ZTOP+ZUMO

Preview: Lenovo ThinkCentre M90z (um tudo-em-um corporativo)

Pouco tempo após o seu lançamento oficial nos EUA, o novo desktop ThinkCentre M90z também chega ao País com a proposta de oferecer uma solução do tipo tudo-em-um para o mercado corporativo.

Ao contrário de outros all-in-one para empresas que já vimos no passado, o M90z é um imponente monolito negro com detalhes em vermelho que na sua configuração mais simples adota o visual porta-retrato apoiado por um frame metálico e um encosto traseiro do mesmo tipo na parte de trás, o que libera algo em torno de 70% do espaço físico na área de trabalho do usuário.

Interessante notar que esse suporte traseiro possui quatro pontos de fixação que seguem o padrão VESA o que permite substituir o mesmo por um suporte de fixação na parede…

ou mesmo uma base ergonômica oferecida pela Lenovo como acessório opcional.

Entretanto, o grande destaque desse equipamento é sua generosa tela LCD wide de 23 polegadas (daí o “z” do M90z) com resolução nativa de 1.920 x 1.080 pixels em Full HD …

… ou uma planila Excel padrão de 52 linhas por 29 colunas (A1 até AC52):

Fora isso, a tela é sensível ao toque (com suporte para multi-touch) o que permite que o M90z também possa funcionar como terminal de informações para lojas, atendimento ao público e sistemas de saúde. A superfície da tela é protegida por uma placa de vidro o que facilita a sua limpeza com um pano umidecido com sbão neutro, álcool ou mesmo limpa-vidros.

Como sempre, o grande atrativo dos produtos da Lenovo está nos pequenos detalhes do seu design. Por exemplo, sua webcam possui uma portinha deslizante que abre ou fecha a tampa a lente (imagem abaixo), garantindo assim a privacidade do seu usuário. Simples e prático.

Para abri-la, basta puxar a porta eslizante para a esquerda, expondo a lente:

Outra sacada ainda mais interessante é o fato do M90z poder funcionar como monitor de vídeo (uia!) para isso basta conectar um PC ou notebook (que seria mais o caso) no desktop via porta SVGA e pressionar um botão localizado no frame da tela do mesmo. Note que o equipamento também conta com uma saída DisplayPort, permitindo assim a conexão de um segundo monitor de vídeo aumentando ainda mais a área de trabalho do usuário, em especial os profissionais de mesas de câmbio e corretoras.

Interessante observar que o M90z pode trabalhar como mouse e teclado sem fio, com fio via porta USB ou mesmo com fio padrao PS/2. Nesse último caso é necessário instalar um conector adicional num espaço existente no gabinete durante o processo de montagem do M90z, mas isso só é feito sob encomenda e pedidos acima de 300/350 unidades. Do mesmo modo pode ser pedido a inclusão de uma porta serial, um item ainda muito apreciado no segmento de automação comercial.

Algo ainda raro entre os all-in-one mas comum entre os PCs corporativos, o M90z é um equipamento toolless, ou seja, pode ser parcialmente desmontado sem o uso de ferramentas. Basta soltar duas travas  localizadas na sua base:

Para ter acesso aos principais componentes do equipamento:

O que parece ser um cooler de placa de vídeo é na realidade o sistema de resfriamento do processador, que no nosso caso pode ser um Intel Core i3 ou Core i5 com chipset Intel Q57. O sistema conta com dois slots para pentes de memória SODIMM DDR3 1066 ou 1333. O sistema mostrado veio com 2 GB de SDRAM mas ele pode chegar a até 8 GB.

Do lado oposto ficam os compartimentos da unidade de CD/DVD (à esquerda) do tipo usado nos notebooks e do disco rígido de 3,5″ padrão SATA (à direita) de 320 GB com opções de 500 GB, 1 TB e até SSD! Note que sua fonte interna de 150 Watts é certificada com o selo 80 Plus Bronze que garante pelo menos 85% de eficiência energética resultando assim num equipamento ecologicamente correto que desperdiça menos energia.

Fora tudo isso, o M90z ainda conta com seis portas USB 2.0 (duas na frente e quatro atrás), porta de rede Gigabit Ethernet, duas portas de som, dois alto-falantes de 2 watts cada, bluetooth (opcional), sensor de brilho para a tela LCD, suporte para Intel vPro (em alguns modelos), chip de segurança TPM, rede sem fio 802.11n, slot para cartão ExpressCard/54 (opcional) ou leitor de cartão de memória flash.

E apesar do M90z ser na sua essência um equipamento de mesa, para aqueles que quiserem levar serviço pra casa (ou a compra do mês do supermercado) o equipamento já vem com uma graaande sacola de lona para transportá-lo:

E para quem acha que isso é brinde do pessoal de marketing, notamos que ela possui Part Number de sete dígitos como qualquer outro equipamento da casa:

Mais informações no Site da Lenovo. Interessante notar que a loja on-line da empresa voltou a funcionar e o M90z já está a venda.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Fernando 22/09/2010, 21:36

    Olá, Nagano!

    Qual o preço?

  • Felipe 23/09/2010, 02:58

    "Fora isso, a tela é sensível ao toque (com suporte para multi-touch)"
    Quero um aqui em casa!!
    mais quanto custa?

  • Fabiano 23/09/2010, 08:18

    Não vende pra pessoa física? É uma bela máquina!

  • Rogério S Ferreira 23/09/2010, 10:00

    aaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii : " ThinkCentre M90z (0800A5P00) Preço Web:R$ 4.618,67* "

    Adorei o equipamento o conjunto e quero um. Queria um… 4,6mil acho que vou pensar em um iMac, e assim realizar um "sonho de consumo" ….

    Se tirar a tela touch o valor diminui pra qto?

    • Marcos 27/09/2010, 08:30

      Onde vc achou esse preço?

      No site da Lenovo, o M90z está por R$ 3.300 e se vc comprar por revenda pode ter desconto.
      http://shop.lenovo.com/SEUILibrary/controller/e/b

    • Marcos 27/09/2010, 08:33

      E se vc optar pelo Core i3, ao invés do Core i5, ele sai por R$ 2.799,00

  • Vanderlei 23/09/2010, 10:31

    Aonde tem para comprar um desse aqui no Brasil?

  • Wilmar 23/09/2010, 10:48

    Não, obrigado. Até que é interessante, mas acho exagerado o preço, pouco superior a R$ 4.500.

  • Quero Um 23/09/2010, 11:34

    Um desses com 4 giga de memória, drive blu-ray, core i5, 500 giga de hd, e tendo opção pro windows 7 professional de 32 bits aos invés do de 64 bits, Fica perfeito tanto pra tarefas corporativas como de pessoa física.

  • Numblogz 23/09/2010, 17:11

    o ruim dos tudo-em-um é o aperto dentro da máquina, até parece busão na hora do rush… fazer um up na ram, vga e coisa e tal é o maior sufoco ! e se quiser dar uma turbinada na fonte, tem como ?

  • Anderson Costa 23/09/2010, 21:33

    Sem querer fazer qualquer tipo de julgamento, infelizmente nós, brasileiros, temos uma cultura de compra arraigada no mercado cinza. Melhorou muito, mas ainda estamos presos.

    Assim, qualquer coisa que custe acima de 2000 reais, automaticamente é caro. Até os Mac podem ficar baratos no mercado cinza, mas como Mac é Mac, é dificil afirmar isso com firmeza além do sério risco de ser apedrejado. Eu já experimente o Mac Book e lamento não ter a condição de comprar um, ao menos, por ora.

    O M90z, na minha opinião pessoal, não é caro pelo que ele oferece no "conjunto da obra", a questão é que boa parte de nós não está disposta a pagar, só isso. Quem sabe um dia, quando tivermos uma reforma tributária (sim, eu acredito em Papai Noel), o negócio fique realmente bom e não precisaremos mais ficar sonhando com terras além mar e lamentando a nossa.

  • Marilu_Araujo 24/09/2010, 03:38

    Uau! 😀

  • Rogerio0991 26/09/2010, 22:12

    Alguma chance de mudar a VGA? Adaptar um pc desses para jogos (como uma microsoft surface) seria muito bom 🙂