ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Review: PCWare IPXLP-MB DC (mais um Atom dual core!)

PCWare_IPXLP_intro2

Depois da nossa análise (exclusiva) da placa-mãe ASUS AT3N7A-I fica uma dúvida: qual seria o desempenho dela se comparada com os outros modelos com Atom 330 + chipset Intel 945G mais comuns no mercado? Coincidência ou não recebemos para teste a nova placa PCWare IPXLP-MB produzida pela Digitron que, de um certo modo, é uma prima distante da Intel D945GCLF2DBR cuja versão nacional foi anunciada ontem (13/10) e que também começa a ser fabricada pela mesma Digitron. Some-se elas a outros modelos já montados por aqui pela Foxconn e pela Visum e vemos que até que não estamos tão mal servidos de plataformas com Atom 330.

Mas como é que ela se saiu em nossos testes? Respostas depois do clique.

Assim como outros produtos com a marca PCWare, a IPXLP-MB parece ser um OEM da ASUS/Pegatron aparentemente disponível só na região da Ásia e obviamente no Brasil. Ela segue o padrão mini-ITX que ocupa uma área equivalente à um quadrado com 17 cm de lado e pode ser instalada em qualquer gabinete e fonte que atenda ao padrão ATX o que torna esse produto fácil de ser instalado na maioria dos gabinetes (e fontes) disponíveis no mercado.

A embalagem:

PCWare_IPXLP_Box

O recheio:

PCWare_IPXLP_overall_small

Diagrama dos componentes:

PCWare_IPXLP_layout_small

Ao contrário da ASUS AT3N7A  ou mesmo da Intel D945GCLF2DBR, notei que a placa da PCWare não possui entrada adicional de +12 Volts, recebendo assim energia apenas pelo seu conector ATX de 24 pinos.

PCWare_IPXLP_connector

Quando o assunto são entradas e saídas, internamente a IPXLP-MB vem equipada com duas portas SATA, um slot para pente de memória DDR2 de até 667 MHz, saída de som e duas portas USB para o painel frontal. Note que ao contrário da D945GCLF2DBR, a IPXLP-MB não conta com uma porta IDE ainda muito usada para em unidades de disco óptico.

PCWare_IPXLP_memo_sata_small

Como é comum nesses produtos, essa placa também conta com um slot PCI livre para algum tipo uma placa de expansão.

PCWare_IPXLP_slot_PCI_small

Para facilitar a vida do integrador/usuário a placa já vem com seu próprio alto-falante para bipar os estados do sistema montado ao lado do jumper que limpa a CMOS e um curioso conector descrito como ROM Recovery no manual.

PCWare_IPXLP_ROM_recovery_small

A boa notícia é que na parte de trás podemos ver diversas interfaces legadas como saídas para teclado e mouse PS/2, porta serial e paralela, SVGA, quatro USBs, rede Fast Ethernet e som. Simples e na medida.

PCWare_IPXLP_back_panel_small

Assim como na plaquina da Intel, a IPXLP-MB vem com dois dissipadores de calor montados sobre o chipset Intel 945G e o Atom 330.

PCWare_IPXLP_cooler_pass_small

O curioso é que ao remover essas peças, vemos que o chip maior (no centro) é na realidade o chipset e não o processador (acima).

PCWare_IPXLP_chips_small

Um detalhe que me chamou a atenção nessa placa é que o irradiador do chipset não vem com uma ventoinha instalada  o que — a primeira vista — abre possibilidades muito interessantes como montar PCs mais silenciosos.

Mas ao ligar essa placa pela primeira vez, passados alguns minutos eu me assustei ao tocar o dissipador do chipset e notar que o mesmo estava bem quente. Peguei meu termômetro a laser e fiz algumas leituras e medi um pico de 65° Celsius. O dissipador do Atom estava em torno de 60°.

O curioso é que o kit de acessórios que acompanha a placa mãe existia uma pequena ventoinha que pode ser ligada na única saida de alimentação da placa-mãe para esse dispositivo. O resultado final é mais ou menos este:

PCWare_IPXLP_cooler_ativ_small

Depois disso, a temperatura do chipset nunca passou dos 35° e como as aletas do cooler do chipset estão alinhadas com as do processador, esta também se beneficia do fluxo de ar da ventoinha para dissipar o seu calor.

Mesmo assim fiquei encucado se o uso da ventoinha seria realmente necessária ou não. Depois de finalizar com os testes padrão, só de farra eu botei para rodar o Prime95 um utilitário muito bom para estressar o processador e o PC  como um todo. A placa ficou funcionando initerruptamente por 12 horas com o chipset cozinhando a 65° e o sistema manteve-se firme, não travando muito menos abrindo o bico.

Minha impressão é que a IPXLP-MB pode até trabalhar sem ventoinha, mas como ela já vem de graça como acessório, não custa nada usá-la para que os chips trabalhem a temperaturas mais amenas. Como alternativa, o usuário pode optar por  instalar uma ventoinha maior no gabinete (ligando a mesma na placa-mãe) fazendo com que o ar circule pelo interior do gabinete.

Sob testes:

Botar uma placa dessas para funcionar é um procedimento simples: basta instalar um pente de memória (no meu caso 2 GB de DDR2 de 800 MHz) um disco SATA 300 Western Digital Caviar de 80 GB/7.200 rpm e um gravador de DVD Samsung via porta USB. Como a IPXLP-MB dispensa o uso do conector ATX adicional de +12V utilizei uma fonte HiPro HP-M145A3 de 100 watts que retirei de um velho IBM Aptiva com Pentium III que conectei na placa por meio de um adaptador de 20 para 24 pinos. Aparentemente essa adaptação deu certo já que todos os testes ocorreram sem problemas com a montagem consumindo algo em torno de 36 watts  sem fazer nada (modo idle) chegando a picos de 42 watts trabalhando a plena carga. Trata-se de um resultado impressionante se levarmos em consideração que a AT3N7A-I — nas mesmas condições — consumiu 52,7 watts sem fazer nada.

Fiz as conexões com o painel frontal e o sistema está pronto para uso. Apesar de não ser o usual, o sistema operacional utilizado foi o Windows Vista Ultimate. O CD de drivers e utilitários que acompanha o produto ainda vem com drivers para XP e Vista e como não existe nada de novo nessa plataforma, acredito que ela também seja compatível com o Windows 7.

Como comentei na análise do AT3N7A-I Apesar de não ser um processador necessariamente veloz (apenas 1,6 GHz com FSB de 533 MHz), o Intel Atom 330, com seus dois núcleos físicos e dois núcleos “lógicos”, consegue ser um chip particularmente ligeiro, principalmente quando o quesito é tempo de resposta em aplicações multitarefa, mas isso não deve ser confundido com capacidade de processamento pesado onde a CPU pode passar muito tempo ocupada devorando uma grande massa de dados, passando a impressão que o programa está lento. Digno de nota é saber que o Atom 330 tem suporte para 64 bits, ao contrário do seu irmão menor e mais famoso, o N270.

Como era de se esperar, no índice de experiência do Windows Vista bateu 3,0 pontos segurado pelo seu desempenho gráfico. Para mim isso já é uma indicação de que essa placa não seria a melhor solução para gamers.

PCWare_IPXLP_Vista_exp

Com relação aos outros resultados, a IPXCLP-MB obteve 38 pontos no Sysmark 2007 Preview 1.05, 1.500 pontos no PCMark Vantage. No PCMark 2005, o Ion bateu  2.016 pontos e no 3DMark 2006 144 pontos.

Se comparado com a AT3N7A-I a placa da PCWare teve um desempenho praticamente idêntico nos testes baseados essencialemte em aplicativos como o Sysmark 2007, sendo que a vantagem para o Ion aumenta a medida que a aceleração gráfica ganha importancia como o PCMark/PCMark Vantage chegando a ser gritante no caso do 3DMark 2006 onde a GeForce 9400 do Ion bateu 1.400 pontos contra os 144 pontos do Intel GMA 950 do 945G.

No AutoGK 2.45 a placa da PCWare levou aproximadamente 3h5842s para transformar um filme em DVD para um arquivo AVI de 700 MB. O processo oposto (criar uma imagem de DVD a partir de três arquivos de vídeo) feito com o DVDFlick 1.3.0.6 foi de 8h03m17s utilizando um thread e 4h39m25s com quatro threads. Novamente, nas tarefas fortemente baseadas no processador, o desempenho da IPXCLP-MB é praticamente a mesma da AT3N7A-I.

Nos testes com o HDxPRT da Intel que mede a experiência de uso em alta definição, mais resultados interessantes: 34 pontos para a criacão de conteúdo HD e 1,5 estrelas para reprodução de conteúdo HD.  Novamente, nos resultados que dependem mais do processador as duas placas praticamente se equivalem e nos que dependem da GPU a IPXCLP-MB fica bem pra trás comendo poeira.

PCWare_IPXLP_HDxPRT_small

Comparado com a ASUS AT3N7A:

ASUS_AT3N7AI_HD_PRT_small

O que tudo isso mostra? Primeiro, que a placa da PCWare não deveria ser considerada uma concorrente do Ion. Na minha opinião, enquanto a plataforma da NVidia é uma interessante solução para aplicações de áudio, vídeo e computação visual, a IPXCLP-MB é um produto mais pé no chão voltado para as aplicações do dia a dia (como editar um texto, trocar mensagens e acessar a Internet) onde um computador simples, ligeiro e econômico (tanto no custo quanto no consumo de energia) atenda plenamente às necessidades do usuário.

Segundo: sob esse ponto de vista, existem inúmeros segmentos de mercado que poderiam tirar proveito dessa plataforma, como call centers, telecentros, escolas ou até mesmo como um segundo computador da casa funcionando como um terminal para acesso à Internet.

Como a IPXCLP-MB ainda conta com uma porta serial e paralela, ela também pode ter o seu espaço no mundo da automação comercial. Devido às suas pequenas dimensões é possível montar equipamentos de visual e uso mais dedicado, como caixas eletrônicos, terminais de consulta, sistemas de monitoramento, controle de estacionamento, etc. Num país como o nosso onde pequenos empreendedores tem muita imaginação para criar uma aplicação matadora mas nem sempre conta com recursos suficientes para desenvolver o seu próprio hardware, podem desenvolver suas idéias no seu PC de casa e implementá-las por meio de uma plataforma genérica de hardware como a plaquinha da PCWare.

Finalmente para os entusiastas, pode ser até que a  IPXCLP-MB não seja a melhor solução para montar seu media center, mas com seu processadorzinho “quadcore” de 32/64 bits de baixo consumo ela pode ser o ponto de partida para a montagem de um servidor doméstico sob medida para as suas necessidades, podendo instalar qualquer serviço que lhe dê na telha, como servidor de arquivos, impressora, cliente de torrent, servidor Web, email, firewall, proxi, vigilância com webcâmera, etc… Tanto em Windows quanto em Linux!

Minha única reserva, nesse caso é o fato dessa placa vir equipada apenas com uma porta Fast Ethernet (10/100 mbps) ao invés de uma porta Gigabit Ethernet (10/100/1000 mbps) solução por sinal, já disponível na Intel D945GCLF2DBR. Nesse caso poderia-se utilizar o slot PCI para instalar uma segunda porta Gigabit, mas assim perde-se a possibilidade de utilizá-la para instalar mais portas SATA no sistema.

No final das contas, é tudo uma questão de imaginar e colocar em prática.

Ainda em tempo: Acabei de receber a informação da Digitron de que a placa mãe Intel D945GCLF2DBR pode chegar ao usuário final na faixa dos R$ 270. Isso por que o fabricante não vende direto para as lojas e sim para os seus canais de distribuição que depois passam para seus clientes. De qualquer modo para o usuário final, isso é uma notícia bem vinda, já que pagando um pouco mais o usuário receberia uma porta de rede Gigabit no lugar da Fast Ethernet e uma IDE extra para ligar seu gravador de DVD ou mesmo um disco reaproveitado de algum PC mais antigo. Os integradores por sua vez podem dar preferência para a placa da PCWare devido a economia de escala.

De um certo modo, essas placas podem até nem bater de frente uma com a outra, já que cada uma pode atender a diferentes segmentos de mercado.

Resumo: PCWare IPXCLP-MB DC

O que é isso? Placa-mãe mini-ITX com processador Atom 330 + chipset 945G.
O que é legal? Plataforma simples, versátil e relativamente acessível. Atom dual core com suporte para 32/64 bits.
O que é imoral? Desempenho gráfico modesto, poderia vir com porta Gigabit Ethernet.
O que mais? Vem equipada com porta PS/2, serial e paralela, interfaces ainda populares em aplicações comerciais.
Avaliação: 6,5 (de 10). Entenda nosso novo sistema de avaliação.
Preço sugerido: R$ 250 (preço estimado para o consumidor final).
Onde encontrar: www.pcwarebr.com.br.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Mr. Nagano,

    muitas coisas à perguntar:

    a) curiosidade geek : como faço para medir o consumo de um equipamento usando apenas um multimetro portátil (meço a amperagem ligando o multimetro em serial e depois multiplico pela voltagem obtendo o resultado em amperes?)

    b) Video HD: Apesar desse video onboard não aguentar nem DOS, não existe GPU com interface PCI? Aí poderíamos colocar uma placa wifi para usa-lo como media center

    c) consumo: os 42W fazem o PS3 ficar com vergonha, nos seus 200W de pico

    d) e como assim não tem IDE????

  • Oi David,

    Ok, vamos por partes,

    a) O meu medidor dá a leitura direta em Watts. Vou pesquisar esse assunto para ver se acho um meio simples e prático usando um meter ou um alicate amperímetro.

    Atualização: Nah… pelo que pude ver é mais fácil usar logo um Kill-a-Watt:

    http://www.amazon.com/P3-International-P4400-Electricity-Monitor/dp/B00009MDBU/ref=sr_1_1?ie=UTF8&s=electronics&qid=1255532418&sr=8-1

    b) Acho q a Matrox é a única empresa que ainda fabrica placas de vídeo com barramento PCI. O problema nesse caso é que não sei se essa interface teria throuput suficiente para processar vídeos em HD.

    http://zumo.com.br/2007/10/17/matrox-lanca-placas-de-video-pci-e-pci-express-x1/

    c)Sim esse diabinho consome pouco mesmo, mas observe que, na prática era apenas a placa-mãe e o HD que realmente trabalharam nesse teste.

    d.1)(resposta bateu-levou) E eu sei lá cara… vai brigar com a PCWare!!!

    d.2) (resposta arrependida e bem educada) O que acho é que isso pode ser é algum tipo de economia de custos já que, na teoria, as novas leitoras de CD/DVD já vem com porta SATA mas que, ao mesmo, tempo impede a instalção de um segundo disco. De qualquer modo, a placa D945GCLF2DBR da Intel ainda vem com uma EIDE e duas SATA e a AT3N7A apenas com três SATA.

    [ ]s

    M.

  • Pingback: Tweets that mention Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Review: PCWare IPXLP-MB DC (mais um Atom dual core!) -- Topsy.com()

  • Rapaz… muito obrigado.
    Estou brigando com uma maquininha aqui (aquele velho PIC de R$99 do submarino), mas essa dai vai servir pro meu objetivo, fazer a maquina de download/upload… vai correr tudo por ela… gastando “pouca” energia… acho que vale a pena… valeu!
    Parabéns pela matéria.
    Abraços
    Rogério

  • Walter Mercado

    Vários fabricantes ainda vendem placas com barramento PCI, inclusive com chipsets atuais e suporte a decodificação de vídeos em alta definição (e suporte a HDCP):
    Link

    Se pelo menos a Intel não limitasse a implementação de slots PCI-Express em conjuntos com Atom e 945G…

  • Geraldo Abbehusen

    Parabéns pelo review, comprei um desses para minha mulher ficar na net, fiquei surpreso ao rodar o windows 7 rápido mas não gostei do barulho da fan opcional do chipset, muito barulhento, só que como vc mesmo disse, reduziu muito a temperatura interna, existiria algum software para monitorar essa fan?

    Obrigado.

