Qual a diferença entre o Samsung Galaxy Tab 2 10.1 e o Galaxy Note 10.1?

Q

A Samsung lançou dois tablets com tela de 10,1″ no Mobile World Congress 2012: o Galaxy Tab 2 10.1, atualização da versão original, e o Galaxy Note 10.1, irmão maior do foblet Galaxy Note. Mas… qual a diferença entre eles? Fisicamente, são iguais: só muda a cor.

Este é o Galaxy Tab 2 10.1: tem processador de 1 GHz dual-core, câmera de 3 megapixels, tela com resolução de 1280 x 800, roda Android 4.0, tem 16 ou 32 GB de armazenamento interno e pesa 588 gramas. Tem bordas metálicas e um belo acabamento em black “não olha que eu deixo marca de dedo” piano.

Conheça, então, o Samsung Galaxy Note 10.1: tem processador de 1,4 GHz dual-core, câmera de 3 megapixels, tela com resolução de 1280 x 800, roda Android 4.0, tem 16 ou 32 GB de armazenamento interno e pesa 583 gramas. Tem bordas metálicas e um belo acabamento em branco “não olha que eu deixo marca de dedo”. Bônus: tem uma canetinha stylus – afinal, é da família Note.

Vendo os dois juntos: tirando a cor e uma ou outra configuração interna – e a canetinha –  é o mesmo chassi (!)

Em cima é igual: mesmos botões de liga/desliga, slot para cartão SIM, fone de ouvido e entrada do cartão microSD.

E, como não poderia deixar de ser, visto por baixo é igual também!

Oh, por trás também!

E nos detalhes das bordas, incluindo os belos alto-falantes cromados:

Mas, porém, entretanto, todavia, existe sim uma diferença, que toda pessoa no stand da Samsung faz questão de ressaltar: a canetinha é importante no Galaxy Note, ela não funciona na tela do Galaxy Tab e os aplicativos que vêm no Note (para tomar notas e alguns apps da Adobe para desenhar e editar fotos) não vêm no Tab. Entendeu?

Fiz a mesma pergunta pro carinha que demonstra o Tab e para o que demonstra o Note, a resposta foi a mesma. Um deles até complementou: o Tab é mais para uso doméstico, familiar, com o dedo, e o Note é mais profissional, para tomar notas, desenhar. E tem a canetinha, claro. Foi uma defesa Chewbacca, mas creio que a Samsung tem seus motivos para tantos tablets Android no mercado.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos