ZTOP+ZUMO

Wearable do dia: Relógio-celular infantil ZTE Mamorino Watch

Voltado para crianças de até dez anos, o Mamorino Watch oferece tela de toque, reconhecimento de voz, geolocalização, faz ligações e troca SMS.

Sete anos atrás falamos aqui neste ZTOP sobre o lançamento do Kyocera Mamorino, um curioso telefone celular para crianças que, de tão simples, nem tinha teclado numérico, possuindo apenas três botões de discagem rápida para falar apenas com seus pais e responsáveis, evitando assim ligações não autorizadas ou mesmo falar com estranhos.

Kyocera_Mamorino

Porém, sua grande sacada era de vir com sensor de GPS embutido, o que podia ser usado pelos pais/responsáveis para monitorar a sua localização e, no caso da criança se sentir perdida, ela também podia enviar um sinal de socorro informando sua localização que se repetia a cada minuto até ele ser encontrado. Fora isso, o celular também tinha uma correia com argola que, ao ser puxada, acionava um alarme bastante alto ao mesmo tempo que enviava pedidos de socorro para órgãos de segurança.

No início de fevereiro, a ZTE em parceria com a operadora japonesa KDDI anunciou a mais recente geração deste produto — o Mamorino Watch — o primeiro “relógio-telefone” do seu tipo compatível com as redes 4G/VoLTE (Voice over LTE) e que incorpora recursos fáceis de operar, como tela de toque e reconhecimento de voz, sendo este último batizado na tecnologia Dragon Speech da empresa Nuance o que permite operar o relógio por meio de palavras ou frases específicas do tipo “liga pra mãe”.

ZTE_mamorino_modelos

Segundo a empresa, ele vem equipado com uma tela LCD-TFT de 1,4″ e é resistente à água (IPX5), poeira (PIX7) e sobrevive a quedas de até 1,2 metros de altura (MIL-STD-810G) e está disponível em cores bem alegres — azul água, rosa, azul céu, verde lima — num estilo bem infantil. O módulo do relógio também pode ser destacado da pulseira e usado como relógio de bolso ou pingente, pendurado na roupa ou na mala.

O Mamorino Watch mede aproximadamente  5,1 x 5,1 x 16,7 cm (LxAxP) 64 gramas de peso para a versão de pulso ou 54 gramas para a versão pingente e sua bateria interna é de 510 mAh, que é alimentada por meio de um acessório na forma de clipe alimentado por uma fonte vendida separadamente. O tempo de recarga é de aproximadamente 75 minutos e sua autonomia é estimada em torno de 170 minutos  de uso (rede 4G/VoLTE) ou 130 horas em stand-by.

ZTE_mamorino_tela

Assim como o Mamorino original, a função básica desse novo modelo da  ZTE  é de permitir que pais mantenham-se sempre em contato com seus filhos, sabendo inclusive onde estão. Isso é possível por meio de um aplicativo para smartphone onde eles podem monitorar a localização exata da criança (ou até mesmo sua distância) e contatá-la por meio de uma chamada de voz ou SMS.

No comunicado à imprensa, a ZTE/KDDI também citam alguns exemplos de como os pais e filhos podem usar o Mamorino Watch. A saber:

  • Depois da escola: Quando a criança estiver brincando fora de casa, o relógio permite que ela possa passear por ai à vontade, já que os pais podem saber onde ela está (graças ao GPS) e manter contato por chamada de voz ou SMS.
  • Hora de ir para casa: Um alarme avisa a criança quando estiver na hora de retornar e os pais podem até via Mamorino Watch para dar instruções.

A previsão é que o produto chegue no mercado japonês no fim de março de 2016, junto com um plano batizado de “Mamorino Watch Plan”, cuja tarifa básica mensal será de 998 ienes (~ R$ 34).

Mais informações aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.