Preview: Fennec (Firefox Mobile no Nokia N810)

P

fennec-telainicialO Fennec, codinome para o Firefox voltado a dispositivos móveis, não é nenhuma novidade. O browser, ainda em versão alpha 1, roda, por enquanto, apenas em internet tablets da Nokia (N800/N810). Há quem diga que sua versão para Windows Mobile está próxima, bem próxima.

Como estou com um N810 dando sopa, resolvi contrariar as regras do Nagano (“você é louco de instalar software alpha!“) e, depois do clique, mostro telas e algumas conclusões rápidas sobre o Fennec para matar a curiosidade.

1) Instalação: rápida, sem problemas. Pela conexão Wi-Fi do N810, fui ao site da Mozilla e baixei o Fennec. Instalei junto aos aplicativos de internet do tablet.

2) Tela inicial: é a comum tela de boas-vindas do Firefox, com duas observações: arraste para a esquerda e verá o controle de abas; arraste para a direita e verá as configurações do aparelho.

3) Visual: é o Firefox cuspido e escarrado, só que em uma tela menor. Tem a mesma “barra inteligente” para completar endereços, o mesmo gerenciador de segurança (do “guardinha” que garante a legitimidade do site) e até permite instalar add-ons (extensões, plug-ins e temas) – com poucas opções disponíveis.

4) Velocidade: é software no início da sua fase de testes ainda, bem mais lento que o navegador padrão do N810 nas respostas ao toque na tela; nem todas as fontes renderizam direito e o Fennec vem “pelado”, sem nada adicional habilitado (YouTube, por exemplo, não funciona ainda). Gostei bastante que o Fennec responde a alguns plug-ins do WordPress, mostrando a imagem em um pop-up quando tocada.

5) Conclusão: Fennec é interessante, promissor, mas precisa de bastante desenvolvimento ainda. Instalei por curiosidade mesmo, e ele mostra que tem muito a vir por aí. Em um mundo de navegadores móveis que fazem apenas o básico, o Firefox Mobile tem muito a acrescentar.

Fotos:

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos