ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Review: Placa-mãe PCWare APM80-D3

Para quem procura uma placa-mãe simples e honesta para a computação do dia-a-dia, uma opção pode estar na PCWare APM80-D3, voltada para a plataforma AMD.

Baseado no padrão de formato micro-ATX (24 x 19 cm), a APM80-D3 é uma placa-mãe simples e sem muita frescura — e como sua prima a IPM41-D3, ela procura  oferecer todos os recursos que podemos chamar de essenciais para montar um PC de uso geral, mas não espere nada muito além disso.

O seu layout é bem organizado, com todas as suas entradas e saídas posicionadas ao redor da placa numa distribuição bem intuitiva o que facilita a sua montagem, já que você não precisa ficar adivinhando onde deveria estar o que.

O que torna essa placa bastante flexível é o fato dela ser baseada no bom e velho soquete AM3 que aceita desde um singelo processador AMD Sempron até um AMD Phenom II quad ou até six-core…

… que irá trabalhar em conjunto com o chipset AMD RS740 (uma evolução do 690G) e que vem equipado com uma aceleradora gráfica Radeon 2100 com suporte para DX9.0 (mas não DX10 ou superior) ou seja, apesar do arrepio que o nome “Radeon” ainda provoca no subconsciente de algumas pessoas, também não espere milagres desta GPU.

 

Já seu chipset southbridge é uma SB710 que integra diversas interfaces atuais e legadas, barramento PCI e até som no mesmo encapsulamento.

E ao contrário de outras placas-mãe que vimos recentemente, o soquete ATX para o processador da APM80-D3 ainda é do tipo mais simples com apenas quatro vias o que permite o uso de fontes mais antigas o que pode ser particularmente interessante no caso de um upgrade de máquina.

A PCWare gosta de destacar que um dos grande atrativos da APM80-D3 é que ela já é compatível com o atual padrão de memória DDR3  de 800/1.066/1.333 MHz com suporte até 8GB de memória. Note o conector verde de nove pinos que seria a saída para uma porta serial padrão RS-232C um item ainda apreciado em aplicações de automação comercial.

No canto oposto podemos ver a saída para até quatro discos SATA 300 (c0m suporte para RAID 0, 1 e 0+1) ao lado do conector para uma daughter card com chip de segurança TPM opcional. Aparentemente ela deve ser  a mesma que é usada pela IPM41-D3.

Logo acima delas vemos o jumpes que limpa a CMOS da BIOS e os conectores para o painel frontal.

E mais em cima, podemos ver os conectores para potas USB 2.0, SPDIF-OUT e conexões de áudio para o painel frontal.

 

Em relação aos slots para placas de expansão temos o que chamo de básico e necessário: um PCIe X1 e outro PCIe x16 e duas PCIs.

No seu painel traseiro uma boa combinação de interfaces novas e legadas: (a partir da direita) duas PS/2 para mouse e teclado, serial, paralela e SVGA, quatro USB 2.0, uma porta de rede Gigabit Ethernet (Realtek RTL8111DL) e saída de som HD de seis canais (Realtek ALC662). A PCWare fornece suporte de drivers para Windows 7, Vista e XP.

Sob testes:

Para testar essa placa utilizamos um processador mainstream — neste caso um Athlon II x2 245 — um modelo dual core de 45 nm, 2,8 GHz e 1.024 KB de cache L2.

 

 

Completamos o sistema utilizando 4 GB de SDRAM DDR3 1066 distribuídos em dois pentes Kingston KVR1066D3N7/2G de 2 GB cada e um disco rígido Seagate Barracuda XT ST32000641AS SATA 600 de 2 TB. O sistema operacional utilizado foi o Windows 7 Ultimate de 32 bits.

Segundo o Índice de Experiência do Windows o sistema bateu 3,4 pontos o que, de acordo com a Microsoft classifica esse sistema como capaz de tirar pleno proveito dos recursos do Windows 7, incluindo sua interface Aero Glass mas ainda não é a melhor opção para aplicações pesadas de gráficos e mídia (o que exigira um valor igual ou acima de quatro pontos):

Esse comportamento também pôde ser sentido mos testes com o HDxPRT mostram que o APM80-D3 obteve apenas 110 pontos, mas bateu as cinco estrelas nos testes de vídeo em HD:

Nos outros testes, a plataforma da PCWare bateu 125 pontos no Sysmark 2007 Preview 1.05, 4.320 pontos no PCMark Vantage. No AutoGK 2.45, o sistema levou 1h11m16s para transformar um filme em DVD para um arquivo AVI de 700 MB. O processo oposto (criar uma imagem de DVD a partir de um arquivo de vídeo) feito com o DVDFlick 1.3.0.6 foi de 3h04m041s utilizando um thread e 2h26m04s com dois threads.

E o Super Pi do David Lopes:

Se comparado com a PCWare IPM41-D3 equipado com um Core 2 Duo E7500 de 2,9 GHz o desempenho da APM80-D3 ficou um pouquinho abaixo em termos de desempenho mas não tão atrás ao ponto de podermos dizer que ela comeu poeira. O mais correto seria dizer que ele ficou colado no carro da frente enchendo o retrovisor do lider da prova.

Sob esse ponto de vista optar entre uma IPM41-D3 ou uma APM80-D3 é uma questão de gosto (ou paixão) pessoal já que em muitos aspectos as placas se equivalem e atendem ao mesmo público alvo ou seja para aqueles que desejam montar um sistema simples e funcional sem gastar muito ou que gostaria de fazer um upgrade naquele desktop com Athlon XP ou Pentium 4 que não está mais dando conta do recado.

Resumo: Placa-mãe PCWare APM80-D3

O que é isso? Placa-mãe Micro-ATX para processadores AMD com soquete AM3.
O que é legal? Bom conjunto de recursos, compatível com memórias DDR3.
O que é imoral? Nenhum suporte on-board para interfaces mais novas/sofisticadas como USB 3.o, HDMI, SATA 600, etc.
O que mais? Essa placa foi recentemente substituída por um novo modelo.
Avaliação: 7,0 (de 10). Entenda nosso novo sistema de avaliação.
Preço sugerido: não divulgado

Onde encontrar: www.pcware.com.br

 

 

 

 

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • TN1

    Acho que houve um engano no resumo, dizendo que é uma placa mãe para processadores Intel.

    • mnagano

      Sim, estava errado. Brigadão pelo toque.

  • dflopes

    Boa placa, se for um preço justo, temos um ótimo produto para o varejo nacional.

    E o super-Pi teve um bom resultado.

    Vcs não poderiam refazer os testes com uma plca de vídeo mediana, tipo NVidia serie 9000 (ou serie 200)? Pra avaliar como se fosse um conjunto mediano a ser comprado?

    Poderia ser postado no remonte seu PC…

  • Guilherme

    Essa placa NÃO SUPORTA WINDOWS XP, quem for comprar ela com a intenção de usar o XP nela (como eu), nao perca tempo…

    • welington

      o que placa mãe tem a ver com sistema operacional e-e

  • Guilherme

    Welington, compra ela e tenta instalar o windows xp e vê o que acontece, aí vc vai entender!

  • R. Brown

    Tenho a Placa Mãe , acho muito boa , mas preciso de mais informações sobre a saída SPDIF . Pois no meu PC ela fica falhando. Se alguem puder me ajudar ´fico muito grato.

  • Nardin Gonçalves

    Excelente análise. Tenho minha APM 80 d3 até hoje, firme e forte. Graças a esse blog encontrei várias informações que precisava. O site oficial da placa é uma porcaria, deixou todos os clientes na mão.

    • jose ronaldo

      amigo ? poderia me fornecer algum site onde baixo os drives dessa placa mae ou algum programa ?

      • Nardin Gonçalves

        Olá. Eu uso o programa driver booster. Ele encontra e baixa automaticamente os drivers.