ZTOP+ZUMO

(re)monte seu PC: o que acontece quando duas GPUs diferentes…

Já falamos sobre o uso simultâneo de duas placas de vídeo dedicadas. Mas há uma nova tendência que conjuga o poder da GPU integrada à placa mãe com uma dedicada. E o resultado é melhor do que espera.

A premissa é relativamente simples, mas genial. Pegue um sistema com gráficos híbridos e, usando um chipset esperto, é possível que programas preparados consigam dividir a carga de trabalho entre a GPU integrada e a GPU. Por exemplo, em um game, a placa-mãe cuida da física ou da inteligência artificial do jogo enquanto a GPU principal se dedica ao processamento pesado de vídeo. E o melhor: é como se você tivesse um Crossfire de graça. E mesmo as GPUs mais simples são capazes de fazer maravilhas pois eliminam gargalos de processamento.

Continue a ler este post no (re)monte seu PC

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin