ZTOP+ZUMO

Review: LG Optimus G Pro

A LG começa a vender esta semana no Brasil seu novo foblet (smartphone + tablet), o LG Optimus G Pro. É uma grande evolução na linha de telefones topo de linha da fabricante coreana, rápido e cheio de recursos interessantes.

Vale lembrar que não é a primeira tentativa da LG nesse mercado de aparelhos com tela igual ou superior a 5″.

No ano passado, o LG Optimus VU chegou a ser vendido por aqui com o nome Optimus 4X Memo – era um estranho produto por conta da proporção de tela 4:3. O Optimus G Pro, seguindo a linha de produtos atuais da LG, é um complemento ao Optimus G (que, lá fora, já começa a ser substituído em breve pelo LG G2).

Design e especificações

O Optimus G Pro é um aparelho com design interessante. A LG aprimorou os conceitos básicos da linha L (smartphones de entrada) com um melhor acabamento. Mas não espere muito: ele tem plástico em todo lugar, incluindo a traseira. E é grande: só a tela tem pouco mais de 12 cm de altura, sem contar as bordas (medidas oficiais: 150, 2 x 76,1 x 9,4 mm, 172 gramas).

lg optimus g pro review - 02

As especificações técnicas vão de acordo com as configurações esperadas para um aparelho desses: tela Full HD, 2 GB de RAM e um processador Qualcomm Snapdragon 600 de 1,7 GHz. É uma versão quad-core com clock um pouco menor que o do Samsung Galaxy S4, que também usa um Snapdragon 600, só que de 1,9 GHz.

LG Optimus G Pro: Especificações

A configuração original do Optimus G Pro inclui 32 GB de armazenamento. A versão brasileira vem com 16 GB apenas, mas com 50 GB gratuitos para uso no serviço online Box.

A frente do aparelho traz apenas um botão central físico e dois virtuais (voltar/menu)…

lg optimus g pro review - 03

…E as bordas do botão servem como indicador de notificações:

lg optimus g pro review - 04

Na base do Optimus G Pro vemos o conector padrão microUSB (recarga/troca de dados) e um microfone:

lg optimus g pro review - 07

No topo, outro microfone para redução de ruídos em chamadas, um transmissor infravermelho (algo que está voltando à moda em celulares) e o plug para headset padrão 3,5 mm.

lg optimus g pro review - 10

Atrás, um alto-falante, a câmera de 13 megapixels de resolução e um flash LED.

lg optimus g pro review - 05

Note que o padrão quadriculado usado no LG Nexus 4 se repete aqui, só que com menos intensidade, já que o Nexus usa vidro na parte traseira. Bônus bacana do Optimus G Pro: permite recarga sem fios usando uma base padrão Qi (funciona!)

lg optimus g pro review - 06

Nas laterais, vemos o botão de liga/desliga do lado direito do LG Optimus G Pro:

lg optimus g pro review - 08

E do lado esquerdo, um botão de atalhos e o controle de volume. Esse botão de atalhos pode ser configurado para acessar aplicativos – como padrão, vem o atalho para o QuickMemo, do app de notas na tela, mas é ótimo para ser usado também como disparador da câmera.

lg optimus g pro review - 09

Removendo a tampa traseira, vemos os contatos de NFC na parte plástica e uma grande bateria de 3.040 mAh – maior capacidade que a média dos smartphones, mas seu consumo é similar aos superfones de 2013 por conta da tela grande (leia-se um dia de carga, pedindo tomada no final da tarde).

lg optimus g pro review - 11

Abaixo da bateria, os slots para o microSIM card da operadora e para um cartão microSD para expansão do armazenamento.

lg optimus g pro review - 12

Note que o selo da Anatel indica que o produto é fabricado no Brasil. E que seu código de produto é E989.

lg optimus g pro review - 13

Tela

E temos a tela de 5,5″. Linda, com resolução alta (1920 x 1080), nítida, colorida, brilhante (sim, estou me repetindo), com toque de resposta rápida. As bordas laterais são mínimas, ocupando quase toda a extensão da tela, e os ângulos de visualização são excelentes (obrigado, painel IPS!).

DSC01562

Quando falo em “nitidez” quero dizer isso aqui (foto tirada de um vídeo Full HD de demonstração que veio no Optimus G Pro):

DSC01558

Ou isso aqui (Matilda manda “oi” em uma foto com flash). Falando em vídeos, o Optimus G Pro roda sem problemas ou necessidade de conversão/apps de terceiros vídeos em padrões MKV (embora tenha tido problema com o som em uma amostra), AVI e MPEG-4. Lembra do alto-falante atrás? Faz um bom barulho para reproduzir o som – mas é sempre melhor usar os fones de ouvido, certo?

DSC01543

Câmera

Apesar do hardware competente e de bons recursos de software, um ponto fraco do LG Optimus G Pro é sua câmera. Tem resolução alta de 13 megapixels, disparo por voz, cliques múltiplos (até 20 fotos enquanto segura o disparador) e um modo HDR que funciona, mas é lento. Tem um monte de amostras no nosso Facebook.

