Proview XPS-1000: hands-on e galeria de fotos

P
Receptor com controle remoto

O conversor de TV digital Proview XPS-1000 existe para valer, apesar de algumas pessoas duvidarem da sua realidade. O aparelho, que tem previsão de chegada ao mercado em meados de agosto, é uma caixa preta não muito diferente do que já existe por aí­, mas com um preço sugerido interessantí­ssmo: R$ 299.

Este Zumo viu o XPS-1000 funcionando em sua maneira mais básica possí­vel: um televisor de tubo 14″, totalmente low-tech. Leia as primeiras impressões e veja as fotos do XPS-1000 depois do clique. (atualização 07/08: veja também o ví­deo do XPS-1000 em funcionamento)

O XPS-1000 foi conectado via ví­deo composto ao televisor e, na primeira tentativa, usei a pequena antena (igual í quela encontrada nos receptores 1-seg para o computador) que veio com o produto. Desse modo, ele não sintonizou nada (a avaliação rápida foi feita no bairro da Mooca, em São Paulo, que costuma receber bem o sinal digital de todas as emissoras na cidade).

Na frente, uma porta USB, receptor de infravermelho para o controle remoto e uma luz de status ligado/desligado. Tudo é feito pelo controle remoto. Atrás, as saí­das HDMI, ví­deo-componente, ví­deo composto, áudio coaxial 5.1 e áudio óptico 5.1, mais uma porta Ethernet que pode ser usada para conectar o dispositivo e a sua TV í  internet.

Foi preciso conectar a antena UHF do televisor: pronto, inúmeros canais no ar (incluindo alguns que eu não tinha visto com sinal digital ainda, como TV Cultura e TV Justiça – ou algo parecido), com imagem limpa, sem “travar” ou apresentar problemas (vale lembrar que a qualidade da imagem aqui depende mais do sinal recebido que do próprio conversor). Depois de configurado, ele vira um receptor de TV como qualquer outro.

Algumas observações sobre o produto: a interface de navegação é fácil de usar e é possí­vel controlar a transparência dos menus sobre a tela (dos quase invisí­veis 20% ao legí­vel 80%). O guia de programação eletrônica funciona e eu gostei do pequeno detalhe de mostrar a qualidade do sinal recebido em barrinhas na tela, como se fosse um celular (não me lembro se outros conversores têm isso, acho que sim).

Se – e digo se – você tiver um cabo Ethernet ligado í  sua banda larga, a Proview diz que dá para conectar í  internet (não era o caso no local de testes). Mas isso é motivo para outro teste, mais pro futuro. Fato  curioso: a caixa do produto é simples até não poder mais, utilizando papel reciclado e o mí­nimo de cor para não encarecer o aparelho.

Claro que um aparelho como o XPS-1000 não é a principal opção para usar em uma TV mais básica, sem alta definição. Mas enquanto outros modelos mais baratos prometidos pela Proview não chegam ao mercado, essa é a alternativa – por enquanto – mais barata para assistir TV digital em casa (quer dizer, quando chegar í s lojas).

Nagano comenta: a propósito, quem não quiser esperar pelo XPS-1000 e estiver interessado num receptor de TV Digital com saí­da HDMI bom e barato, pode considerar o DC-2008H da Semp Toshiba que reapareceu na Americanas.com (até pelo menos hoje í s 08:22 da manhã) pela bagatela de R$ 399 ou em até 12x no cartão sem juros + cabo HDMI grátis. Uma moleza se considerarmos que a versão mais simples (sem porta HDMI) está sendo vendido no mesmo site por R$ 799.

As fotos do produto (clique nas imagens para ampliar):

Painel traseiro com conexões
XPS-1000: visto de frente
Caixa em papel reciclado
Tem TV digital na sua região?
Especificações técnicas
XPS-1000 visto por baixo: dá para pendurar na parede
O controle remoto do XPS-1000

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos