Retrotech: Relógio Seiko 5 Brian May “Red Special”

R

Inspirado na clássica guitarra “Old Lady” do guitarrista do Queen, essa edição limitada da Seiko vai “rockar” você! 🤘

Já faz algum tempo que já falamos neste ZTOP sobre o esforço da Seiko em revitalitalizar sua linha de relógios Seiko 5, tornando-os mais atraentes para uma nova geração de consumidor que se habituou a ver as horas no smartphone:

Dai, o mais novo lançamento da Seiko nessa estratégia é o Seiko 5 Brian May “Red Special” que, como o próprio nome sugere, é uma versão especial da sua linha Sense limitada a 9 mil unidades e desenvolvida em parceria com Brian May, físico nuclear e guitarrista do Queen.

Segundo a Seiko, esse modelo foi inspirado na Red Special (também conhecida como “Old Lady“) que é a guitarra feita pelo próprio artista entre os anos de 1966~67 e que, segundo a lenda…

… foi fabricada em casa com a ajuda de seu pai a partir de itens de prateleira e materiais reciclados (como partes de móveis e peças de motocicleta). Isso porque Brian não tinha dinheiro para comprar uma Fender ou uma Gibson na loja.

Ele também é dono de um modesto Seiko 5 que ele comprou no Japão nos anos 1970, o que pode ter ajudado a aproximar o artista e a empresa.

Como todos os modelos dessa nova linha, a Red Special (modelo SBSA073) é um modelo Sports baseado no  calibre 4R36 com mecanismo de corda automático de 24 rubis de 21.600 vibrações/hora (ou 6 vibrações/segundo) o que lhe proporciona um nível de precisão de -35~+45 segundos/dia dentro de uma faixa de temperatura em torno de 5~35 °C. Já sua correia é de Nylon com estilo militar padrão OTAN (modelo G10):

O toque exclusivo fica por conta do seu dial cujo fundo na cor vermelha que lembra a textura de madeira com um detalhe em preto da posição de dez horas que lembra o contorno da Old Lady.

Fora isso, sua autonomia (com a corda cheia) é de ~41 horas e sua caixa de diâmetro externo de 42,5 mm e 13,4 mm de espessura e sua resistência a água é de até 10 ATM/BAR.

Já sua tampa traseira é transparente, o que permite observar o seu mecanismo funcionando e também ostentará a assinatura de Brian May e o seu número de série, que irá de 0001/9000 até 9000/9000:

Finalmente, a caixa do relógio também terá um formato especial…

… que lembra um estojo de guitarra:

A previsão é que ele chegue no mercado japonês no próximo dia 15 de maio (que em inglês é “May” 😜) pela bagatela de 58 mil ienes (~R$ 2.250) + taxas.

Mais informações aqui.

Ainda em tempo

Em comemoração aos 50 anos da criação da Red Special, Brian May escreveu em 2014 uma biografia desse instrumento intitulada Brian May Red Special: The Story of the Home-made Guitar that Rocked Queen and the World (ISBN 1480341479):

Porém, o mais curioso é que ele também é um grande entusiasta de estereoscopia ao ponto dele ser um dos fundadores do London Stereoscopic Company que desenvolveu sua própria linha de visores 3D batizada de OWL

… que é compatível com diversas publicações da casa, como o notório Diableries: The Complete Edition: Stereoscopic Adventures in Hell (ISBN 1999667433 ) que reúne uma coleção de pares estereoscópicos criados na França nos anos 1860 e que retratavam uma visão do inferno (ou mais exatamente uma visão satírica do estado francês sob o ditadura do imperador Napoleão III):

Fora isso ele também publicou coisas mais da sua área como o Queen in 3-D: Bohemian Rhapsody Edition: 2019 (ISBN 1999667484) que também inclui fotos do Making Of do filme homônimo de 2018:

Conheça mais produtos 3D de Brian na lojinha da empresa incluindo sua versão digital do OWL.

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

+novos