma laser), assim como a formação dos caracteres no modo normal que não apresentou os serrilhados característicos de imagens de baixa resolução. As massas em preto são consistentes porém apresentam certa granulação quando incidimos uma luz diretamente na sua superfície, algo que já vimos em outro modelo da casa, a ML-1630 e, como disse na época, não é nada que deva preocupar o usuário, já que isso é mais uma firula técnica ligada às características físicas dos grãos do toner do que um defeito propriamente dito.

No geral, minha impressão da CLP-610ND foi bastante positiva já que, como comentei no início, ela traz a maioria dos recursos desejáveis numa laser em cores de pequeno/médio porte para SMB, como bons recursos, facilidade de instalação, conexão, manutenção e uso.

logo-zumoindica

Resumo: Samsung CLP-610ND
O que é isso? — Impressora laser em cores para SMB de 20 ppm.
O que é legal? — Boa qualidade de imagem, porta de rede e duplex automático inclusos.
O que é imoral? — Não tem suporte para PostScript.
O que mais? — Os interessados em PostScript devem procurar o modelo CLP-660ND.
Avaliação: 8,0 (de 10). Entenda nosso sistema de avaliação.
Preço sugerido: R$ 1.499.
Onde encontrar: www.samsung.com.br

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Logo interessante! Seria uma faixa de Moebius ou o infinito?

  • havok

    A samsung pode até tentar, mas é péssima pra impressão a laser colorida, as cores ficam “chapadas” e muito diferente do que aparecem na tela, fiz teste de impressora color samsung e color HP e HP se saiu milhares de vezes melhor, tente imprimir três tons de azul e já vai ver a diferença…

  • Olá Mario,

    gostei do review e gostaria de perguntar se posso utilizar parte do seu texto em meu site
    . Eu vendo essa impressora e achei legal o review, se voce autorizar eu coloco em meu site e claro, cito a fonte se voce permitir. E derepente sugerir que voce atualize o preço pois atualmente caiu bem o valor dessa impressora e realmente tá valendo a pena.
    Obrigado,
    Fernando