Gadget do dia: Projetor Smart-Theater da Thanko

G

Caixinha de papelão com lente de acrílico transforma seu smartphone (mais ou menos) num projetor digital

Não é só de Google Cardboard vive o mundo da alta tecnologia de papelão. O nosso fabricante de cacarecos com porta USB favorito — a japonesa Thanko — anunciou recentemente o Sumaho de shiataa (スマホdeシアター)…

smartphone_projector_overall

… um nome que mistura meias-palavras em inglês (niponizadas) que poderia ser traduzido como “Smart-Theater”, ou seja, um projetor de home-theater movido a smartphone:

smartphone_projector_source2

E assim como o dispositivo do Google, a engenhoca da Thanko é, na sua essência uma caixinha de papelão na forma de gaveta…

smartphone_projector_componentes

… com um tubo na frente onde é montado uma lente que faz o papel da objetiva.

smartphone_projector_montagem1

Feito isso, basta colar o smartphone ligado com o seu vídeo favorito na parede oposta da caixa (que fica no lugar por meio de uma placa adesiva)…

smartphone_projector_source

… acerte o foco ajustando o comprimento da “gaveta”…

smartphone_projector_foco

… e aprecie o espetáculo:

smartphone_projector_em_uso

Pelo que dá para entender, seu princípio de funcionamento é o mesmo daqueles tubos de projeção (Super Telão?) com uma lente tipo fresnel ou de “puro cristal acrilico” que eram montados na frente da TV com a promessa de transformar o dito cujo num super telão de cento e tantas polegadas. Só que no nosso caso a tela do smartphone faz o papel da TV como fonte de luz e imagem o que de um certo modo explica a pequena imagem e brilho limitado.

smartphone_projector_super-telao

O produto mede 18,0 x 10,3 x 17,0 cm (LxAxP) e 309 gramas de peso e pode ser usado com smartphones com Android e iOS com tela de até 5,5″. O seu preço no Japão é de 3.980 ienes (~R$ 100) e pode ser encontrado no site da Thanko.

Ainda em tempo:

Consegui localizar um comercial de TV da engenhoca acima no YouTube. Só que não como “Super Telão” e sim como “Telão Video Gigant” (sem o “e” no final).

Ele podia ser seu por apenas CR$ 373.400 o que em dinheiro de hoje deve estar em torno de uns R$ 1.016 o que devia ser uma boa grana pra época, já que o show room deles ficava na Oscar Freire 😀

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

Disclaimer: o ZTOP+ZUMO tem links de afiliados com a Amazon e pode ser
remunerado caso você clique em links neste artigo e compre algo.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos