ZTOP+ZUMO

Review: Monitor LG IPS Ultrawide 21:9 de 29″ (29EA93/29EA73)

Novo monitor da LG tem o mesmo formato das telas de cinema, mas a sua utilidade vai muito além de apenas ver filmes.

Desde que os usuários de PC deixaram para trás as telas “quadradas” dos monitores de tubo, sua visão do mundo (digital) ampliou-se muito com a chegada dos modelos LCD de tela larga, cujos formatos mais comuns nos dias de hoje são os 16:9/16:10 — o mais próximo do atual padrão de TV de alta definição ou HDTV (embaixo) .

LG_Ultrawide_modo_HDTV

Porém, muitos filmes (e telas de cinema) ainda adotam um formato ainda mais largo, chamado genericamente de Cinemascope

LG_Ultrawide_movie_169b

… que quando passa na TV não encaixa direito na tela 16:9. Daí, duas alternativas: Manter a altura da tela e cortar as bordas…

LG_Ultrawide_movie_cropped

… ou manter a largura e inserir as notórias barrinhas pretas.

LG_Ultrawide_movie_169_blackbars

Em ambos os casos, alguns usuários mais puristas podem ter a impressão de que não temos a melhor experiência visual, já que ou perdemos informação de imagem ou desperdiçamos espaço na tela, de modo que uma das soluções encontradas pela indústria é a introdução de painéis LCD com novos formatos de tela mais próximos do padrão de cinema.

A primeira vez que vimos algo deste tipo foi em 2009 lá em Portugal com o lançamento da Philips Cinema 21:9 de 59″…  Philips_21x9_ultrawide

… e agora em 2013, a LG (que por sinal, fornece painéis LCD para a Philips) traz para o Brasil o monitor LG IPS Ultrawide de 21:9 (modelo 29EA93):

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Como o próprio nome sugere, o LG Ultrawide é um monitor LCD LED com tecnologia IPS de 29 polegadas cuja área útil da tela é de aproximadamente 67,9 x 28,4 cm (LxA). Para se ter uma idéia dessas dimensões colocamos ela sob um monitor LCD AOC 215vw de 21,5 polegadas cuja área útil é de aproximadamente 47,5 x 27 cm ou seja, a altura do LG Ultrawide é muito próxima de um monitor convencional de 22 polegadas, mas a largura chega a ser ~43% maior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Com relação à resolução nativa a do LG Wide é de 2.560 x 1.080 pixels, contra 1.920 x 1.080 do AOC 215vw. Isso significa uma área útil que pode ser muito bem aproveitada em aplicações de produtividade/negócios, em especial aquelas que demandam a maior área de tela no menor espaço possível.

No exemplo abaixo conseguimos espremer um navegador web e uma tela do Outlook sem sacrificar a qualidade da leitura das aplicações:

Clique para ampliar

Neste outro exemplo abrimos uma tela do Excel e pudemos ver quase 40 colunas de largura padrão ao mesmo tempo no LG Ultrawide contra 29 colunas numa tela Full HD:

Clique para ampliar

Porém não há porque negar negar que a aplicação mais interessante desse monitor é a reprodução de vídeos em 21:9…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

… o que pode ser útil em aplicações mais visuais como edição de vídeos, tratamento de imagens, aplicações de CAD, mapeamento eletrônico, monitoração de sistemas industriais etc.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Como era de se esperar de um equipamento mais voltado para produtividade, os controles do LG Ultrawide são bastante simples que usam botões físicos em vez do sistema de toque. Isso para mim é algo bastante positivo neste caso, já que eles oferecem um feedback tátil, o que torna o seu uso mais direto e preciso.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Como já foi dito anteriormente, esse monitor LCD é do tipo IPS com retroiluminação a LED. Para quem não sabe, a tecnologia IPS (ou In-plane switching) é uma variação da tecnologia LCD onde os elementos de cristal líquido são alinhados horizontalmente, ao contrário do sistema mais convencional conhecido como VA (Vertical Alignment). E por causa disso ele oferece características muito interessantes, como suporte para taxa de atualização de até 240 Hz (contra 60~75 Hz dos LCDs convencionais) e maior ângulo de visão (178° contra 160°), o que permite uma boa imagem mesmo estando meio de lado da tela.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Outra coisa que chama a atenção desse modelo é sua borda relativamente fina…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

…  o que garante a maior área de tela útil no menor gabinete possível. Com sua base instalada, o monitor mede 68,0 x 38,7 x 20,8 cm (LxAxP) e 5,65 kg de peso. Os alto falantes estéreo (2 x 7 watts) ficam montados na base com a saída de som para baixo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A base do LG Ultrawide é uma sólida peça de metal cromada que, apesar da aparente fragilidade, mantém o monitor monitor no lugar e de maneira bastante estável e permite que a tela incline de 5° para frente até 20° para trás.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Fora isso, o usuário tem a opção de fixar o monitor por meio de um suporte compatível com o padrão VESA com espaçamento de 10 cm entre os pontos de fixação.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A parte de trás do gabinete do monitor é na cor branca com acabamento brilhante (boo!), o que passa uma aparência bastante limpa e elegante para o produto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Segundo a etiqueta colada atrás do monitor, esse modelo é importado da Coréia (modelo 29EA93), mas já existe o anúncio de que o mesmo também será produzido localmente na planta da LG em Taubaté, SP. Mais detalhes sobre isso no fim do post.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

À direita do pedestal também existe um ponto de fixação para trava antifurto padrão Kensington, o que proporciona maior segurança para o equipamento ou paz de espírito para seu dono, principalmente se o monitor ficar em locais públicos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Uma curiosidade desse produto é que ele não possui entrada de tomada e precisa ser alimentado por uma fonte externa…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

… de 19,5 volts x 3,8 amperes, muito parecida (se não for a mesma) com aquela que usamos nos notebooks.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Dando uma olhada nas especificações da fonte podemos ver que que ela fornece 5,65 amperes, energia que dá e sobra para esse uso.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O seu painel de entrada e saída parece ser bastante simples e atende bem às necessidades do produto e do usuário.

O que mais chama a atenção é que esse monitor vem equipado com um hub USB 3.0 (uia!) para ligar diversos dispositivos como mouse, teclado, impressora, disco externo, smartphone/tablet etc. nele (e dele para o PC via cabo incluso) com o máximo desempenho. Perto dele podemos ver a entrada e saída de áudio analógico.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ao lado podemos ver suas portas de entrada de vídeo padrão DisplayPort, HDMI, HDMI/MHL que permite ligar um dispositivo móvel compatível no monitor pela porta micro USB (cabo incluso) e o bom e velho DVI-D. Note que esse monitor não possui nenhuma entrada de vídeo analógico/SVGA e mesmo a porta DVI não possui entrada para esse formato de vídeo, de modo que nem adianta tentar usar um daqueles adaptadores simples, já que nem vai encaixar nessa porta.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

De fato, caso o usuário opte por usar essa porta para ligar esse monitor ao seu PC é aconselhável mandatório o uso do cabo DVI-D Dual-Link (à esquerda) que acompanha o produto. Evite o uso de um cabo do tipo DVI-D Single Link (a direita) que, apesar de encaixar no monitor ele não suporta o modo de tela de 2.560 x 1.080 pixels.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Também vale a pena lembrar que pelo conector DVI não passa sinal de áudio, de modo que neste caso é necessário usar um cabo de som estéreo (também incluso) para ligar o PC ao monitor.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Um detalhe muito importante que o consumidor precisa saber mesmo antes de optar pela compra deste monitor é verificar se a aceleradora gráfica do seu PC/notebook é capaz de gerar um sinal de vídeo de 2.560 x 1.080 (leia esse último trecho em negrito novamente, por favor).

Pela nossa experiência, muitas aceleradoras mais simples ou mais antigas não suportam essa resolução de tela…

LG_Ultrawide_resolution2

… de modo que o usuário corre o risco de não poder tirar pleno proveito desse produto tendo que aguentar coisas como essa:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O menu de opções do LG Ultrawide já vem em português e a sua operação/uso é muito parecida com outros monitores que já vimos no passado: A princípio meio estranho já que devido a pela falta de prática + conhecimento de qual botão faz o quê (embaixo), temos a impressão de que a gente seleciona uma coisa e o monitor faz outra, o que demanda um pouco de prática, perícia, coordenação motora e paciência de nossa parte até nos acostumarmos com esse sistema. Mas como na vida real usamos esse recurso de vez em nunca, não considero isso um ponto negativo ou coisa do tipo.

LG_Ultrawide_diagrama_painel

Fora isso, a interface com o usuário até que é bastante simples e intuitiva:

Clique para ampliar

LG_Ultrawide_menu_principal2

A LG destaca que um dos grandes atrativos desse monitor é sua capacidade de apresentar o sinal de vídeo vindo de dois computadores ao mesmo tempo, separando a tela ao meio por meio do recurso PIP (Picture in Picture).

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Observamos porém que para isso funcione, o monitor exige que uma das fontes de sinal entre pela porta DisplayPort (Hein???) ou seja, nada de DVI + HDMI ou HDMI1 + HDMI2 — ou o sistema trabalha com DisplayPort + alguma coisa ou neca de pitibiriba.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Outro recurso curioso do LG Ultrawide é seu sistema de ajuste de tela que possui as seguintes opções:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O chamado modo 1:1 ou seja, um pixel da tela para um pixel da imagem…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O modo Normal que parece ser igual ao anterior, mas que segundo o manual, ajusta a imagem de acordo com a relação de aspecto do sinal de vídeo de entrada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O modo Wide que ajusta (ou mais exatamente estica) a imagem para a largura total da tela idependente do sinal de entrada, causando assim leves distorções.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Já o chamado Cinema 1 faz um ajuste diferente na tela, encaixando a tela original (neste caso em 16:9) para o 21:9 porém cortando as bordas superior e inferior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Já o modo Cinema 2 faz algo semelhante, porém ajustando o espaço para que o mesmo tenha um espaço embaixo para as legendas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Fora isso, o LG Ultrawide dispõe de diversas opções de configuração incluindo algumas bem avançadas como controle de cores com suporte para sistema calibrador de cores True Color Finder (que já acompanha o produto), ajustes especiais para aplicações de PC (visualizar textos, fotos, filmes, jogos e pessoal) ou vídeos (padrão, vívido, cinema e pessoal), seleção de Gama, controle individual de temperatura de cores, SSC/CI etc.

Clique para ampliar

E como a palavra de ordem nos dias de hoje é sustentabilidade, o LG Ultrawide possui um modo ECO que, segundo o fabricante, consome menos energia e informa essa economia na forma de árvores salvas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Nossas conclusões:

Como podemos ver, o LG IPS Ultrawide 21:9 é um produto bem diferente do que estamos acostumados a ver por aí, e é por ele ser tão diferente é importante que o usuário conheça bem os seus pontos fortes e suas limitações para que não tenha a má experiência de levar esse monitor para casa e descobrir que ele não é exatamente o que você pensava (e é por causa disso que você lê os nossos reviews né?)

Sob um certo ponto de vista, o LG Ultrawide é um produto de nicho cujo foco é oferecer um recurso ainda raro por aqui que é um modo de tela de cinema 21:9. Mas, para isso, ele não é um produto muito comprometido com as tecnologias do passado, como não aceitar sinal de vídeo analógico/SVGA ou aceleradoras gráficas incapazes de trabalhar com seu modo de tela nativo  (2.560 x 1.080 pixels).

Fora isso, nos estranhou o fato de que para funcionar no modo de dois sinais de vídeo em uma tela ou PIP é necessário obrigatório o uso da porta DisplayPort, cuja disseminação/popularidade ainda não é tão grande quanto o HDMI e DVI. Deve ser uma limitação mais técnica do que mercadológica, já que para mim faz mais sentido e até tornaria esse monitor bem mais atrativo ele pudesse trabalhar com dois sinais de HDMI ou HDMI + DVI.

Do outro lado é louvável o esforço da LG em incorporar nesse produto tecnologias bem recentes/avançadas como um hub USB 3.0, suporte para HDMI/MHL e software de calibração de cores incluso no pacote.

No geral nossa impressão do LG Ultrawide é bastante positiva, mas fica o nosso alerta de que não se trata de uma solução que deveria ser adquirida por impulso e sim com uma base de conhecimento sólida e um pouco de pragmatismo, já que, como dissemos, não é uma solução genérica que vai atender a todos de maneira ideal.

ztop-indica-novo-selo

Resumo: Monitor LG IPS Ultrawide 21:9 de 29″ (modelo 29EA93)

O que é isso? Monitor de PC para uso geral com relação de formato de tela de cinema (21:9).

O que é legal? Design elegante, tela LCD IPS de 21:9, hub USB 3.0 embutido.

O que é imoral? Não aceita sinal de vídeo analógico/SVGA nem por meio de adaptadores. Exige o uso da porta DisplayPort para funcionar no modo PIP.

O que mais? Antes de comprar, verifique se a aceleradora gráfica do seu PC suporta o modo de tela de 2.560 x 1.080 pixels. A empresa também possui um modelo com TV integrada modelo 29MA73D (R$ 1.999)

Avaliação: 8,0 (de 10). Entenda nosso novo sistema de avaliação.

Preço sugerido: R$ 2.299 (foi anunciado um novo modelo mais em conta. Veja a observação embaixo):

Onde encontrar: www.lge.com.br

 

Ainda em tempo: Após a conclusão dos nossos testes (e retornarmos o produto para a LG) fomos informados de que a empresa fez algumas modificações na versão final desse monitor, que já está sendo produzido na planta da empresa em Taubaté, SP. 

O modelo local batizado de 29EA73 tem o gabinete todo na cor preta, ganhou um pedestal diferente, mas mantém as mesmas características técnicas do 29EA93 que testamos. O que a LG nos explicou é esse modelo foi inicialmente importado para testar o nosso mercado e, com a decisão da produção local, os estoques remanescente serão vendidos e não serão repostos.

A boa notícia neste caso é que o preço sugerido da versão nacional ficou bem mais em conta (R$ 1.699) do que o modelo importado (R$ 2.299).

LG_Ultrawide_29EA73_1

LG_Ultrawide_29EA73_2a

Fora isso, a LG também anunciou uma variação do 29EA73 específica para o mercado de B2B — o modelo 29EB73 (preço sugerido R$ 1.799). O monitor em si é o mesmo, só que ele vem com um pedestal diferente com ajuste de altura:

LG_Ultrawide_29EB73

 Finalmente, a empresa também anunciou que vai lançar no Brasil uma terceira versão do 29EA73 com TV Digital integrada, o  29MA73D (R$ 1.999):

 LG_Ultrawide_29MA73D_frente

 

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.