ZTOP+ZUMO 10 anos!

Positivo lança o P70, um feature phone 3G com WhatsApp

Novo telefone de entrada roda uma versão enxuta do Android 4.4 e funciona melhor no envio de mensagens de voz do que de texto.

Da série “quem sabe, faz ao vivo!”, a Positivo Tecnologia lançou hoje (23) na Eletrolar Show 2018 o Positivo P70, seu primeiro feature phone com WhatsApp e Facebook pré-instalados de fábrica:

O P70 é um produto desenvolvido pelo pessoal da Positivo a partir do modelo P30, só que este recebeu uma nova placa-mãe equipada com processador Mediatek MT6572 um SoC dual core ARM Cortex-A7 de 32 bits de 1,3 GHz com GPU ARM Mali-400, 512 MB de RAM, tela de 2,4″ com resolução nativa de 320 x 240 pixels, câmera frontal e traseira com resolução VGA, rádio FM e bateria de 800 mAh. Ele mede aproximadamente 5,0 x 11,9 x 1,2 cm (LxAxP) e 76 gramas de peso.

Porém, a grande sacada desse aparelho é que ele roda uma versão enxuta do sistema operacional Android 4.4 o que permitiu que o P70 pudesse rodar o WhatsApp, Facebook Lite e navegar na web por meio de teclas, já que sua tela não é do tipo touchscreen:

Talvez a maior dificuldade de usar o WhatsApp num aparelho desse tipo esteja na digitação de textos num teclado numérico, uma prática por sinal que anda meio em decadência com a popularização das telas de toque.

Para amenizar esse problema, a Positivo bolou uma solução bem criativa na forma de um botão “WhatsApp” que, ao ser pressionado, permite gravar uma mensagem de voz que pode ser depois enviada para seu destinatário.

Fora isso, o WhatsApp se comporta como a versão para smartphones, ou seja, ele pode capturar, receber e enviar fotos e vídeos, porém é bom deixar claro que dos 512 MB de memória para armazenamento, aproximadamente ~200 MB estão disponíveis para armazenar dados, mas essa capacidade pode ser expandida com a instalação de um cartão micro SD.

Curiosamente esse aparelho é do tipo dual-SIM compatível com redes 3G, bluetooth e Wi-Fi. Quando questionamos porque não lançar o P70 com 4G, o pessoal da Positivo explicou que isso poderia encarecer demais esse produto, cujo preço sugerido para o usuário final estará na faixa de R$ 279.

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.