Números enormes: Predator Thonos da Acer

N

Apesar do seu jeitão de demo de feira, o Predator Thronos é um produto de fato que pode ser adquirido por aqui através da Acer do Brasil.

Ontem fomos convidados pela Acer do Brasil a dar uma passada na loja da Ponto Frio no Shopping Vila Olympia em São Paulo para conhecer a atual rainha da cocada preta dos acessórios para gamers aqui no Brasil: A cadeira Predator Thronos da Acer que, de tão completa já vem com um PC de brinde:

Mas o contrário do que possa parecer a primeira vista, este produto não é uma daquelas espalhafatosas demonstrações de poder e capacidade técnica que muitas empresas adoram mostrar em eventos e feiras (como a notória lente Carl Zeiss Super-Q-Gigantar 40mm f/0.33 ou o Gundam Front Tokyo) e sim trata-se de um produto de fato que a Acer trouxe para o Brasil e está a venda para quem estiver interessado.

Segundo Adriano Barros gerente de produto para notebooks e desktops da Acer do Brasil (e chapa deste ztop+zumo), desde o início o desejo a intenção foi de criar algo realmente diferente para o mercado gamer, sendo que o projeto foi desenvolvido internamente pela Acer em Taiwan.

O conjunto mede aproximadamente 1,53 x 1,0 x 1,58 metros (LxAxP) e pesa algo em torno de 220 kg… .

..sendo que o assento em si é uma mistura de cadeira de barbeiro com banco de carro e poltrona de TV super confortável, presa numa sólida base de metal que abriga a maioria dos seus componentes eletromecânicos…

… o que faz com que a maioria dos seus movimentos sejam controlados por meio de sistemas hidráulicos comandados por um painel de toque localizado no braço esquerdo da cadeira.

Tamanho único

Note que apesar de contar com pelo menos 10 ajustes e/ou movimentos diferentes, o encosto dessa cadeira não reclina ? o que faz desse acessório algo o como um calçado de tamanho único — ou você encaixa bem ou não na thronos — já que ela não oferece muitas opções de ajuste de para pessoas — digamos — fora do “padrão” como por exemplo, crianças muito novas.

Para não sobrecarregar o seu mecanismo, a Acer recomenda que o peso do usuário não ultrapasse 120 kg. O seu consumo de energia é de aproximadamente 180 watts.

Já no outro braço existe um pequeno hub USB 3.0 para conectar…

… o seu mouse Predator Cestus 500 e teclado Predator Aethon 500, sendo que ambos ficam sobre uma pequena mesinha recoberta com um tecido especial que me parece ser do mesmo tipo usado em mousepads o que até dispensa o uso desse acessório:

Interessante notar que o descanso para as mãos é fixa na mesa, o que evita que o teclado escorregue quando a cadeira é reclinada.

E assim como no mouse e no teclado, a cadeira possui alguns detalhes retroiluminados cujo efeito lembra até a luz neon…

… cujos efeitos de cor, intensidade de brilho e até efeitos de transição ou estroboscópico podem ser controlados por meio de um controle remoto sem fio:

Para maior comodidade, o assento também conta com dois porta-objetos nas laterais para acomodar bebidas, guloseimas e coisas do tipo:

Vista panorâmica

Porém o que mais chama a atenção desse produto é o seu conjunto de três telas montadas num suporte que lembra a cauda de um escorpião cuja base é montada na parte de trás da Thronos…

… cujo movimento de sobe e desce também é controlado por meio de servo-comandos hidráulicos e que também serve para ajustar a posição das telas com a linha de visão do usuário…

… proporcionando assim uma impressionante vista panorâmica do jogo…

… estabelecendo assim a chamada experiência imersiva:

As três telas são do mesmo modelo: Predator Z271U de 27″…

… sendo que cada tela curva tem um resolução nativa de 2.560 x 1.440 pixels (WQHD) de 144Hz com tecnologia G-Sync que juntas podem formar uma imagem de 7.680 x 1.440 pixels:

Vale a pena ressaltar que todos os cabos de alimentação e de vídeo que ligados aos monitores passam por dentro do suporte de cima até a parte de trás da poltrona…

… e de lá saem em direção à CPU:

Pairando no ar

Outra característica marcante da Tronos é que como nas poltronas de TV todo o conjunto do assento, monitor e teclado…

… pode reclinar girar até 140° para trás, ao mesmo tempo que um descanso para as pernas é estendido, assumindo assim o chamado modo de Gravidade Zero (ou Zero-G) que até lembra vagamente da versão arcade do jogo After Burner

… só que neste caso o assento não se move funcionando mais como uma posição ainda mais relaxante e confortável que, segundo barros “é como se você estivesse flutuando no ar”.