    Geraldo

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Review: Desktop Lenovo 3000 C300 All-in-One()

  • jose antonio

    gostaria de comentar o editorial, muito bem explicado, adquiri esta placa ipxlp-mb dc, mais nao pude ligar, devido ao fato de nao ter ide para cd rom, mais a explicação me deixou mais tranquilo, referente ao desempenho do mesmo. obrigado

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Review: Placa-mae Intel D510MO (com Atom Pine Trail dual-core!)()

  • Automação Comercial

    A placa apresnta uma falha ao utilizar um teclado fiscal com interface PS2. Joga apenas caracteres espúrios no display, necessita de uma correção por parte do fabricante

  • elaine cristina

    tenho leitor de cd/dvd de pcs antigos e nao tem 'entrada'nessa placa,ql o leitor devo usar????usb?

  • Marcelo Jonsson

    Primeiro, Parabens pela avaliação. Comprei um cpu com uma placa integrada dessa para meu filho. Gostaria de saber se a esse slot PCI na placa pode-se conectar uma Placa de Video Externa de 512, ou não? E esse esse video compartilhado dela aguentaria rodar jogos? Se a resposta for sim, até quanto?

    Grato

  • Pingback: Como montar um mídia PC | zumo: (re)monte seu PC()

  • Renan Tambarussi

    Eu uso uma IPXLP-MB (usava) cara, ela tem um bom desempenho se o assunto é vc usar ela para um escritório ou apenas internet, me arrependo amargamente de usar essa placa para "tentar jogar" pois sinceramente fica muito ruim os jogos com ela ( alguns jogos ) a própria placa de video integrada nela é de 128mb mais msmo assim, não ajuda muito, usei uma G-Force de 512mb para tentar jogar com ela, mais não deu muito certo, acho q o desempenho do processamento dela não é o suficiente. Não tenho oq reclamar dela e de verdade, não me arrependo de ter comprado ela, pois para usar para serviços mais leves eu dou nota 10.. e qto ao desempenho no windows 7, perfeito, a IPXLP-MB e o windows 7 são feitos um para o outro não há do que reclamar, mais lembre-se, se vc for um gamer ou joga alguns jogos mais "pesadinhos" ela fará com que vc perca a paciencia HEauisheUIAHSeuiHASUieh

  • Rafael

    comprei ela, precisava de uma solução barata mas de qualidade pra acessar internet, reproduzir filmes, cotidiano mesmo já que jogava no video game, nesses quesitos nota 10! mas desde que comecei a usar ela dois modems do virtua já queimaram a porta de rede, me falaram que a rede onboard dessa placa costuma queimar portas de rede dos dispositivos conectados a ela, mas me parece só boato alguem sabe algo sobre isso?

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Review: Gigabyte GA-H55N-USB3 (mini-ITX para Core i3/i5/i7)()

  • Tenho um computador com placa mãe ipxlp-mb-dc,quero apenas colocar uma placa de video boazinha não prescisa ser de ultima geração sei exatamente que vai até explodir a minha placa mae srrssrsr só quero saber qual placa de video ela suporta para eu apenas jogar alguns games de pc que existe no mercado e mesmo sendo games mais ou menos antigos,mais o menos placa de video de 256 mb.kero saber qual placa de video ela suporta e saber qua placa mãe eu devo comprar para instalar nesta placa mae ipxlp-mb-dc obrigado pela atenção

    • qual placa de video ela suporta no maximo,placa mãe ipxlp-mb-dc,para jogar uns games de pc mais ou menos antigos,sera que suporta uma placa de 256 mb,obrigado pela atenção.uma coisa é certa alguma placa de video esta placa mae suporta pois tem placas bem antigas que suporta placa de videos boa,como pode uma placa desta sendo mais nova não aguentar uma placa melhorzinha.isto é apenas uma pergunta,porfavor me ajude.me diz o modelo de placa de video ideal para esta placa mãe.um abraço gustavo

  • Agenor Batista

    Tenho uma Ipxlp-mb Intel 945+proc Intel Atom330 da Pegatron e ela apresenta o seguinte problema: só liga quando quer ou quando recebe algumas batidinhas no gabinete, já resoldei toda a penagem do conector da fonte, porque julguei que havia solda fria e não obtive sucesso, portanto, gostaria de alguém me dar uma dica onde poderei localizar este defeito? Obrigado..

  • Lo Ami Berbert Gonçalves

    Parabéns pela matéria. Recebo diversos micros para análise e conserto, e hoje estou com com um com esta Mobo. Ajudou-me muito.