O foco é lento, o ajuste de contraste poderia ser melhor…

CAM00013

…e vistas com 100% de ampliação as fotos são ruído puro.

CAM00013-100

Outro exemplo:

CAM00129

E um recorte a 100%:

CAM00129-100

Em vídeo, a coisa melhora um pouco, com boas imagens a 1080p. Uma amostra (agora é a vez do Ticolino):

Interface e aplicativos

O LG Optimus G Pro roda Android 4.1.2 com interface adaptada e a capacidade de usar alguns aplicativos em camadas sobre a tela inicial (calculadora, navegador, vídeos e por aí vai). Note o widget de memória RAM, que mostra a quantidade de RAM livre (no geral, menos de 1 GB). É algo curioso e que comprova a minha teoria de que Android precisa mesmo de 2 GB para rodar bem.

A LG não inclui muitos apps adicionais no seu aparelho, e isso é ótimo. Tem algumas coisas próprias (Tradutor, Controle Remoto, Chamada para o Suporte Técnico, Polaris Office e a loja SmartWorld, em resumo), mas nada que irrite ou peça para ser apagado de imediato (como aplicativos desnecessários de revistas que abrem o site da revista quando clicado, por exemplo).

01-gpro

A barra superior da tela, ao ser deslizada, traz inúmeros atalhos, os aplicativos QSlide (que “flutuam” sobre a tela) e até micro-apps embutidos, como o controle remoto (por isso a porta infravermelho no aparelho – funcionou com minha TV LG antiga e o conversor Cisco da NET).

02-gpro

O app QuickMemo é o grande destaque para uso com a tela grande: ele captura a tela em uso atual (qualquer uma) e permite criar anotações com o dedo mesmo (nada de caneta stylus!) e salvar na galeria ou no app Caderno – que amplia o recurso de produtividade permitindo colar imagens, vídeos e áudio na sua nota.

03-gpro

Desempenho

Sob testes, o LG Optimus G Pro é, por enquanto, um dos smartphones mais rápidos que já passou por este ZTOP. Em alguns benchmarks, chega a bater o Samsung Galaxy S4 (mais veloz) e o Sony Xperia ZQ.

LG Optimus G Pro: Benchmarks

O desempenho de rede 4G também é excelente. É o primeiro aparelho com Android e conectividade 4G que ponho à prova desde que troquei meu plano na operadora.

Em comparação ao Windows Phone, a sensação é que a latência é menor (média de 35 ms) que a percebida no Nokia Lumia 920 – mas isso é um teste de longo prazo e eu posso ter pego uma localização melhor de antenas na rua (não é o caso da ZTOPCaverna, que tem 4G apenas no andar de cima do sobrado perto da janela, mas não no térreo). Como telefone, tem boa qualidade de som nas ligações e não notei nada fora do comum nesse recurso cada vez menos utilizado dos smartphones :).

Por conta da rede 4G também, a bateria do smartphone sofre mais. Após 12 horas de uso intenso do aparelho (3G, GPS, e-mail, ligações, Twitter, Foursquare, Facebook, Deezer, Internet, SMS, câmera), o LG Optimus G Pro chegou a 25% de carga de bateria (e entrou em modo de economia automaticamente ao chegar à marca de 30%). Pelo tamanho da tela e pela conexão 4G, não é um mau desempenho.

Conclusão

A LG foi bastante esperta ao colocar o Optimus G Pro nas lojas brasileiras antes da IFA 2013 – pelo simples fato de a Samsung anunciar seu novo Galaxy Note 3 na feira alemã (junto com outras coisas, como o tal relógio. Estamos de volta a 2010?). Se comparado com o Galaxy Note 2, o Optimus G Pro ganha em várias especificações técnicas, começando pela tela Full HD – e por isso é uma manobra esperta fazer algum barulho antes do anúncio grande do concorrente.

De resto, o LG Optimus G Pro tem um desempenho exemplar, um bom pacote de software e uma duração de bateria digna de nota por conta da tela e do 4G. A câmera é fraca, porém não é o principal recurso para quem procura um smartphone/foblet voltado à produtividade, algo essencial no Optimus G Pro.

Seu preço sugerido desbloqueado é de R$ 2.099, mas acredito que operadoras devam fazer boas ofertas com esse aparelho em um futuro próximo para vender planos 4G. Se você precisa de um foblet Full HD agora, o LG Optimus G Pro é uma boa escolha.

 

RESUMO: LG Optimus G PRo

O que é isso? Foblet com sistema operacional Android 4.1.
O que é legal? Tela grande e nítida, ótimo desempenho, processador rápido.
O que é imoral? Câmera poderia ser melhor.
O que mais? Funciona como controle remoto, bons apps de produtividade.
Avaliação: 8 (de 10). Entenda nosso novo sistema de avaliação.
Preço sugerido: R$ 2.099 (desbloqueado no varejo; operadoras podem ter planos e ofertas melhores)
Onde encontrar: LG 

 

 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin