ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Macro: smartphone Quantum Go

Nova marca de smartphone no pedaço: Quantum, que lançou seu primeiro modelo (Quantum Go) ontem à noite em São Paulo. A marca tem pedigree conhecido: faz parte da Positivo Informática e pretende se diferenciar vendendo direto ao consumidor, num modelo similar ao da Xiaomi e Asus.

O Quantum Go é um smartphone intermediário com especificações similares ao novo Motorola Moto G, ao Asus Zenfone Laser  (que chega em breve ao mercado) e aos Sony Xperia M4 Aqua e Samsung série A: 2 GB de RAM, tela AMOLED HD de 5″, 16/32 GB de armazenamento interno, processador Mediatek MT6753 octa-core de 1,3 GHz (que a própria Mediatek define como “voltado ao mercado super-intermediário”).

Tem versões 3G (em dourado e chumbo) e 4G (branco e chumbo), mede 14,5cm x 7,15cm x 0,65cm e pesa 115g.

A Quantum explica que o design do smartphone se baseia em um OEM chinês (processo comum para a Positivo) com adaptações feitas baseadas em estudos feitos pela companhia brasileira. No fim das contas, é um aparelho bastante bonito, com formato de Sony Xperia Z3 cruzado com detalhes dos Samsung Galaxy S6 (notadamente os alto-falantes da parte inferior).

O modelo de vendas direto é claramente inspirado na Xiaomi, e isso não é ruim. Eu, particularmente, acho uma manobra arriscada lançar uma marca nova em um momento de recessão, mas a Quantum ao menos fez a tarefa de casa e criou um aparelho limpo no software e com design atraente. Com venda direta, baixam custos e o valor final chega interessante ao consumidor (embora não esteja muito distante – nem pra cima nem pra baixo – dos concorrentes com 4G e 2 GB de RAM).

Gostei que é muito fino e leve – comentário geral no lançamento ontem era que “não parece produto da Positivo” (e mostrei pros meus sócios não-jornalistas e eles acharam muito bonito, por sinal).

quantum go - 1

Outro ponto interessante é a tela AMOLED. Bem nítida e… laranja (fãs/haters de Samsung vão entender).quantum go - 2

O Android utilizado é o 5.1 (!) Lollipop, com poucas interferências de novos apps e no visual geral do sistema operacional, com apenas duas telas de apps/serviços pré-instalados:quantum go - 3 quantum go - 4

No lado direito do aparelho – note que a lateral parece alumínio, mas é plástico – vemos o botão de liga/desliga, o controle de volume e a entrada para cartão SD (até 32 GB).quantum go 05 - 1 quantum go - 6

Em cima, o conector de alto-falante e o microUSB (invertido, como nos modelos da Asus, o que leva o consumidor a demorar um tempo para se adaptar com isso). quantum go - 7

E do lado esquerdo, o slot para dois SIM cards de operadoras (formato microSIM).quantum go - 8 quantum go - 9

Tanto a frente como a traseira são revestidas por Gorilla Glass 3 (e deixa suscetível a muitas marcas de dedo na traseira). quantum go - 10

Nagano comenta: Eu acabei de receber o modelo 4G de 32 GB e a primeira coisa que me chamou a atenção dessa (bela) traseira de vidro é como ela é escorregadia!

Como assim? Assim que retirei o smartphone da caixa, eu o coloquei em cima de uma pilha de papéis (levemente desnivelada) e ele, imediatamente, deslizou até a base da mesa. Ai eu peguei o dito cujo e, novamente, coloquei em cima da pilha e ele —  novamente — desceu a ribanceira, só que desta vez ele pegou mais impulso, decolou da mesa e foi direto para o chão, caindo de uma altura de ~1,2 metros até o frio piso de cerâmica da Zumo-caverna.

Sintam o drama na reencenação desta ocorrência (só que dessa vez com algo macio no chão pra amortecer a queda):

A má notícia é que pela marca que ficou na borda, ele caiu exatamente de quina o que poderia ter estraçalhado o aparelho. A boa notícia é que — devido ao fato da sua moldura ser de plástico — ele absorveu muito bem o choque, evitando assim que o circuito em si sofresse algum dano. Fora isso, bastou esfregar o dedo na marca do impacto que a mesma sumiu. 😀

Moral da história: Em alguns casos, o uso de plástico no gabinete pode ser melhor (ou pelo menos mais seguro) do que metal e se você não gostaria de ver seu Quantum Go estar sempre sendo atraído pelas forças da gravidade para o chão e/ou deslizando de lá pra cá na sua mesa como se fosse um disco de hóquei no gelo, melhor comprar logo uma capinha.

Ah sim, segue abaixo algumas especificações deste smartphone segundo o CPU-Z, com destaque para seu notório SoC MediaTek MT6753 octacore de 1,3 GHz que o programa estranhamente o identificou como um MT6735 que, por sinal, é um chip quadcore. O meu palpite é que apesar do CPU-Z ter identificado corretamente o mesmo como um chip octacore, ele pode ter trocado os nomes baseado no fato de que ele está rodando a 1,3 GHz e não a 1,5 GHz:

Quantum_GO_XPUZ1

… e algumas informações do sistema:

Quantum_GO_XPUZ2

 

A câmera traseira traz 13 megapixels de resolução, com lente f/2.0 (bastante luminosa). A frontal tem 5 megapixels/84 graus de ângulo de visão para selfies (=mais gente cabe na foto).

quantum go - 11

Embaixo do aparelho, o sistema de alto-falantes. Note que a bateria/tampa traseira não é removível – e a bateria tem capacidade de 2.300 mAH. quantum go - 12

Bônus track: o Quantum Go vem com sintonizador de TV digital (1-seg) integrado, e esse penduricalho vem na caixa para funcionar como antena, se conectando à porta microUSB (sem usar o fone de ouvido como antena, o que é comum em aparelhos mais baratis). Como o encaixe é invertido, o símbolo “Play DTVi” fica escondido atrás do aparelho. quantum go - 13

quantum go - 14

quantum go a - 1

Nagano comenta: Pelo que dá para entender das imagens acima, esse módulo escrito “PLAY DTVi” deve conter o circuito de recepção de TV (1-seg) e o que parece ser uma correia de pulso é a antena. Mas o que realmente me chamou a atenção é o fato dessa correia/antena possuir uma espécie armação/suporte azul que ajuda a mantê-la sempre “aberta” o que deve ajudar na recepção do sinal de TV.

Para um recurso “original de fábrica” ele me parece ser uma coisa meio improvisada e fora de contexto. Mas não devemos nos esquecer que esse smartphone tem no seu DNA os genes de uma empresa que já fez muito sucesso no passado vendendo um sistema chamado PC-TV.

Na lista de apps pré-configurados pela Quantum, destaques para o “Selfie” (que abre direto a câmera frontal)…

quantum go a - 2…e o curioso DashCam, que, em conjunto com um adaptador veicular, funciona como câmera de vigilância dentro do carro, filmando tudo. Dashcam? Veja isso e entenda (nota mental: vai ficar rico quem lançar dashcams no Brasil e convencer as seguradoras de carros de que isso ajuda a entender as ocorrências de trânsito).
quantum go - 17 Na caixa do Quantum Go vêm ainda um carregador padrão USB/tomada jabuticaba brasileira ….
quantum go - 19

e um headset in-ear. quantum go - 20

O Quantum Go já está à venda em três configurações, somente pelo site da empresa (em breve prometem levar para outros e-commerces da B2W e CNova):

  • 3G/16 GB, com preço sugerido de R$ 699 à vista
  • 3G/32 GB, com preço sugerido de R$ 799 à vista
  • 4G/32 GB, com preço sugerido de R$ 899 à vista

A companhia vende também acessórios para o Quantum Go: capinhas, películas e o suporte para carro.

[MeuQuantum]

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Henrique, as cores da tela podem ser ajustadas “ao gosto do freguês”. Vá em Configurar/Tela/MiraVision e coloque o Modo de Imagem em “Modo usuário”). Isso habilita o ajuste de Contraste, Saturação, Brilho, Nitidez, Temperatura da Cor e até um modo de Constraste Dinâmico que ajusta o contraste automaticamente de acordo com a imagem na tela.

  • hum, comparando com o Xiaomi, não está caro?
    Mas a proposta de 2Gb RAM, Dual SIM e TV é interessante, vejamos quanto ficará o preço com o fim da LEi do Bem.

    • Mario Nagano

      AFAIK, o fim dessa isenção só deve entrar em vigor a partir de 1/dez próximo.

      Mas antes disso, a alta do dólar já está elevando dos preços.

    • Henrique Martin

      Xiaomi: 1 GB de RAM, tela menor.

      • Saulo Benigno

        Difícil concorrer com a Xiaomi mesmo nesse preço.

        Acho que a comparação é o formato de venda direta. Só pode, pois os preços estão caros 🙁

        • Dan Morais

          Ele é duzentos reais mais caro na versão básica, mas o valor é justificado pelos incrementos (1Gb de RAM a mais e processador octa-core superior ao Snap 410), e convenhamos, é bem mais bonito. Mas enfim, concorrência é tudo! Espero que venda bem e que lancem outros modelos.

  • Coffinator

    Dando pra rootear pode até ser uma boa, mas o nome Mediatek deu calafrios.

  • Julio

    @henrique_martin:disqus , o que você achou da resolução de tela dele? Dá pra notar algumas imagens pixeladas ou dá pra passar de boa?? Só estou com esse receio, pois acabei de vender meu LG G2 justamente pra comprar um dual chip e esse está parecendo a melhor opção.

    • Mario Nagano

      Para o seu tamanho de tela (5″) 720 x 1.280 atende plenamente a demanda.

      De fato é a mesma resolução de tela do Zenfone 5.

  • Thalles Ferreira

    Gostaria de um review sobre ele, mas a princípio já me parece um possível campeão pra luta dos menos de 900 reais (a casa dos 1000-1200 ele não dá pro cheiro). Se tiver possibilidade de root (com a limpeza dele nem precisa aparentemente de custom ROM) e uma câmera no nível do Zenfone Selfie, já é campeão mesmo.

  • Sandro De Jesus Soares

    Estou na dúvida cruel entre esse aparelho e um Moto G Terceira geração! Sei que a hora certa pra comprar é agora (ou mais precisamente mês que vem, quando os lançamentos de outras marcas começam a serem vendidos) porque no Natal tudo sobe e acaba a mamata da lei do bem. Me ajudem a apertar o botão COMPRAR @mnagano:disqus @henrique_martin:disqus

  • Sidney

    Muito bom Quantum Go não tenho nada a reclamar comprei a versão 4G 32g muito rápido parabéns a Quantum Go atende em tudo que quero

  • Moacir Nascimento

    não funciona