Para ser mais exato, essa idéia de gravidade nula tem a ver com a posição reclinada com que os os astronautas ficam durante a decolagem na terra, de modo que durante o lançamento a pressão exercida pela aceleração do foguete é distribuída por todo o corpo de maneira segura reduzindo assim o estresse físico.

De fato, esse efeito é bem conhecido pela indústria de móveis que oferecem para o mercado uma infinidade de marcas e modelos para todos os gostos e bolsos que de um modo ou de outro imitam essa posição:

Um benefício dessa posição é que ela promove a melhor circulação nas pernas reduzindo assim o inchaço. De fato, elevar as pernas acima do nível do coração durante o descanso pode ajudar a prevenir condições como varizes, mas é claro que você também pode obter esse mesmo efeito deitado e colocando alguns travesseiros sob suas pernas.

Mas ai não dá pra jogar com o mouse e teclado né?

O curioso é que a Thronos possui uma espécie de sub-woofer que transmite pulsos que fazem com que a cadeira vibre numa batida regular ou no mesmo ritmo do som do jogo (tipo, se algo explodir no jogo a cadeira vibra junto)…

… que pode ser ajustado por meio de um controle remoto com fio ligado na cadeira:

Suporte de som

Apesar disso, não se pode dizer que a Thronos possui nenhum sistema ou caixas de som, já que como é comum nesse mercado, o som vem de fones de ouvido, sendo que neste caso o modelo incluso é o Predator Galea 500 que também conta com um microfone integrado…

… que se conecta diretamente ao desktop Predator Orion 9000 equipado com um processador Intel Core i7 ou i9 de 9ª Geração, 64 GB de RAM, 1 TB de disco SSD e placa gráfica GeForce RTX2080 da NVídia:

O curioso é que o Thronos não é vendido sem o desktop.

Disponibilidade e preço

Como dissemos no início deste post, o Thronos não é uma demo e sim um produto de fato, de modo que se houver alguém interessado em ter um desses para chamar de seu, ele pode entrar em contato com a Acer do Brasil para que o pessoal de vendas possa elaborar uma proposta, o que também já inclui o trabalho de instalação.

Quando questionamos o Adriano sobre esse preço, nem ele ainda não parou para calcular, apesar de que ele sabe que nos EUA o produto sai em torno de US$ 10.000 e seria de lá que viria o equipamento adquirido aqui — ou seja — nesse valor ainda é preciso adicionar o custo do transporte e os impostos com prazo de entrega seria em torno de 2 meses.

Já a sua garantia é a mesma dos outros produtos da casa — ou seja de um ano — com a assistência técnica feita pela própria Acer.

Mais informações aqui.

Nossas considerações finais

Por mais que alguém não goste de games, é impossível ficar indiferente à presença do Thronos já que não é todo dia que a gente está diante de um acessório de PC feito com mais de 200 kg de metal e atitude — ou seja — neste caso o fator UAAAU!!! ??? é merecedor dos dois A‘s a mais e as três interrogações e uns emojis no final.

A única crítica que fazemos à esse produto é que, nesta faixa de preço esperávamos um pouco mais na parte sensorial, como por exemplo um efeito de force feeedback ou rumble mais elaborado no assento, assim como caixas de som integradas para quem quiser jogar sem usar fones.

Quem sabe na versão 2.0 ou num hipotético “Predator Thronos Booster Pack” né?

Outra coisa que notamos é que os movimentos da cadeira, apesar de suaves, podem parecer meio lentas, mas acreditamos que isso seja mais uma medida de segurança para evitar que alguém leve um “karate chop!” da Thronos.

De resto, é um produto bem bacana mesmo que seja para experimentá-lo na loja.

A propósito, ele estará exposto até o próximo dia 4 de julho na loja Ponto Frio no Shopping Vila Olímpia durante o horário comercial.

Depois disso, ela irá fazer um tour por outras lojas, só que a programação ainda não foi divulgada.

Be there, or be square!

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos